Projeto de Doutorado: Representações sobre famílias em um grupo de escolas de Educação Infantil / Doctoral Project: Representations about families in a group of early childhood schools

Cristiane de Assis Lucifora, Luci Regina Muzzeti

Abstract


O Brasil é um país marcado por muitas desigualdades sociais, econômicas e culturais e que envolta por um discurso de busca por igualdade de direitos e oportunidades acaba por inviabilizar muitas problemáticas presentes em instituições como escolas. A instituição escolar é um dos locus de construção de habitus nos sujeitos e atualmente configura-se em um espaço onde principalmente crianças de Educação Infantil passam um tempo elevado. A Educação Infantil como um direito de toda criança e assegurada por documentos referências e diretrizes aponta a necessidade de uma escola que seja inclusiva e que estimule a criança em sua totalidade, porém há estudos que demonstram  resistência para encorporar os trabalhos com gênero e sexualidade, que motivados por tabus sociais inserem-se limitando o que é visto como importante e necessário para se fazer presente no currículo escolar. Desta forma o referencial teórico  que ancorará esta pesquisa é da Teoria Crítica tendo como principal autor Pierre Bourdieu e suas categorias analíticas que buscam, entre outras coisas, no universo escolar desestruturar a aparente ordem e arbitrariedade presente em algumas relações empreendidas neste contexto. Muitas transformações acontecem atualmente e dessa forma a indagação de que escola nem sempre mostra-se preparada para lidar com as problemáticas em curso faz-se presente; as famílias não seguem uma padronagem, mas sim complexificam-se cada vez mais, com  número de membros, tipos de união, novos arranjos, assim como também por um posicionamento entre pais e mães diferentes dos concebidos como naturais para homens e mulheres. Sendo assim questiona-se quais as concepções de família mostram-se presente nas instituições investigadas e se tais concepções fazem parte de uma naturalização de condutas construídos no seio da sociedade moldando o habitus dos sujeitos. O processo metodológico contará com inserção em campo registrando fotos de cartazes produzidos por professores e expostos nos pátios das escolas em datas como dia das mães, dia dos pais e na comemoração da família, assim como a realização de entrevista gravada com os gestores das instituições. A pesquisa será de caráter qualitativo que busca a percepção grupal por estes estarem em condições aproximadas em trajetórias e através do método praxeológico empreendido por Pierre Bordieu.

 

Palavras-chave: famílias, Educação Infantil, gênero, sexualidade, habitus


Keywords


famílias, Educação Infantil, gênero, sexualidade, habitus

References


BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa/Portugal: Edições 70. 2010.

BOURDIEU, P. A Dominação masculina. Tradução: Maria Helena Kühner. Rio de Janeiro: BestBolso. 1ªed. 2014.

___________. A escola conservadora: as desigualdades frente à escola e à cultura. In: Bourdieu, P. Escritos de Educação. Petrópolis, RJ: Vozes. 2015.

CARVALHO, M. E. P. Relações entre família e escola e suas implicações de gênero. Cadernos de Pesquisa, n. 110, p143-155. 2000.

FIGUEIRÓ, M. N. D. Educação Sexual no dia à dia. Londrina: Eduel. 2013.

FURLANI. J. Educação Sexual na sala de aula: relações de gênero, orientação sexual e igualdade étnico-racial numa proposta de respeito às diferenças. Belo Horizonte: Autêntica. 2011.

JOLY, M. Introdução à análise da imagem. Tradução Marina Appenzeller. Campinas, SP: Papirus. 1996.

JUNIOR, I. B. O. et al. Família Versus Escola: a imposição de um padrão heteronormativo, sexista e monocultural. Doxa: Revista Brasileira de Psicologia e Educação. 2013, n.1 e 2, v. 18, p. 169-184. ISSN 1413-2060.

LOURO, G. L. Gênero e Sexualidade: pedagogias contemporâneas. Pro-Posições, v. 19, n.2 (56) – maio/ago. 2008.

PEREZ, M. C. A. Intervenções pedagógicas no contexto da família, educação infantil e ensino fundamental: possibilidades de aproximação e enfrentamentos. Doxa: Revista Brasileira de Psicologia e Educação. 2013, n.1 e 2, v. 18, p. 101-111. ISSN 1413-2060.

Secretaria de Educação Básica. Ministério da Educação. Brasil. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEB. 1998.

_________. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEB. 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-439

Refbacks

  • There are currently no refbacks.