Apontamentos epistemológicos sobre as mudanças nos modelos de aprendizagem / Epistemological notes on changes in learning models

Tássia Lobato Pinheiro, Miguel Melo Ifadireó, Vanessa de Carvalho Nilo Bitu, Francisco Renato Silva Ferreira, Francisca Alana de Lima Santos

Abstract


O presente artigo tem como objetivo descrever os modelos de aprendizagem no cenário da educação escolar, técnica e superior. Embasados nos apontamentos de diversos autores reconhecidos pelos seus pares a cerca dessa temática, esse trabalho também se destina a convidar os leitores a uma reflexão sobre aspectos da educação que foram refutados por modelos pedagógicos clássicos de aprendizagem. Por fim, explana-se os modos através dos quais as experiências de vida, as motivações reais e as relações sociais cotidianas estão entrelaçadas no modelo de “aprender-fazendo”.


Keywords


Modelos de aprendizagem. Metodologias ativas. Inovações educacionais.

References


ALTOÉ, Anair. Processo Tecnicista, p. 65-79. In: ALTOÉ, Anair; GASPARIN, João Luiz; NEGRÃO, Maria Tampellin F.; TERUYA, Teresa Kazuko (Org.). Didática: Processos de Trabalho em Sala de Aula. Maringá: Editora Eduem, 2005.

AUSUBEL, David P.; NOVAK, Joseph D.; HANESIAN, Hellen; Psicologia educacional. Tradução Eva Nick. Rio de Janeiro: Interamericana, 1980.

BUCK INSTITUTE FOR EDUCATION. Aprendizagem baseada em projetos: guia para professores de ensino fundamental e médio. 2ª Ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.

CAIAFA, Maria Umbelina (Org.). Manual do Educador: Orientações Gerais. Brasília: Programa Nacional de Inclusão de Jovens – Projovem Urbano, 2012.

CAMARGO, Fausto; DAROS, Thuine. A sala de aula inovadora. Porto Alegre: Penso, 2018.

CAMBI, Franco. História da Pedagogia. São Paulo: UNESP, 1999.

CARBONELL, Jaume. A aventura de inovar: a mudança na escola. Porto Alegre: Artmed Editora, 2002.

CARBONELL SEBARROJA, Jaume. La aventura de innovar: el cambio en la escuela. La aventura de innovar, p. 1-124, 2013.

CUNHA, Luiz Antonio. Educação e desenvolvimento social no Brasil. 9 ed. Rio de Janeiro: Editora Francisco Alves, 1986.

CUNHA, Maria Isabel da. Inovações: Conceitos e Práticas in CASTANHO, Sérgio; CASTANHO, Maria Eugênio (Orgs.) Temas e Textos em Metodologia do Ensino Superior. Campinas: Papirus, 2001

FERNANDES, Ana Lúcia Cunha. A construção do conhecimento pedagógico: análise comparada de revistas de educação e ensino: Brasil-Portugal (1880-1930). 2006.

FERREIRA, Marco. Ensino e aprendizagem no ensino superior. Arquipélago - Ciências da Educação, Universidade dos Açores. 2011.

FREIRE, Paulo. Criando métodos de pesquisa alternativa: aprendendo a fazê-la melhor através da ação. Pesquisa participante, v. 8, p. 34-41, 1981.

FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. 20. ed. Janeiro: Paz e Terra, 1994.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. Saberes necessários à prática educativa. 36. ed, São Paulo: Paz e Terra, 2009.

FREIRE, Paulo. Pedagogy of the oppressed (MB Ramos, Trans.). New York: Continuum, v. 2007, 1970.

GASPARIN, João Luís. Uma didática para a pedagogia histórico-crítica. 5. ed. Campinas: Autores Associados, 2011.

GERMANO, José Willington. O discurso político sobre a educação no Brasil autoritário. Cadernos Cedes, v. 28, n. 76, p. 313-332, 2008.

HORN, Michael. B; STALKER, Heather. Blended: Usando a inovação disruptiva para aprimorar a educação. Porto Alegre: Penso, 2015.

LEÃO, Denise Maria Maciel. Paradigmas contemporâneos de educação. Escola Tradicional e Escola Construtivista. Cadernos de Pesquisa, nº 107, p. 187-206, julho/1999.

MASSETO, Marcos Tarcísio. Competência pedagógica do professor universitário. 2. ed. São Paulo: Summus, 2012.

OLIVEIRA, João Batista Araújo. Tecnologia educacional: teorias da instrução. 2ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 1973.

SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia. 24. ed. São Paulo: Cortez, 1991.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Educação e universidade: conhecimento e construção da cidadania. Interface - Comunic, Saúde, Educ, v6, n10, fev, 2002. p.117-24.

SKINNER, Burrhus Frederic. Tecnologia do ensino. São Paulo: Herder, Ed. Da Universidade de São Paulo, 1972.

TAPSCOTT, Don; WILLIAMS, Anthony D.; Innovating the 21st-Century University: It’s Time! Educause Review, January/February 17-29, 2010. Disponível em: . Acesso em: 02 jul. 2019

UNESCO. Informe Delors. La educacion guarda um tesoro escondido. Madrid, Santillana. 1996.

VALENTE, José Armando. Blended learning e as mudanças no ensino superior: a proposta da sala de aula invertida. Educar em Revista. 2014. p.79-97. doi:10.1590/0104-4060.38645.

VIGOTSKI, Liev Semionovich. Psicologia pedagógica. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

WOLF, Alison. Does education matter? myths about education and economic growth. London: Penguin, 2002.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-334

Refbacks

  • There are currently no refbacks.