Gestão de resíduos como movimentos de interação com as práticas sustentáveis: um estudo realizado em uma empresa da construção civil pesada e na mineração de pedra britada / Waste management and interaction of movement with sustainable practices: a study in a company of heavy construction and mining macadam

Rafael Vieira Mathias, Beatriz Marcondes de Azevedo, Fred Leite Siqueira Campos, Mirian Buss Gonçalves

Abstract


A gestão e politicas sustentáveis tem buscado a diminuição dos impactos ambientais, em consolidação com as exigências da sociedade moderna, onde as empresas tem se adequado aos conceitos contemporâneos socioeconômicos quanto à geração de seus resíduos. O objetivo deste artigo é identificar ações da gestão de resíduos da área da construção civil pesada e mineração de pedra britada como movimentos de interação com as práticas sustentáveis e o melhor gerenciamento de resíduos, incluindo a um sistema socioeconômico da organização. Para isso se analisou a gestão da empresa Sulcatarinense, que tem mostrado uma atenção diferenciada em aspectos que propiciou resultados bastante expressivos. Os resultados mostraram que a empresa estudada tem incorporado e sua gestão práticas de reaproveitamento dos resíduos trazendo benefícios socioeconômicos e para meio ambiente.


Keywords


Gestão de Resíduos, Sistema socioeconômico, Reaproveitamento, Meio Ambiente.

References


ABREU, S. F. Recursos Minerais do Brasil. 2.Ed. São Paulo: Edgard Blücher, 1973.

AMORIM, V.P. Resíduos sólidos Urbanos: o problema e a solução. Brasília: Roteiro Editorial LTDA., 1996.

BELLEN, H. M. V. Indicadores de sustentabilidade: uma análise comparativa. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2005.

DEMAJOROVIC, J. Meio ambiente e resíduos sólidos: avanços e limites na cidade de Viena e lições para São Paulo. São Paulo: Fundação Getulio Vargas, 1994.

FIRJAN. Manual de Gerenciamento de Resíduos: Guia de procedimento passo a passo. Rio de Janeiro: GMA, 2006.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2012. Disponível em: . Acesso em fev/2016.

MONREAL, J.. Consideraciones sobre El manejo de resíduos hospitalares em América Latina. In: Anais do Seminário sobre resíduos Hospitalares (Anexo 2). Cascavel (PR), 1993.

PINTO, T. P. Metodologia para a gestão diferenciada de resíduos sólidos da Construção Urbana. Tese (doutorado) – Escola Politécnica, Universidade de São Paulo. São Paulo, 1999.

PLACET, M.; ROGER A.; KIMBERLY, F. M. Strategies for sustainability. Research Technology Management, v. 48, n. 5, p.32-41, 2005.

POLAZ, C. N. M.; TEIXEIRA, B. A. N. Utilização de indicadores de sustentabilidade para a gestão de resíduos sólidos urbanos no município de São Carlos/SP. In: Anais do 24º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, Belo Horizonte, MG. Vol. I, pág. 203, 2007.

ROCHA L.; RODRIGO C. Sustentabilidade XXI: Educar e Inovar Sob uma nova consciência. São Paulo: Editora Gente, 2009.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-347

Refbacks

  • There are currently no refbacks.