Premissas para o êxito do teletrabalho numa abordagem multidisciplinar: diálogos entre direito e ontopsicologia. / Premises for successful tele-work in a multidisciplinary approach: dialogues between law and ontopsychology

Rosane Leal da Silva

Abstract


Este artigo propõe um diálogo entre o Direito e a Ontopsicologia ao tratar do teletrabalho como uma nova possibilidade de atuação na chamada organização virtual das empresas. O tema é abordado a partir do método dialético, que oportuniza o contraste entre vantagens e riscos do teletrabalho. Sustenta-se que essa nova modalidade pode se constituir em oportunidade interessante para as empresas, sobretudo aquelas que detêm um verdadeiro líder à frente de sua gestão, não só por reduzir custos operacionais e fazer frente a eventuais crises e dificuldades empresariais, como também por oferecer interessante experiência de protagonismo “pelo” e “ao” trabalho para quem o executa. Sua adoção depende, no entanto, da análise percuciente a ser feita pelo gestor da organização empresarial, que deve conhecer profundamente as habilidades de cada membro de sua equipe, revelando-se capaz de identificar aqueles trabalhadores que possuem as condições subjetivas e objetivas para empreender essa experiência. Conclui-se que o êxito da adoção dessa modalidade de trabalho será mais facilmente obtido se o gestor empresarial aliar conhecimentos das ciências jurídicas e ontopsicológicas, o que lhe permitirá identificar aquelas personalidades que serão funcionais ao sistema empresarial e desempenharão as tarefas online pautando-se na confiança mútua e boa-fé objetiva, essenciais para o bom desenvolvimento da relação jurídica contratual.


Keywords


Autonomia do trabalhador. Boa-fé objetiva. Diálogos entre Direito e Ontopsicologia. Formação multidisciplinar do empresário. Teletrabalho.

References


CASTELLS, Manuel. A galáxia da Internet: reflexões sobre a Internet, negócios e a sociedade. Traduzido por Maria Luiza X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2003.

FINCATO, Denise Pires et al. Teletrabalho: estudos para regulamentação a partir do direito comparado. In: FINCATO, Denise Pires (org.). Novas tecnologias e relações de trabalho: reflexões. Porto Alegre: Editora Magister, 2011, p. 13-46.

GAUTHIER, Gustavo. Teletrabajo: introducción al estúdio del régimen jurídico laboral. Montevideo: Fundación de Cultura Universitaria, 2006, p. 17.

MELLO, Alvaro. Desmitificando o trabalho virtual (teletrabalho) no Brasil. In Anais do IV Congresso Ibero-americano de teletrabalho e teleatividades. Porto Alegre: Editora Magister, 2011, p. 23-35.

MENEGHETTI, A. Pedagogia Ontopsicológica. 2.ed. Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2005.

MENEGHETTI, A. Pedagogia Ontopsicológica. 3.ed. Recanto Maestro: Ontopsicológica Editora Universitária, 2014.

MENEGHETTI. Dicionário de Ontopsicologia. 2. ed. Recanto Maestro: Ontopsicológica, 2012.

MENEGHETTI. Aprendiz líder. Tradução e organização FOIL. São Paulo: 2011.

ROSENFIELD, Cinara L.; ALVES, Daniela Alves de. Autonomia e trabalho informacional: o teletrabalho. Dados. Rio de Janeiro, v. 54,n. 1, p. 207-233, 2011, p. 209. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-301

Refbacks

  • There are currently no refbacks.