Franquias de Fast-Fashion no Brasil: As estratégias e os desafios pra geração de valor / Fast-Fashion Franchises in Brazil: Strategies and challenges for generating value

Roberta Souza de Mattos, Flávia Angeli Ghisi Nielsen, Rodolfo Leandro de Faria Olivo

Abstract


Este trabalho apresenta as estratégias e os desafios inerentes a dois formatos distintos, porém não excludentes, de negócio da moda: franquia e fast fashion.  O franchising, modelo de varejo utilizado no mundo todo, é uma forma que as empresas têm para acessar seu público alvo de modo estruturado, padronizado e com capital de terceiros. Já o fast-fashion traduz-se como uma inovação no processo de suprimento que maximiza a variedade de artigos ofertados, em menor volume, e mais velocidade de reposição no ponto de venda. O objetivo do trabalho é analisar como ocorre a oferta de produtos pelas franquias de moda no Brasil, refletir sobre a geração de valor, e quais os desafios neste ambiente de negócio. Será feita uma análise dos dois formatos em conjunto, enfatizando as estratégias utilizadas pelas empresas concorrentes. A metodologia é um estudo bibliográfico, qualitativo, exploratório sobre a temática em questão.


Keywords


Franquia, Fast-Fashion, Estratégias de Geração de Valor

References


Livros e Artigos Científicos:

ANSOFF, Igor; McDONNELL, Edward. Implantando a Administração Estratégica. São Paulo: Atlas, 1993. 590 p.

CACHON, G; SWINNEY, R. The Value of Fast Fashion: Quick Response, Enhanced Design, and Strategic Consumer Behavior. Management Science. INFORMS. Catonsville, Maryland, EUA. v. 57, n. 4, p. 778-795, April 2011.

CIETTA, Enrico. A Revolução do Fast Fashion: Estratégias e modelos organizativos para competir nas indústrias híbridas. 2. ed. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2012. 267 p.

DE ANGELO, C.F; NIELSEN, F.G; DIAS FOUTO, N. Manual de Varejo no Brasil. São Paulo: Saint Paul, 2012. 542 p.

HOFFMANN, M. G. Fast fashion: Risco ou Oportunidade? Relatório de Inteligência. Sistema de Inteligência Setorial (SIS). Abril, 2011. Relatório.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do Trabalho Científico. 7ª ed. São Paulo: Atlas, 2014. 211 p.

MINTZBERG, Henry. et al. O processo da estratégia: conceitos, contextos e casos relacionados. 4ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2006. 496 p.

PORTER, Michael. Vantagem competitiva: Criando e sustentando um desempenho superior. 35ª ed. Rio de Janeiro: Campus Elsevier, 1990. 512 p.

PORTER, Michael. What is strategy? Harvard Business Review. Boston, MA. November/December. 1996. p. 61-78.

RIBEIRO, Adir. et al. Gestão Estratégica do Franchising: como conquistar redes de franquias de sucesso. 2ª ed. São Paulo: DVS editora, 2013. 315 p.

SERRENTINO, Alberto. Varejo e Brasil: Reflexões Estratégicas. São Paulo: Varese Retail, 2015. 176 p.

Documentos eletrônicos:

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRANQUIAS (ABF). Evolução do Setor 2003-2014. São Paulo, 27 fev, 2015. Disponível em: http://www.portaldofranchising.com.br/numeros-do-franchising/evolucao-do-setor-2003-2014. Acesso em 25 de maio, 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA TÊXTIL. O Poder da Moda: Cenários, Desafios, Perspectivas. Seção: Agenda de Competitividade da Indústria Têxtil e de Confecção Brasileira 2015 a 2018. São Paulo. Disponível em: http://www.abit.org.br/Publicacao.aspx#26. Acesso em 25 de maio, 2015.

CARVALHO, Douglas. Jornal O Globo. 01 de outubro de 2014. Disponível em: http://oglobo.globo.com/economia/com-faturamento-de-170-bilhoes-varejo-de-moda-vive-consolidacao-14106390. Acesso em 29/05/2015.

ROCHA, Flávio. O poder do varejo na geração do PIB brasileiro. São Paulo. 20 de fevereiro de 2015. Entrevista concedida no Encontro PME ao jornal O Diário do Comércio.

ROCHA, Flávio. Varejo: o motor da economia. Revista Exame, São Paulo. Junho/2014. ed. Abril. Disponível em http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/o-futuro-do-varejo. Acessado em 25 de maio de 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-243

Refbacks

  • There are currently no refbacks.