Avaliação comparativa de agentes coagulantes químico e natural no processo de coagulação de águas de cisterna no município de Sumé-PB / Comparative evaluation of chemical and natural coagulant agents in the cisterna water coagulation process in the municipality of Sumé-PB

Crisóstomo Hermes Soares Trajano da Silva, Bruno Rafael Pereira Nunes, Lucas Gomes de Medeiros, Maria Alice de Melo Pinheiro, Síntique Nathalia Ramos de Almeida, Herlanne Campos Porto, Maxsuel da Costa Leal, José Jefferson Barros Pires

Abstract


O objetivo do presente trabalho foi comparar diferentes formas de aplicação da semente da Moringa oleifera na clarificação da água oriunda de cisternas, no município de Sumé, Paraíba. Objetiva-se também comparar a eficiência do coagulante natural em relação ao coagulante químico sulfato de alumínio. Alíquotas de 1,0 L de efluente foram utilizadas para realização dos testes de clarificação, sendo aplicados como coagulantes o sulfato de alumínio e sementes de Moringa oleifera pulverizadas, nas formas particulada e em solução. Aplicou-se o planejamento fatorial 22 com três repetições no ponto central, para verificar a influência do tempo de tratamento e da quantidade dos coagulantes sobre a turbidez, o pH e a condutividade elétrica das amostras. Os resultados obtidos permitiram verificar uma redução na turbidez de até 70%, ao aplicar o coagulante natural em pó, e de 86% para o coagulante químico em pó. Para as condições estudadas, é possível afirmar que as sementes de moringa podem ser aplicadas como coagulante no tratamento de águas de cisternas, reduzindo os teores de turbidez, com a vantagem de ser um produto natural de baixo custo e sem promover alterações significativas no pH e na condutividade elétrica das amostras.

Keywords


Planejamento fatorial, Coagulante natural, Turbidez.

References


AMAGLOH, F.K. BENANG, A. Effectiveness of Moringa oleifera Seed as Coagulant for Water Purification. African Journal of Agricultural Research, 4, 119-123, 2009.

BRANDÃO, Valeria Aparecida da Costa. A importância do tratamento adequado da água para eliminação de microorganismos. 2011, 36f. Monografia – Universidade Estadual de Goiás. Brasilia, 2011

BRASIL. FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE. Manual prático de análise de água. 2ª ed. rev. - Brasília: Fundação Nacional de Saúde, 2006.

FERNANDES, N. M. G.; GINORIS, Y. P.; RIOS, R. H. T.; BRANDÃO, C. C. S. Influência do pH de coagulação e da dose de sulfato de alumínio na remoção de oocistos de Cryptosporidium por filtração direta descendente. Engenharia Sanitária e Ambiental. v.15 n.4. 375-384. 2010.

FRANCO, C. S. Sistema Alternativo de Tratamento de Água em Escala Descentralizada. Tese de Doutorado – Universidade Federal de Lavras2015, 113f. Lavras-MG, 2015.

HUANG, C.; CHEN, S.; PAN, R.J. Optimal condition for modification of Chitosan: a biopolymer for coagulation of colloidal particles. Water Research, v. 34, n. 3, p. 1057, 2000.

LOPES, B. V. Eficiência de Coagulantes na Remoção de Diferentes Concentrações de Ferro e Manganês para ETA Terras Baixas. Trabalho de conclusão de curso. Universidade Federal de Pelotas. Pelotas RS, 2014.

MARTINS, T. J. C. Sistemas de Abastecimento de Água para Consumo Humano – Desenvolvimento e Aplicação de Ferramenta Informática para a sua Gestão Integrada. 2014, 113f. Dissertação de Mestrado – Escola Superior Agrária de Bragança. Bragança, 2014.

MUYIBI, S. A.; EVISON, L. M. Moringa Oleifera Seeds for Softening Hardwater. Water Research, Great Britain, v. 29, n. 4, p. 1099 - 1105, 1995.

ROSALINO, M. R. R. Potenciais Efeitos da Presença de Alumínio na Água de Consumo Humano. Dissertação de Mestrado - Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa – Lisboa – 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-369

Refbacks

  • There are currently no refbacks.