Metodologias para Aprendizagem de Conhecimento Profissional em Práticas e Ferramentas da Produção Enxuta na Construção Civil: Parâmetros para Melhoria dos Processos de Trabalho. / Methodologies for Learning of Professional Knowledge in Practices and Tools of the Lean Production in Construction: Parameters for Improvement of Work Processes.

Elias Riffel, Claudia Trentini

Abstract


A construção civil representa uma atividade industrial que envolve grande consumo de materiais em um ambiente dinâmico e mutável, gerando produtos únicos e exclusivos. Quando se analisa o desenvolvimento das últimas décadas, destaca-se a mudança do perfil empírico-artesanal para uma atualidade científico-industrial. A fim de consolidar este avanço, a organização do setor foi reformulada com a introdução de novas ferramentas gerenciais nas empresas e nos canteiros de obra. O Sistema Toyota de Produção (STP), a partir da década de 50, representou uma quebra de paradigma aos modelos produtivos, por meio de uma nova concepção do pensar industrial, introduzindo no meio automotivo, o conceito da manufatura enxuta, lean production. Em 1992, um grupo de estudiosos, apresentou ao setor da construção civil, uma nova filosofia de trabalho, apropriando-se dos conceitos da produção enxuta e denominando-se construção enxuta, lean construction. Este artigo tem o objetivo de analisar as metodologias para aprendizagem industrial de práticas e ferramentas da produção enxuta na construção civil, considerando um dos grandes entraves para implantação e disseminação da construção enxuta: a resistência cultural, como fator humano. A pesquisa foi realizada no periodo de julho/2017 a agosto/2017,por meio de levantamento bibliográfico de artigos e livros da literatura nacional e internacional. Os resultados indicam que as metodologias de aprendizagem pesquisadas foram conceituadas, aplicadas e demonstram grande contribuição no processo de apropriação dos princípios da construção enxuta.


Keywords


criação do conhecimento, aprendizagem industrial, produção enxuta, gestão da construção civil.

References


ABDULLAH, S.; RAZAK, A.; BAKARr, A.; HASSAN, A.; SARRAZIN, I. Towards producing best practice em the malaysian construction industry: The barriers in implementing the lean construction approach. Building, In: International Conference of construction industry, vol.1, n.15, p.104-116, 2009.

AMARAL, T. G.; PRADO, R. L., KURTZ, C. E.; RODRIGUES, M. B. O treinamento da construção civil como valorização do seu trabalho produtivo. Encontro Nacionalde Estudantes de Engenharia de Produção. São Paulo, 2000.

AMARAL, T. G. Metodologia de qualificação para trabalhadores da construção civil com base dos conhecimentos gerenciais da construção enxuta. Tese de Doutoradoem Engenharia Civil. Florianópolis, 2004.

ARSLANKAYA, Seher, ATAY, Hatice.Maintance management and lean manufacturing practices in a firm which produces dairy products. Journal of social and behavioral sciences, vol. 207, p.214-224, 2015.

AZIZ, R. F.; HAFEZ, S. M.Applying lean thinking in construction and performance improvement. Alexandria EngineeringJournal,Vol.52, n. 4, p. 679-695, 2013.

BERNARDES, Maurício Moreira e Silva. Planejamento e controle da produção paraempresas de construção civil. Rio de Janeiro: LTC - Livros Técnicos e Científicos Editora, 2003.

BENTLAGE, Michael; LÜTHI, Stefan; THIERSTEIN, Alain. Knowledge creation in German agglomerations and accessibility – An approach involving non-physical connectivity. Cities - International Journal of urban policy and planning, vol. 30, p. 47-58, 2013

BHAMU, J.; SANGWAN, K. S. Lean manufacturing: literature review and research issues. International Journal of operations &production management, vol. 34, n. 7,p. 876-940, 2014.

BRIOSO, Xavier. Teaching Lean Construction: Pontifical Catholic University of Peru Training Course in Lean Project & Construction Management. Journalofengineering, vol. 123, p. 85-93, 2015.

BROCKMAN, Jay B. Introdução à engenharia: modelagem e solução de problemas. Rio de Janeiro/RJ: LTC, 2013.

GUO, H. Rethinking construction project management using the VP-based manufactoring management model.The Hong Kong Polytechnic University, Hong Kong, vol. 29, n.3, p. 233-245, 2010.http://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/01446193.2010.545994?scroll=top&needAccess=true

HIROTA, E. H.; FORMOSO, C. T. O processo de aprendizagem na transferência dos conceitos e princípios da produção enxuta para a construção. NORIE / UFRGS - Porto Alegre / RS, 2003.

HIROTA, E. H.; FORMOSO, Carlos T.. O processo de aprendizagem na transferência dos conceitos e princípios da produção enxuta para a construção. In: ENTAC, 8º, Salvador, 2000. Artigo técnico. Salvador, BA. 2000. v.1 p.572-579 il.

HIROTA, E. H.; POWELL, J. A.; DAVEY C. L.; POWELL, J. E.; FORMOSO, C. T. Vencendo barreiras para a aplicação dos princípios da construção enxuta. Seminário Ci. Exatas e/ Tecnologia.Londrina, vol. 21, n.4, p. 17-25, 2000.

HOSSEINI, S. A. A.; NIKAKTAR, A.; GHODDOUSI, P. Flow production of construction process through implementing lean construction principles and simulation.International Journal of Engeneering and Technology. vol. 4, n. 4, p.475-479, 2012.

ISHIKAWA, Kaoru.Controle de qualidade total à maneira japonesa. Rio de Janeiro, Ed.Campus, 1993.

JAMIL, A. H. A.; FATHI, M. S. The integration of lean construction and sustainable construction: a stakeholder perspective in analyzing sustainable lean construction strategies in Malaysia. Journal of computer science, vol. 100, p. 634-643, 2016.

JAVERNICK-WILL, A. N.; SCOTT, W. R. Who needs to know what ? Institutional Knowledge and Global Projects, American Society of Civil Engineers, vol. 136, n. 5, p. 546-557, 2014.

JORGENSEN, F.; MARTHIESSEN, R.; NIELSEN, J.; JOHANSEN, J. Lean maturity, lean sustainability. In J. Olhager& F. Persson. Advances in Production Management Systems, vol. 246, p. 371-378, 2007.

KOSKELA, L. Application of the new production philosophy to construction.Salford: Center for Integrated Facility Engineering. CIFE TechnicalReport, n. 72, 1992.

KOSKELA, L. LeanConstruction.VII Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído. Florianópolis. Anais, vol. 1, p. 3-10, 1998.

KOSKELA, L. HOWELLT, G.; BALLARDT, G.; TOMMELEIN, I.The foundations of lean construction.Chapter, 14, p. 211-226, 2014.

KUREK, Juliana; PANDOLFO, Adalberto; BRANDLI, Luciana L; PANDOLFO, Luciana M. Aplicação dos princípios lean ao setor de edificações: Construção enxuta uma abordagem prática. Passo Fundo: Ed.Universitária, 2006.http://editora.upf.br/site/livro.php?cod=429

LYLES, M. A. Organizational learning, knowledge creation, problem formulation and innovation in messy problems.European Management Journal, vol. 32, n. 1, p. 132-136, 2014.

MACEDO, Lino de. Aprender com jogos e situações-problema. Porto Alegre: Ed. ARTEMED, 2000.https://www.livrariacultura.com.br/p/livros/educacao/pedagogia/aprender-com-jogos-e-situacoes-problema-386154

MAVIN, Sharon; LEE, Lesley; ROBSON, Fiona.The evaluation of learning and development in the workplace: A review of the literature.Disponívelem: https://www.northumbria.ac.uk/static/5007/hrpdf/hefce/hefce_litreview.pdf, 2010.

NONAKA, I., TAKEUCHI, H.The Knowledge-Creating Company. Oxford University Press, New York.1995.Disponível em: http://www.amazon.com/The-Knowledge-Creating-Company-Companies-Innovation/dp/0195092694 .Acesso em 24 de julho de 2017.

NONAKA, Ikujiro. TAKEUCHI, Hirotaka. Gestão do Conhecimento. 319 p.Porto Alegre: Bookman, 2008.

PANAINO, Brunna B. de F.; PALIARI, José Carlos. Método de treinamento e capacitação de equipe da construção civil baseado na mentalidade enxuta. Universidade Federal de São Carlos. SIBRAGEC ELAGEC 2015.

PATHIRAGE, C. P.; AMARATUNGA, D. G.; HAIGH, R. P. Tacit knowledge and organizational performance: construction industry perspective. Jornal of Knowledge Management, vol. 11, n. 1, p. 115-126, 1997.

PERETTI, L. C.; FARIA, Ana C. de; SANTOS, Isabel C. dos. Aplicação dos princípios da Construção Enxuta em construtoras verticais: estudos de casosmúltiplos na região metropolitana de São Paulo. XXXVII Encontro da ANPAD, Rio de Janeiro/RJ, 2013.

SECADI. Plano Nacional de Implementação das Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana. Ministério da Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Brasilia: MEC, 2013.

POLITO, Giulliano. Gerenciamento de obras: boas práticas para a melhoria da qualidade e da produtividade. São Paulo: Ed. Pini, 2015.

ROMANEL, F. B.; FREITAS, M. do C. D. A construção enxuta para operários da construção civil: ensinando com jogos. XIV Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, Juiz de Fora / MG, 2012.

ROMANEL, F. B.; FREITAS, M. do C. D. Jogo “Desafiando a Produção”: ensinando a construção enxuta na construção civil. Universidade Federal do Paraná, Curitiba / PR, 2011.

ROSENBLUM, A.; AZEVEDO, V. da S. de; JUNIOR, C. A. B.; TAVARES, M. E.da N.Avaliação da Mentalidade Enxuta (lean Thinking) na construçãocivil – Uma visão estratégica de implantação. SEGeT - Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia. Rio de Janeiro, 2008.

SOHLER, F. A. S.; SANTOS, S. B. dos. Gerenciamento de Obras, qualidade e desempenho da construção. Rio de Janeiro: Ed.CiênciaModerna, 2017.

STEWART, Thomas A. A Riqueza do conhecimento. O capital Intelectual e a organização do século XXI.Rio de Janeiro: Campus. 2002.

TEZEL, A.; NIELSEN, Y. Lean construction conformance among construction contractors in Turkey. Journal of Management in Engineering, vol. 29, n. 3, p. 236-250, 2013.

TOMMELEIN, I. D. Journey toward lean construction: pursuing a paradigm shift in the AEC Industry. Journal of Construction Engineering and Management, vol. 141, n. 6, p. 1-12, 2015.

TUHOLSKI, S. J.; GURSEL, A. P.; TOMMELEIN, I. D.; BOMBA, G. Lean comparison using process charts of complex seismic retrofit projects. Journal of Management in Engineering and Management, vol. 135, n. 4, p. 330-339, 2009.

URBAN, W. The lean management maturity self-assessment tool based on organizational culture diagnosis.Bialystok University of Technology, Bialystok, Poland.20th International Scientific Conference Economics and Management, Journal of social and behavioral science, vol. 213, p. 728-733, 2015.

WOMACK, J. P.; JONES, D. T.; ROOS, D.A máquina que mudou o mundo. Rio de Janeiro, Ed. Campus, 1992.

WOMACK, J. P.; JONES, D. T.A mentalidade enxuta nas empresas: elimine o desperdício e crie riqueza. Rio de Janeiro, Ed. Campus, 1998.

ZHANG, L.; CHEN, X. Role of lean tools in supporting knowledge creation and performance in lean construction.International Conference on Sustainable Design.Engineering and Construction. Procedia Engineering, vol. 145, p. 1267-1274, 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-395

Refbacks

  • There are currently no refbacks.