Aplicação do ensaio de jarros na elaboração de tabela orientativa, na dosagem de coagulante, na ETE Dr. Hélio Seixo de Britto – Goiás, Brasil/ Application of vase testing in the preparation of an orientative table, in the coagulant dosage, in ETE Dr. Hélio Seixo De Britto - Goiás, Brazil

Fernanda Pimenta de Freitas, Carlos Roberto Alves dos Santos, Leandro Roncato Pereira, Isabela da Silva Ferreira, Felipe João Carvalho Filho

Abstract


O incremento significativo de vazão e mudanças nas características qualitativas do esgoto bruto que chega à Estação de Tratamento de Esgoto Dr. Hélio Seixo de Britto (ETE Goiânia) tem dificultado a operação dos processos de coagulação e floculação, na consecução dos resultados de eficiência de remoção de matéria orgânica (DBO5) e sólidos suspensos totais (SST) previstos em projeto. O presente estudo objetivou criar uma tabela para orientar o operador na dosagem correta de coagulante, em função dos dados de sólidos suspensos totais e da vazão de entrada do esgoto. Foram realizados ensaios de jarros (Jar Test), variando as dosagens de cloreto férrico (FeCl3) a cada ensaio e mantendo a concentração do polieletrólito aniônico entre 0,8 a 0,9 mg/L, simulando os gradientes de velocidade do projeto da ETE, de acordo com as vazões mínima, média e máxima. Avaliou-se a eficiência das dosagens testadas nos ensaios dos jarros por meio das análises de turbidez, sólidos suspensos totais e demanda bioquímica de oxigênio – DBO5. Os resultados dos ensaios dos jarros, com remoção de sólidos suspensos totais entre 75% a 95%, foram reunidos em uma planilha e submetidos a análise de regressão. A partir das equações de regressão foi proposta uma tabela de dosagem de coagulante, como base orientadora da fase quimicamente assistida do tratamento da ETE Goiânia, buscando padronizar as ações de dosagem do coagulante, direcionando para resultados mais constantes e dentro das metas propostas para a atual fase de tratamento da ETE. A utilização da tabela para orientar na dosagem de coagulante, elaborada com base no protocolo apresentado neste trabalho, proporcionou a obtenção de melhorias no processo e nos resultados, atingindo os níveis de eficiência estabelecidos no projeto da ETE.


Keywords


ensaios de jarros, tabela de dosagem, coagulante, sólidos suspensos.

References


American Public Health Association (2017). Standard Methods for the Examination of water and wastewater. 23ª ed. Washington, D. C.: American Public Health Association, 2017.

CENTENO, J. A. Curso de estatística aplicada à Biologia. Goiânia. Centro Editorial e Gráfico/UFG.1990.188 p.

CONAMA CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE. Resolução n° 430, de 13 de maio de 2011. Dispõe sobre as condições de lançamento de efluentes, complementa e altera a Resolução nº 357, de 17 de março de 2005, do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA. 9 p. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfmcodlegi=646. Acesso em: 10 nov. 2018.

JORDÃO, E. P.; PESSOA C. A. Tratamento de Esgotos Domésticos. 5ª Edição. Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2009. 940 p.

RATNAWEERA, H. Coagulant Dosing Control – A Review. 11 th Gothenburg Symposium. Orlando, Florida, USA, 2004. 43.

SANEAGO - Saneamento de Goiás S/A. Resultados de ensaios dos jarros na ETE Goiânia (protocolos: 528 a 534; 436 a 442; 26 a 32; 35 a 41 e 1152 a 1158 ), 2012.

SANEAGO - Saneamento de Goiás S/A. Resultados de ensaios dos jarros na ETE Goiânia (protocolos: 2876 a 2882), 2015.

SANEAGO - Saneamento de Goiás S/A. Resultados de ensaios dos jarros na ETE Goiânia (protocolos dos meses de novembro, dezembro), 2017.

SANEAGO - Saneamento de Goiás S/A. Resultados de ensaios dos jarros na ETE Goiânia (protocolos dos meses de junho, setembro, outubro), 2018.

SANEAGO - Saneamento de Goiás S/A. Nota Técnica-Resultados de ensaios do jarro da ETE Teresópolis, 2017.

SILVA, M. F. Avaliação e proposição de medidas de otimização da ETE Dr. Helio Seixo de Britto, ETE Goiânia. Dissertação de mestrado, 2007. 113 p.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-219

Refbacks

  • There are currently no refbacks.