Tecnologia digital e prática docente equivocada: uma análise perceptiva do alunado contemporâneo / Digital technology and misguided teaching practice: a perceptual analysis of contemporary students

Vera Lúcia Benigna da Silva, Diógenes José Gusmão Coutinho

Abstract


Com a evolução das TICs transformando imponentemente, incluindo e mudando as relações sociais dos cidadãos, consequentemente as Instituições de Ensino almejam acompanhar, imagina-se deixando-os interligados globalmente, assim como, na atualidade, “todos” reconhecem a importância das tecnologias móveis (celular), seja idoso, adulto, criança ou adolescente no auge da curiosidade e ousadia, contudo as escolas deveriam incluir a educação digital para seus discentes. Diante da presença dessa tecnologia móvel (celular) e as práticas pedagógicas realizadas pelos docentes no contexto escolar.  Realizou-se este estudo, o qual analisa a visão perceptiva que um grupo de alunos nativos digitais têm em relação à proibição do uso do celular na escola e as práticas pedagógicas docentes, por eles intituladas de “equivocadas”, porque, segundo eles todos utilizam e acham que o celular é uma ferramenta pedagógica interessante, porém nesta Escola Pública pesquisa da é proibido usar, em pleno século XXI. Contatou-se que há controvérsia de pensamentos acerca da temática. O estudo fundamenta-se em Moran (2017), que corrobora dizendo que as tecnologias podem ser utilizadas para aprender, porque são acessíveis em qualquer local, BNCC (Base Comum Curricular) (2017), Cordão (2017), Nóvoa (2017), Nalini (2017), Cruz, Bizelli (2015), Strauss e Corbin (2015), Rojo/Moura (2012), entre outros. E os dados para o desenvolvimento da pesquisa foram coletados a partir de um questionário com perguntas objetivas e subjetivas que ao analisá-las, observa-se outra oposição de atitudes anticontemporâneo  como por exemplo: alunos expulsos da sala de aula pelos docentes como punição, porque estavam usando o celular, porém, e eles felizes porque só assim podiam conecta-se escondido em outros locais da escola, ou a biblioteca sugerida pela direção a estudantes classificados como “os que não querem estudar” segundo os docentes, porque utilizam o celular na sala de aula. Pensamentos dicotômicos na contemporaneidade.


Keywords


Prática equivocada. Punição. Percepção. Aluno contemporâneo.

References


ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de. A tecnologia precisa estar na sala de aula. Revista nova escola. São Paulo: Ed. Abril, jun./jul.2020.

CARRANO, Paulo; DAYRELL, Juarez. (Orgs.). O Jovem como sujeito do ensino. Curitiba: UFPR, (2013).

CORDÃO, Francisco. Revista por dentro da BNCC, (Base Nacional Comum Curricular), 4ª versão. Editora Moderna. (2017).

CRUZ, José Anderson Santos. BIZELLI, José Luís. Docência para o ensino superior:

inovação, informação e construção do conhecimento na era digital. IN: Cad. Ed.

Tec. Soc., Inhumas, v. 8, n.1, p. 79-90, 2015. Disponível em:

http://cadernosets.inhumas.ifg.edu.br/index.php/cadernosets/article/viewFile/227/130>.

Acesso em: 04/03/2020.

FERREIRA, M. J. M. A. ala de aula. Novas tecnologias na sala de aula. Monografia do Curso de Especialização em Fundamentos da Educação: Práticas Pedagógicas Inter disciplinares. Universidade Estadual da paraíba, Pró-reitoria de Ensino médio, Técnico e Educação à Distância, Departamento da PROEAD, Sousa, PB, 2014.

GOMES, Fabrícia Cristina. Projeto um computador por aluno em Araucária- UCAA: investigando a prática dos professores. 2013. 147f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná- Curitiba, 2013.

KENSKI, Vani Moreira. Educação e Tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas, SP: Papirus, 2008.

MORAN, J.M. Tecnologias digitais para uma aprendizagem ativa e inovadora. Educador e pesquisador de projetos de inovação.- Disponível em: http://www2.eca.usp.br/moran-(2017). Acesso em 21/03/2020.

NAGUMO, E. O uso do aparelho celular dos estudantes na escola. Dissertação (mestrado em Educação). Universidade de Brasília. Brasília –DF, 2014

NALINI, J.R. Notícias/provada a lei que libera o de celular nas escolas de São Paulo. Disponível em: http://www. educacao.sp.gov.br.. Acesso em 01/03/2020.

.

NÓVOA, António. Revista por dentro da BNCC, (Base Nacional Comum Curricular), 4ª versão. Editora Moderna. (2017 p.10 -13 -17).

ROJO, Roxane; MOURA, Eduardo [orgs.]. Multiletramentos na escola.- São Paulo: Parábola Editorial, ( 2012. p.99).

STRAUSS, A., CORDIM, J. Noções Básicas de pesquisa qualitativa. Mil Lage – Daks: Lage Publications, 1990. 267p.- SciELO Brasil. Disponível em: wwwscielo.br. Acesso em: 21/03/2020




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-253

Refbacks

  • There are currently no refbacks.