Sarcopenia e fatores associados em alcoolistas internos para desintoxicação / Sarcopenia and factors associated with internal alcoholists for detoxification

Kéllyda Cinnara da Silva Moura, Cybelle Rolim de Lima, Stephany Ferreira Souza da Silva, Gisele Barbosa de Aguiar, Athos Leandro Lopes da Silva, José de Siqueira Gonçalves Júnior, Emerson Rogério Costa Santiago, Luciana Gonçalves de Orange

Abstract


Introdução: O uso abusivo do álcool é considerado um grave problema de saúde pública que pode potencializar o desenvolvimento de patologias que acometem indivíduos adultos e idosos, como é o caso da sarcopenia. Esta condição promove redução da massa muscular, força e desempenho físico. Objetivo: Estimar a frequência de sarcopenia e os fatores estado de Pernambuco- Brasil. Metodologia: Trata-se de um estudo do tipo transversal, quantitativo.  Para verificação dos dados sociodemográficos e estilo de vida utilizou-se o questionário da Associação Brasileira de Pesquisa (ABEP, 2014); para avaliação do estado nutricional, realizou-se a avaliação antropométrica. Para identificar a sarcopenia, utilizou-se os seguintes parâmetros: índice de massa muscular (IMM), pico de fluxo expiratório (PFE), e teste Timed-Up-and-Go (TUGT). Analisaram-se as associações entre sarcopenia com os indicadores antropométricos e avaliação nutricional. Resultados e Discussão: Foram avaliados 39 alcoolistas adultos do sexo masculino, com média de idade de 47,7 ± 10,03 anos. A maior prevalência foi de indivíduos com baixa renda e escolaridade, desempregados, sedentários, tabagistas e consumidores diários de aguardente. Os avaliados foram considerados sem desnutrição para as variáveis IMC (92,3%) e CP (84,6%). No entanto, os mesmos foram considerados desnutridos segundo a CB (79,5%), CMB (71,8%), AMBc (74,4%), e PCT (61,5%). A maioria dos alcoolistas (79,5%) possuíam sarcopenia. No geral, o IMM, se correlacionou positivamente com as variáveis de IMC, e com as medidas da CB, CMB, AMBc e CP.  Destaca-se que a sarcopenia associou-se com as variáveis CB e CMB. Conclusão: O presente estudo verificou uma elevada frequência de sarcopenia em alcoolistas, associada à desnutrição quando avaliada através das variáveis de CB e CMB.


Keywords


alcoolismo, desempenho atlético, músculo esquelético, estado nutricional, sarcopenia.

References


FILIZOLA, P. R. B; NASCIMENTO, A. E; SOUGEY, E. B; MEIRA LIMA I. V. Alcoolismo no Nordeste do Brasil – prevalencia e perfil sociodemografico dos afetados. Jornal Brasileiro Psiquiatria, 2008; 57 (4): 227-232.

HIRATA, E. S; HIRATA, L. C. M. Bioquímica e metabolismo do etanol. In: FORTES, JRA, CARDO, WN. Alcoolismo: diagnóstico e tratamento. São Paulo, Sarvier. p. 57-64, 1991.

CRUZ-JENTOFT, A. J; BAEYENS, J. P; BAUER, J. M; BOIRIE, Y. CEDERHOLM, T; LANDI, F. et al. Sarcopenia: European consensus on definition and diagnosis: report of the European working group on sarcopenia in older people (AWGSOP). Age and Ageing. Jun, 2010; 39(4):412-23.

SILVA, J. M. N; BARBOSA, M. F. S; CASTRO, P. O. C. N; NORONHA, M. M. Correlação entre o risco de queda e autonomia funcional em idosos institucionalizados. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. 2013 ; 16(2): 337-346.

CONFORTIN, S. C; SCHNEIDER, I. J. C; ANTES D. L; CEMBRANEL, F; ONO, L. M; MARQUES, L. P; et al . Condições de vida e saúde de idosos: resultados do estudo de coorte Epi Floripa Idoso. Epidemiologia Serviços de Saúde [Internet]. 2017 Jun; 26( 2 ): 305-317.

COLLINS, J; NOBLE, S; CHESTER, J. et al. The assessment and impact of sarcopenia in lung cancer: a systematic literature review. BMJ Open. 2014;4:e003697.

CRUZ-JENTOFT, A. J; BAHAT, G; BAUER, J. M; BOIRIE, Y; BRUYERE, O; CEDERHOLM, T. et al. Sarcopenia: revised European consensus on definition and diagnosis. Wiriting group for the European working group on sarcopenia in older people 2 (EWGSOP2). Age and Ageing. Out, 2018; 0:1-16.

LEITE, L. E. A; RESENDE, T. L; NOGUEIRA, G. M; CRUZ, I. B. M; DA SCHNEIDER, R. H; GOTTLIEB, M. G. V. Envelhecimento, estresse oxidativo e sarcopenia: uma abordagem sistêmica. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. 2012; 15( 2 ): 365-380.

WORLD HEALTH ORGANISATION (WHO). Physical status: the use interpretation of antropometry. Geneva. 453p. WHO Technical Report Series 854. 1995.

FRISANCHO, A. R; New norms of upper limb fat and muscle areas for assessment of nutritional status. The American Journal Clinical of Nutrition. 1981; 34: 2540-5.

KUCZMARSKI, M. F; KUCZMARSKI, R. J; NAJJAR, M. Descriptive anthropometric reference data for older Americans. Journal of the American Dietetic Association. 2000; 100: 59-66.

YAMATTO, T. H. Avaliação Nutricional. In: TONIOLO NETO, J.; PINTARELLI, V. L.; YAMATTO, T. H. A Beira do Leito: Geriatria e Gerontologia na prática Hospitalar. p23. Barueri: Manole; 2007

POLLOCK, M. L; WILMORE, J. H. Exercícios na saúde e na doença: avaliação e prescrição para prevenção e reabilitação. Guanabara Koogan, 2009.

LEE, R. C; WANG, Z; HEO, M; ROSS, R; JANSSEN, I; HEYMSFIELD, S. B. Total-body skeletal muscle mass: development and cross-validation of anthropometric prediction models. The American Journal Clinical of Nutrition. vol.72, p.796-803, ste. 2000.

BLACKBURN, G. L; HARVEY, K. B. Nutritional assessement as a routine in clinica i medicine. Postgraduate Medical Journal. 1982; 71: 46-63.

NAJAS, M. S; NEBULONI, C. C. Avaliação Nutricional In: RAMOS LR, TONIOLO NETO J. Geriatria e Gerontologia. 1. ed. Barueri: Manole; 2005. p 299.

JANSSEN. I; BAUMGARTNER, R. N; ROSS, R. et al., Skeletal muscle cut points associated with elevated physical disability risk in older men and women. American Journal of Epidemiology. v.159, p. 413–21, 2004.

LEINER, G. C; ABRAMOWITZ, S. O. L; SMALL, M. J; STENBY, V. B; LEWIS, W. A. Expiratory peak flow rate 1: standard values for normal Subjects. Use as a clinical test of ventilatory function. The American Review of Respiratory Disease. v. 88, n. 5, p. 644-651, Nov, 1963.

SCHMIDT, K. C. Exercício físico, humor e bem-estar na percepção de Dependentes químicos em tratamento. Tese (mestrado). Universidade Federal de Santa Catarina. Santa Catarina. 155f. 2007.

WALL, J. C; BELL, C; CAMPBELL, S; DAVIS, J. The timed Get-Up and Go Test Revisited: measurement of the component tasks. Journal Rehabilitation Research & Development. v.37, n.1, p.109-114, Jan-Feb. 2000.

ANDRADE, S. P. et al. Estado nutricional de pacientes alcoolistas de uma Instituição hospitalar do Nordeste Brasileiro. Nutrición clínica y dietética hospitalaria. vol. 36, n. 2, p. 63-73, jul-fev. 2016.

ANDRADE, M. I S. et al. Razão Triglicerídeo/HDL-C como Indicador de Risco Cardiovascular em Alcoolistas Crônicos. Revista Brasileira de Cardiologia. v.25, n.4, p.267-275, jul/ago, 2012.

ANDRADE, S. P. Estado nutricional e hepático: um estudo em pacientes alcoolistas. 2013. 72f. Dissertação (Mestrado) - Humana e Meio Ambiente, Universidade Federal de Pernambuco, Vitória de Santo Antão, 2013.

CARRARD, V. C; PIRES, A. S; PAIVA, R. L; CHAVES, A. C. M; SANT'ANA FILHO, M. Álcool e Câncer Bucal: Considerações sobre os Mecanismos Relacionados. Revista Brasileira de Cancerologia. 2008; 54(1):49-56.

SIRTULI, J. F; DEON, R. G; DIONARA, S. H; VOLKWEIS, F. B; Hábitos alimentares e estado nutricional de dependentes químicos e alcoolistas em uma comunidade terapêutica. Perspectiva, Erechim. v.39, n.145, p. 121-130, março. 2015.

VOLPI, E; KOBAYASHI, H; SHEFFIELD-MOORE, M; MITTENDORFER, B; WOLFE, R. R. Essential amino acids are 07 primarily responsible for the amino acid stimulation of muscle protein anabolism in healthy elderly adults. The American Journal of Clinical Nutrition. vol.78, n.2, p. 250-258, aug. 2003.

MORLEY, J. E; ANKER, S. D; VON, H. S. Prevalence, incidence, and clinical impact of sarcopenia: facts, numbers, and epidemiology— update 2014. Journal of Cachexia Sarcopenia and Muscle. vol. 5, n. 4, p. 253-259, dec. 2014.

SEQUETO, G. S; SANTOS, N. A. Associação entre consumo de álcool, quedas e Internação em idosos: um estudo do banco fibra – Juiz de fora. 2014. 54f. Dissertação de Conclusão de Curso. Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Fisioterapia. Minas Gerais, 2014.

KERA, T; KAWAI, H. G; HIRANO, H; KOJIMA, M; FUJIWARA, Y; IHARA, ; KOBUCHI, S. Relationships among peak expiratory flow rate, body composition, physical function, and sarcopenia in community-dwelling older adults. Aging Clinical and Experimental Research, 2017; 1-10.

BERINGER, T. Associação entre sarcopenia e massa óssea com variáveis clínicas, nutricionais, virológicas e estilo de vida em pacientes com hepatite c crônica. 2017. 133f. Tese de (Doutorado). Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Belo Horizonte, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-377

Refbacks

  • There are currently no refbacks.