A Globalização e a Era Planetária / Globalization and the Planetary Age

Mônica Suani Barbosa da Costa, Therezinha de Jesus Pinto Fraxe, Carlos Augusto da Silva, Vinícius Verona Carvalho Gonçalves, Gislany Mendonça de Sena, Janderlin Patrick Rodrigues Carneiro, Jaisson Miyosi Oka, Antonio Carlos Witkoski

Abstract


Este trabalho busca compreender o que os autores Edgar Morin e Anne Brigitte Kern denomina de era planetária e as implicações do termo em seu livro Terra-Pátria. Buscamos elucidar os desafios que a atual situação de crise planetária nos traz em relação à interpretação da religião no ocidente, de modo a termos uma melhor compreensão sobre o papel da religião na metamorfose da humanidade na era planetária. Utilizamos como metodologia a pesquisa bibliográfica por acreditar ser a principal vantagem da pesquisa bibliográfica reside no fato de permitir ao investigador a cobertura de uma gama de fenômenos muito mais ampla do que aquela que poderia pesquisar diretamente. Entre os pontos que é colocado como extremamente perverso, do desenrolar da história humana, é o que diz respeito ao desaparecimento de culturas diversas que são submetidas ao avanço da dominação de grandes forças políticas/sociais/culturais que se consideram eternas e únicas como perspectiva de desenvolvimento humano. Morin salienta que a era planetária é quase sinônimo dessas trocas genéticas. O avanço europeu sobre o mundo, com o advento do comércio e, principalmente, da guerra, leva a difusão e mistura genética, dos vegetais, animais, dos vírus e bactérias e, também, dos homens. Por fim, o autor enfatiza que Toda ação reflete em desdobramentos múltiplos em todas as direções. Só a visão holística aliada as especializações possibilita uma ação coerente. Não se pode pensar a questão ambiental sem pensar nas questões citadas pelo autor como problemas de primeira e segunda evidências.

 

Palavras-chave: Humanidade; Capitalismo; Edgar Morin


Keywords


Humanidade; Capitalismo; Edgar Morin

References


BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.

BOAVENTURA, S, S. MENESES, M. P. Epistemologias do Sul. Coimbra. Almeida, 2009.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 4. ed. São Paulo: Editora Atlas S. A., 2008. 206p.

LATOUCHE, S. A ocidentalização do mundo: ensaios sobre a significação, o alcance e os limites da uniformização planetária. Petrópolis, Vozes, 1994.

MACLUHAN, M. FIORE, Q. O meio são as massagens. Rio de janeiro. Record, 1969.

MORIN, E.; KERN, A. B. Terra-Pátria. Porto Alegre. Sulina, 2003.

SANTOS, M. Por Uma Outra Globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro. Record, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-343

Refbacks

  • There are currently no refbacks.