Análise de aspectos desenvolvimentais em um grupo de crianças pré-escolares da cidade de Pelotas-RS / Analysis of developmental aspects in a group of preschool children in the city of Pelotas-RS

Tulio Loyola Correa, Graziela Mayumi Toma, Ariel Lacerda de Lima, Isabella Cunha Porsche Ferreira, Beatriz Antunes da Silva

Abstract


A segunda infância é um período marcante no desenvolvimento motor e psíquico do ser humano. Assim, realizou-se um estudo analítico com base em dados coletados através de relatórios observacionais. Foram incluídas 39 crianças de três a seis anos de idade, totalizando 255 relatos. A maioria das crianças apresentou simultaneamente os três aspectos cognitivos e comportamentais analisados: brincar, desenhar e desenvolvimento motor. A presença do brincar foi constatada em todos os indivíduos considerados. O estudo reforça a importância desses âmbitos no desenvolvimento biopsicossocial pré-escolar e na comunicação dessas crianças com o mundo externo. Ainda, estudos adicionais são indicados para comprovar e reforçar a análise observada.


Keywords


desenvolvimento infantil, segunda infância, pré-escolares.

References


PAPALIA, D. E.; OLDS, S. W.; FELDMAN, R. D. Desenvolvimento Humano. 12a edição. Porto Alegre: Artmed, 2013.

EIZIRIK, C. L.; KAPCZINSKI, F.; BASSOLS, A. M. S. O ciclo da vida humana: uma perspectiva psicodinâmica. 2a edição. Porto Alegre: Artmed, 2012.

SHAFFER D. R.; KIPP K. Developmental Psychology: Childhood and Adolescence. 8a edição. Belmont, CA: Wadsworth, 2010.

HETHERINGTON E.M.; PARKE R.D.; GAUVAIN M.; et al. Child Psychology: A Contemporary Viewpoint. 6a edição. New York, NY: McGraw Hill, 2006.

BERK L.E. Development through the Lifespan. 4a edição. Boston, MA: Pearson Education, Inc; 2007.

BERNARDI, D. Reflexões acerca do brincar e seu lugar no infantil. Revista Brasileira de Psicoterapia. Rio de Janeiro. Volume 18, número 1, Páginas 82-92, abril de 2016.

KOHLSDORF, M.; COSTA-JUNIOR, Á. L.. Comunicação em pediatria: revisão sistemática de literatura. Estud. psicol. (Campinas). Campinas, v. 30, n. 4, p. 539-552, Dez. 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-410

Refbacks

  • There are currently no refbacks.