Remoção seletiva de cárie e sua eficácia clínica: uma revisão de literatura / Selective caries removal and its clinical efficacy: a literature review

Karlos Eduardo Rodrigues Lima, Eduardo da Cunha Queiroz, Evelyne Mayra Lima Sousa, Ruthy Marinho dos Reis, Heloisa de Castro Fernandes, Sara Holanda Moura Pinheiro, Rebeca de Sousa Peixoto, Mariana Vasconcelos Guimarães, Érika Matias Pinto Dinelly, Talita Arrais Daniel Mendes

Abstract


A remoção seletiva de cárie (RSC) tem como intuito preservar o máximo de estrutura dental remanescente, diminuindo os efeitos indesejáveis da remoção total de cárie (RTC). Sendo assim, objetivou-se revisar a literatura acerca da eficácia clínica da remoção seletiva de cárie. Para tanto, realizou-se uma busca bibliográfica na base de dados Pubmed, com os descritores: “Caries, Partial Caries Removal e Conservative Treatment”, combinados entre si pelo operador booleano “AND”. Foram encontrados um total de 13 estudos, após a leitura crítica de títulos e resumos, selecionou-se 05 estudos pelos critérios de inclusão: estudos publicados no período de 2009 a 2019, estudos em inglês, ensaios clínicos randomizados e revisões sistemática, foram descartados 08 estudos pelos critérios de exclusão: revisões de literatura descritivas, estudos não disponíveis na íntegra ou que não abordavam o objetivo do presente estudo. Dos 05 estudos incluídos, quatro eram do tipo ensaio clínico e um do tipo revisão sistemática, nos quais foram ponderados os aspectos clínicos e radiográficos de restaurações tratadas previamente por meio de RSC e RTC, assim como a eficácia de tais procedimentos. Dentre os estudos analisados, um deles demonstrou que a RSC foi menos eficaz ao longo do tempo, porém, com vantagem adicional de menor risco de exposição pulpar, três estudos demonstraram altos índices de sucesso para a RSC, e em um outro estudo não houve diferença significativa entre as duas técnicas, porém com vantagem para RSC. Em vista disso, os estudos demonstraram que a RSC surge como eficiente opção eletiva para o tratamento de lesões cariosas profundas, por ser uma técnica mais conservadora e, consequentemente, evitar a necessidade da realização de tratamentos mais invasivos.


Keywords


Caries; Partial Caries Removal; Conservative Treatment.

References


BARROS, Myrna Maria Arcanjo Frota et al. Selective, stepwise, or nonselective removal of carious tissue: which technique offers lower risk for the treatment of dental caries in permanent teeth? A systematic review and meta-analysis. Clinical oral investigations, p. 1-12, 2019.

FRANZON, R. et al. Randomized controlled clinical trial of the 24-months survival of composite resin restorations after one-step incomplete and complete excavation on primary teeth. Journal of dentistry, v. 43, n. 10, p. 1235-1241, 2015.

KHOKHAR, Monika; TEWARI, Sanjay. Outcomes of partial and complete caries excavation in permanent teeth: A 18 month clinical study. Contemporary clinical dentistry, v. 9, n. 3, p. 468, 2018.

MALTZ, M. et al. Partial caries removal in deep caries lesions: a 5-year multicenter randomized controlled trial. Clinical oral investigations, v. 22, n. 3, p. 1337-1343, 2018.

SINGH, Shreya; MITTAL, Shweta; TEWARI, Sanjay. Effect of Different Liners on Pulpal Outcome after Partial Caries Removal: A Preliminary 12 Months Randomised Controlled Trial. Caries research, v. 53, n. 5, p. 491-498, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-209

Refbacks

  • There are currently no refbacks.