Avaliação da capacidade funcional de idosos com chikungunya / Evaluation of the functional capacity of elderly with chikungunya

Edna Marília Nóbrega Fonseca de Araújo, Tiago José Silveira Teófilo, Malueska Luacche Xavier Ferreira Sales, Valkênia Alves Silva, Jacqueline Barbosa da Silva, Analyane Cibelle Medeiros Braga, Sthephanie de Abreu Freitas

Abstract


Objetivo: avaliar a capacidade funcional de idosos acometidos pela Chikungunya atendidos em serviço ambulatorial. Método: estudo transversal, descritivo e exploratório, de abordagem quantitativa, realizado com 18 idosos em ambulatório de reumatologia de um hospital universitário de João Pessoa, Paraíba. Os diferentes perfis de capacidade funcional das pessoas idosas foram coletados utilizando-se a escala de Medida de Independência Funcional. Os dados foram armazenados em uma planilha eletrônica estruturada no Programa Microsoft Excel, com dupla digitação. Em seguida, as informações foram importadas para o programa Statistical Package for the Social Science for Windows, versão 22.0.  Utilizou-se os Testes Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fisher para associar as variáveis com a Medida de Independência Funcional. Resultados: a maioria dos idosos residia no município de João Pessoa, é do gênero feminino, raça parda, faixa etária entre 60-63 anos, ensino médio completo e estado civil casado. No que concerne à profissão, tiveram destaque os idosos ativos. Febre e artralgia foram os sintomas de maior evidência nesse grupo. Quanto à capacidade funcional, os idosos tiveram os níveis de função classificados como independência modificada e dependência completa. Conclusão: almeja-se trazer à tona os impactos provenientes de possível diminuição da capacidade funcional, que podem interferir na qualidade de vida desses indivíduos e na sobrecarga para seus familiares.

 


Keywords


Febre de Chikungunya; Saúde do Idoso; Funcionalidade; Enfermagem Geriátrica.

References


Graeff B. Envelhecimento, velhice e saúde: transformando o invisível em visível. Rev. Direito Sanit. [Internet]. 2014 [citado 2018 jul. 09]; 15(1): 77-82. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rdisan/article/view/82807/85762.

Trindade APNT, Barboza MA, Oliveira FB, Borges APO. Repercussão do declínio cognitivo na capacidade funcional em idosos institucionalizados e não institucionalizados. Fisioter. Mov. [Internet]. 2013 [citado 2018 jul. 09]; 26(2): 281-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/fm/v26n2/05.pdf.

Pinto AH, Lange C, Pastore CA, Lano PMP, Castro DP, Santos F, et al. Capacidade funcional para atividades da vida diária de idosos da Estratégia de Saúde da Família da zona rural. Ciênc. Saúde Colet. [Internet]. 2016 [citado 2018 mar. 09]; 21(11): 3545-3555. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v21n11/1413-8123-csc-21-11-3545.pdf.

Campos ACV, Almeida MHM, Campos GV, Bogutchi TF. Prevalência de incapacidade funcional por gênero em idosos brasileiros: uma revisão sistemática com metanálise. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. [Internet]. 2016 [citado 2018 mar. 09]; 19(3): 545-559. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbgg/v19n3/pt_1809-9823-rbgg-19-03-00545.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico Monitoramento dos casos de dengue, febre de chikungunya e febre pelo vírus Zika até a Semana Epidemiológica 4, 2017. V 48, n° 5 [Internet]. Brasília; 2017 [citado 2018 mar. 01]. Disponível em: http://combateaedes.saude.gov.br/images/pdf/2017-Dengue_Zika_Chikungunya-SE4.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico. Monitoramento dos casos de dengue, febre de chikungunya e doença aguda pelo vírus Zika até a Semana Epidemiológica 11 de 2018. V 49 n° 5 [Internet]. Brasília; 2018 [citado 2018 mar. 01]. Disponível em: http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2018/abril/19/BE-2018-13-SE-11-Publicacao.pdf.

Marques CDL, Duarte ALBP, Ranzolin A, Dantas AT, Cavalcanti NG, Gonçalves RSG et al. Recomendações da Sociedade Brasileira de Reumatologia para diagnóstico e tratamento da febre chikungunya. Parte 1 – Diagnóstico e situações especiais. Rev. Bras. Reumatol. [Internet]. 2017 [citado 2018 jul. 09];57(S2): S421–S437. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbr/v57s2/pt_0482-5004-rbr-57-s2-s421.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Febre de Chikungunya: manejo clínico [Internet]. Brasília; 2014 [citado 2018 mar. 10]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/febre_chikungunya_manejo_clinico.pdf.

Lima-Camara TN. Arboviroses emergentes e novos desafios para a saúde pública no Brasil. Rev. Saúde Pública [Internet]. 2016 [citado 2018 jul. 09]; 57(S2): S421–S437. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v50/pt_0034-8910-rsp-S1518-87872016050006791.pdf.

Donalisio MR, Freitas ARR. Chikungunya no Brasil: um desafio emergente. Rev. Bras. Epidemiol. [Internet]. 2015 [citado 2018 jul. 09]; v.18, n.1, p.283-5. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbepid/v18n1/1415-790X-rbepid-18-01-00283.pdf.

Staples JE, Breiman RF, Power AM. Chikungunya Fever: An Epidemiological Review of a Re-Emerging Infectious diseases. Clin. Res. Infect. Dis. [Internet]. 2009 [cited 2018 Mar 14]; v.49, n.6, p. 942-948. Available from: http://www.antimicrobe.org/h04c.files/history/CID-Staples-Chikungunya%20reemerging-2009.pdf.

Riberto M, Miyazaki MH, Jucá SSH, Sakamoto H, Pinto PPN, Battistella LR. Validação da Versão Brasileira da Medida de Independência Funcional. Acta Fisiatr. [Internet]. 2004 [citado 2018 mar. 16]; 11(2): 72-76. Disponível em http://www.revistas.usp.br/actafisiatrica/article/view/102481/100795.

Brasil. Resolução nº466 de 12 de dezembro de 2012. Dispõe sobre os aspectos éticos da pesquisa envolvendo seres humanos [Internet]. Brasília; 2012 [citado 2018 jul. 14]. Disponível em:http://bvsms.saude.gov.br/bsv/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html.

Silva JP, Santos NV, Monteiro FT, Souza CS. Análise da limitação funcional e caracterização da dor em pacientes acometidos pelo vírus chikungunya atendidos na UPA dr. José Lages Filho em Maceió-AL. Ciências Biológicas e de Saúde Unit [Internet]. 2017 [citado 2018 mar. 12]; 4(2):215-226. Disponível em: https://periodicos.set.edu.br/index.php/fitsbiosaude/article/viewFile/4527/2616.

Camargo SM, Chirelli MQ. Cuidado aos Homens no Envelhecimento: a formação dos profissionais de saúde. Rev. Bras. Promoç. Saúde, Fortaleza [Internet]. 2016 [citado 2018 mar. 13]; 29:128-137. Disponível em: http://periodicos.unifor.br/RBPS/article/view/ 6414/5221.

Nicolato FV, Couto AM, Castro EAB. Capacidade de autocuidado de idosos atendidos pela consulta de enfermagem na atenção secundária à saúde, Rev. Enferm. Cent.-Oeste Min. [Internet]. 2016 [citado 2018 mar. 13]; 6(2):2199-2211. Disponível em: http://www.seer.ufsj.edu.br/index.php/recom/article/view/1016.

Neto SL, Nascimento OJ, Sousa GS, Lima JWO. Dengue, zika e chikungunya - desafios do controle vetorial frente à ocorrência das três arboviroses - parte II. Rev. Bras. Promoç. Saúde, Fortaleza [Internet]. 2016 [citado 2018 mar. 13]; 29(4): 463-466. Disponível em: http://periodicos.unifor.br/RBPS/article/view/5948/pdf.

Augusto LGS, Gurgel AM, Costa AM, Diderichsen F, Lacaz FA, Henao GP. Aedes aegypti control in Brazil. Lancet [Internet]. 2016 [cited 2018 May 24]; 387(10023):1052–1053.Available from: https://www.thelancet.com/action/showPdf?pii=S0140-6736%2816%2900626-7.

Santos MR, Resende FA. A importância do trabalho do enfermeiro da atenção básica frente à ameaça epidêmica de arboviroses. RBCV [Internet]. 2017 [citado 2018 mar. 13]. Disponível em: http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/ index.php/RBCV/article/view/ 108.

Guedes MBOG, Lima KC, Caldas CP, Veras RP. Apoio social e o cuidado integral à saúde do idoso. Physis [Internet]. 2017 [citado 2018 mar. 13]; 27(04). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/physis/v27n4/0103-7331-physis-27-04-01185.pdf.

Lago, LS, Reis LA. Relação entre a qualidade de vida e desempenho motor em idosos ativos. Fisioter. Bras. [Internet]. 2017 [citado 2018 mar 13]; 18(6): 700-08.

Disponível em: http://searchebscohostcom.ez15.periodicos.capes.gov.br/login.aspx? direct=true&db=c8h&AN=128698148〈=pt-br&site=ehost-live.

Clares JWB, Freitas MC, Borges CL. Fatores sociais e clínicos que causam limitação da mobilidade de idosos. Acta Paul. Enferm. [Internet]. 2014 [citado 2018 mar. 13]; 27(3): 237-42. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ape/v27n3/1982-0194-ape-027-003-0237.pdf.

Sobral AIGP, Araújo CMT, Sobral MFF. Mild cognitive impairment in the elderly Relationship between communication and functional capacity. Dement Neuro psychol. [Internet]. 2018 [cited 2018 May 24]; 12(2):165-172. Available from: http://www.scielo.br/pdf/dn/v12n2/1980-5764-dn-12-02-0165.pdf.

Weaver SC. Arrival of chikungunya vírus in the new world: prospects for spread and impact on public health. Plos neglected tropical diseases [Internet]. 2014 [cited 2018 May 24]; 8(6). Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4072586/.

Castro AC, Lima RA, Nascimento JS. Chikungunya: vision of the pain clinician. Rev. dor.

[Internet]. 2016 [cited 2018 May 24]; 17(4): 299-302. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-00132016000400299.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Febre de chikungunya: manejo clínico [Internet]. Brasília; 2015 [citado 2018 mar. 28]. Disponível em: http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2015/fevereiro/19/febre-de-chikungunya-manejo-clinico.pdf.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-378

Refbacks

  • There are currently no refbacks.