A inserção de alunos do ensino médio de uma escola pública de salvador na pesquisa científica em ciências sociais / The insertion of high school students from a public school of Salvador in scientific research in social sciences

Wanderlene C. Ferreira Reis, Pollyanna Rezende-Campos, Jeremias Pereira Pinto

Abstract


Este artigo tem como objetivo apresentar algumas reflexões de um grupo de professores que experienciaram o PICEM (Projeto de Iniciação Científica no Ensino Médio) em uma escola pública no Subúrbio Ferroviário de Salvador-Bahia, no ano de 2017. O PICEM foi instituído na referida escola com turmas do terceiro ano do Ensino Médio, desde o ano de 2013, com a disciplina de Sociologia, ministrada por uma das autoras. Em 2017, um grupo de professores ingressou no Projeto, se tornando professores-orientadores de três turmas do terceiro ano. Sendo, então, alocado um professor para cada turma, e contando com mais uma professora de Matemática e Estatística, totalizando quatro professores participantes. Participaram do PICEM 2017, 126 alunos das três turmas de terceiro ano do Ensino Médio. As aulas e orientações ocorreram ao longo do ano letivo, contudo, o cronograma foi especificado em três unidades distintas. Desse modo, esse artigo parte de algumas reflexões sobre teoria e prática na vida educacional de professores e jovens estudantes e aponta como caminho, a contextualização e a aprendizagem significativa, como abordadas por Ausubel e Dewey no século XX.


Keywords


PICEM; Experiências; Contextualização; Aprendizagem significativa.

References


AUSUBEL, D. P. Educational Psychology: A Cognitive View. 2nd Revised edition. Holt McDougal, 1978.

¬¬¬¬¬¬¬¬¬______________. Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano, 2003.

BRANDEN. N. O poder da autoestima. São Paulo: Saraiva. 9ª ed. 2000.

BRASIL. Ministério Da Educação. Portaria n. 971 de 9 de outubro de 2009. Dispõem sobre o Programa Ensino Médio Inovador, com vistas a apoiar e fortalecer o desenvolvimento de propostas curriculares inovadoras nas escolas do ensino médio não profissional, 2009. Disponível em: http://pactoensinomedio.mec.gov.br/images/pdf/port_971_09102009.pdf. Acesso em: 17 Mar. 2020

BRASIL, Ministério Da Educação. Resolução n.º 2, de 30 de janeiro de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, 2012. Disponível em: http://pactoensinomedio.mec.gov.br/images/pdf/port_971_09102009.pdf. Acesso em: 17 Mar. 2020

CARLESSO, D. & TOMAZETTI, E.M. Educação como Reconstrução da experiência: uma possibilidade educativa na educação contemporânea. In Seminário Nacional de Filosofia e Educação: Confluências Anais/ II Seminário Nacional de Filosofia e Educação: Confluências, 27 a 29 de setembro de 2006. Santa Maria: FACOS-UFSM, 2006. Disponível em: http://coral.ufsm.br/gpforma/2senafe/PDF/044e4.pd. Acesso em 18 Mar. 2020.

DELORS, J. Educação: um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. São Paulo: Cortez, 1998/2006.

DEWEY, J. Experiência e educação. São Paulo: Editora Vozes, 2011.

JUNIOR, L. F. dos Santos et all. A implantação de um projeto de Iniciação científica no ensino médio como estratégia para o desenvolvimento de competências e Interesse dos alunos pela ciência. Relato de Experiência. 2º Congresso de Pesquisa do Ensino de Ciências e Biologia. Sindicato dos Professores de São Paulo. 2012. Disponível em: http://www.sinprosp.org.br/conpeb/revendo/dados/files/textos/pdf_Relatos_de_Experiencias/A%20implantacao%20de%20um%20projeto%20de%20Iniciacao%20cientifica%20no%20ensin.pdf. Acesso em 18 Mar. 2020

KRASILCHIK, M. Reformas e realidades: o caso do ensino das ciências. Revista São Paulo em Perspectiva. São Paulo, 2000. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/spp/v14n1/9805.pdf. Acesso em: 10 Mar. 2020

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. 2ed. São Paulo: Cortez, 2004.

PARO, V. H. Gestão escolar, democracia e qualidade do ensino. São Paulo: Ática, 2007.

TEIXEIRA, A. A pedagogia de Dewey. In: DEWEY, John. Vida e educação. 7 ed. São Paulo: Melhoramentos, 1971. p.13-41.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-130

Refbacks

  • There are currently no refbacks.