Qualidade fisiológica e sanitária de sementes de cártamo armazenadas em diferentes períodos e embalagens / Physiological and health quality of safflower seeds stored in different quantities and packaging

Janine Farias Menegaes, Ubirajara Russi Nunes, Rogério Antônio Bellé, Fernanda Alice Antonello Londero Backes, Geovana Facco Barbieri, Nelto Almeida de Sousa, Cassiano Vasconcelos dos Santos

Abstract


O cártamo (Carthamus tinctorius L.) é uma espécie de interesse agroeconômico com boa adaptabilidade de cultivo no país, planta ornamental e oleaginosa, com ampla aptidão de uso. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade fisiológica e sanitária de sementes de cártamo armazenadas em diferentes períodos e embalagens. O experimento foi conduzido, no Laboratório Didático e de Pesquisas em Sementes do Departamento de Fitotecnia da UFSM, em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x4 (tipos de embalagens e períodos de armazenamento), com quatro repetições. Avaliaram-se as qualidades física, fisiológica e sanitária, pela verificação da massa de mil sementes e do grau de umidade, testes padrão de germinação, condutividade elétrica massal, comprimento e massa de plântulas, emergência no campo e sanidade. Concluiu-se que a embalagem eficientes na manutenção da massa de mil sementes e do grau de umidade das sementes de cártamo. A qualidade fisiológica das sementes de cártamo tiveram melhor preservação nas embalagens plásticas (garrafa e de saco plástico selado a vácuo) pelo período de quatro meses. Todavia, a deterioração das semente foi acentuada a partir do oitavo mês de armazenamento, e aos 12 meses o potencial germinativo das sementes foi afetado negativamente independente das embalagens utilizadas.

 


Keywords


Carthamus tinctorius L., germinação, conservação de sementes.

References


ABREU, L. A. S. et al. Deterioration of sunflower seeds during storage. Journal of Seed Science, Londrina, v. 35, n. 2, p.240-247, 2013.

ABREU, L. A. S. et al. Teste de condutividade elétrica na avaliação de sementes de girassol armazenadas sob diferentes temperaturas. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 33, n. 4 p. 635-642, 2011.

ABUD, H. F. et al. Morfologia de sementes e plântulas de cártamos. Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v.41, n.2, p.259-265, 2010.

ALMEIDA, F. A. C. et al. Estudo de técnicas para o armazenamento de cinco oleaginosas em condições ambientais e criogênicas. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, Campina Grande, v.12, n.2, p.189-202, 2010.

BESSA. J. F. V. et al. Armazenamento do crambe em diferentes embalagens e ambientes: Parte I - Qualidade fisiológica. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.19, n.3, p.224–230, 2015.

BOIAGO, N. P. et al. Potencial fisiológico de sementes armazenadas de cultivares de feijão-caupi produzidas no estado do Paraná. Revista Varia Scientia Agrárias, Cascavel, v. 03, n.02, p. 21-32, 2013.

BORÉM, F. M. et al. Controle de fungos presentes no ar e em sementes de feijão durante armazenamento. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.10, n.3, p.651–659, 2006.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa n. 45. Brasília. MAPA. 2013, 38p.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Manual de Análise Sanitária de Sementes. Brasília: MAPA, 2009b. 200p.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para Análise de Sementes. Brasília: MAPA, 2009a. 395p.

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 5 ed. Jaboticabal: FUNEP, 2012. 588p.

EKIN, Z. Resurgence of Safflower (Carthamus tinctorius L.). Utilization: A global view, Journal of Agronomy, v. 4, n. 2, p. 83-87, 2005.

EMONGOR, V.; OAGILE, O. Safflower production. Botswana: The Regional Universities Forum for Capacity Building in Agriculture - RUFORUM. 2017. 67p.

FAOSTAT. Food and Agriculture Organization of the United Nations Statistics Division. Crops: Safflower. 2017. Disponível em: . Acesso em: 03 ago. 2018.

FERREIRA, D. F. Sisvar: A guide for its bootstrap procedures in multiple comparisons. Ciência e Agrotecnologia, v.38, n. 2, p.109-112, 2014.

FORTES, F. O. et al. Agrupamento em amostras de sementes de espécies florestais nativas do Estado do Rio Grande do Sul – Brasil. Ciência Rural, Santa Maria, v.28, n.6, p.1615-1623, 2008.

GIRARDI, L. B. et al. Qualidade de sementes de cártamo colhidas em diferentes períodos de maturação. Revista Acadêmica de Ciências Agrárias e Ambiental, Curitiba, v. 11, p. S67-S73, 2013.

JOSÉ, S. C. B. R. et al. Armazenamento de sementes de girassol em temperaturas subzero: aspectos fisiológicos e bioquímicos. Revista Brasileira de Sementes, Brasília, v.32, n.4 p.029-038, 2010.

KRYZANOWSKI, F. C.; VIEIRA, R. D.; FRANÇA NETO, J. B. Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES, 218 p. 1999

MAGUIRE, J. D. Speed of germination aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, v. 2, n.2 , p.176-177, 1962.

MARCOS-FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. ABRATES: Londrina, 2015. 650p.

MÜNDEL, H. H. et al. Safflower Production on the Canadian Prairies: revisited in 2004. Alberta: Agriculture and Agri-Food Canada, Lethbridge Research Center, 2004, 43p.

NAKAGAWA, J. Testes de vigor baseados na avaliação das plântulas. In: KRZYZANOSWKI, F.C.; VIEIRA, R.D.; FRANÇA NETO. J.B. Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES. 1999. 218p.

OGUT H., OGUZ H., Biodiesel: Third Millennium Fuel. Nobel Publication, n.745, p.55- 60. 2006.

REVERBERI, M.; RICELLI, A.; ZLALIC, S.; FABBRI, A. A.; FANELLI, C. Natural functions of mycotoxins and control of their biosynthesis in fungi. Applied Microbiology and Biotechnology, New York, v. 87, n. 3, p. 899-911, 2010.

SILVA, H. W. et al. Qualidade de sementes de pimenta durante o armazenamento em diferentes embalagens. Acta Iguazu, Cascavel, v.7, n.3, p.76-84, 2018.

VECHIATO, M. H.; PARISI, J.J.D. Importância da qualidade sanitária de sementes de florestais na produção de mudas. Biológico, São Paulo, v.75, n.1, p.27-32, 2013.

VILLELA, F. A.; MENEZES, N. L. O potencial de armazenamento de cada semente. Revista Seed News, v.8, p.22-25, 2009.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n4-028

Refbacks

  • There are currently no refbacks.