Princípios da governança corporativa aplicada às companhias abertas / Principles of corporate governance applied to opened companies

Danilo de Souza Correia

Abstract


A Governança Corporativa vem ganhando cada vez mais força no Brasil, sobretudo em função autorregulação promovida pelas próprias companhias abertas, por meio de políticas internas, regras e processos já consolidados no mercado, além da listagem de emissores em segmentos especiais relacionados a níveis diferenciados de governança corporativa da B3 S.A. – Brasil Bolsa Balcão. Nesse contexto, torna-se importante entender quais são os princípios que deveriam ser observados na condução dos negócios e no processo de tomada de decisão, por meio de ações efetivas que minimizem os conflitos decorrentes do compartilhamento de poder nas corporações. Considerado como interesse relevante nas organizações, o referido artigo propõe uma discussão sobre os fundamentos comuns às sociedades por ações, os princípios já disseminados nos códigos de melhores práticas e outros implícitos que poderiam ser aplicados à realidade das companhias abertas, através de uma análise comparativa de fontes do Direito Brasileiro.

 


Keywords


Governança corporativa. Princípios da governança corporativa. Responsabilidade social das empresas. Direito societário. Companhias Abertas. Conselho de administração. Inovação. Sustentabilidade. Mercado de Capitais. Novo Mercado B3.

References


ANDRADE, Adriana; ROSSETTI, José Paschoal. Governança corporativa. Fundamentos, desenvolvimento e tendências. São Paulo: Atlas, 2007.

BONN, Ingrid; FISHER, Josie. Corporate governance and business ethics: Insights from the strategic planning experience. Corporate Governance: An International Review, 2005.

CARVALHOSA, Modesto. Comentários à Lei de Sociedades Anônimas. vol. 2, 2. ed. São Paulo: Saraiva, 1997.

COELHO, Fabio Ulhoa. Curso de direito comercial, volume 2: direito de empresa. 13. ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

DUGUIT, Léon. Fundamentos do Direito. Campinas: Editora LZN, 2003.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA. Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa. São Paulo, SP: IBGC, 2015.

MEIRELLES, Hely Lopes; Direito Administrativo Brasileiro, 18ª edição; Malheiros Editores.

MELLO, Celso Antônio Bandeira de; Curso de Direito Administrativo, 31ª Edição; Malheiros

Editores.

ORGANIZAÇÃO PARA COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONOMICA. Princípios de governança corporativa da OCDE.

Relatório de Cadbury. The financial aspects of corporate governance. Report of the Committee. Dec. 1992.

RESENDE, Antonio José Calhau. O princípio da Razoabilidade dos Atos do Poder Público. Revista do Legislativo. Abril, 2009.

SILVA, Alexandre Couto. Responsabilidade dos Administradores de S.A. – Business judgment rule. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

SILVEIRA, Alexandre di Miceli da. Governança corporativa no Brasil e no mundo: teoria e prática. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-354

Refbacks

  • There are currently no refbacks.