Pioartrite de quadril em paciente pediátrico: um relato de caso / Hip pioartrite in a pediatric patient: a case report

Mirieli Louveira de Figueiredo, Tatiani Cação de Moraes, Suellem Luzia Costa Borges

Abstract


Introdução: A algia em quadril apresenta-se como uma queixa relativamente comum nas salas de emergência pediátrica. Neste cenário, a Pioartrite, caracterizada pela invasão bacteriana de um espaço articular, apresenta-se como uma grave condição, necessitando de tratamento urgente para que se evitem complicações permanentes e até mesmo a morte do paciente. Objetivos: Relatar o caso de um paciente internado no setor de Pediatria para tratamento de Pioartrite de quadril, analisando este em comparação com os casos semelhantes que se encontram na literatura. Método: As informações foram obtidas através da realização de anamnese e exame físico, além da coleta de dados do prontuário do paciente, em um hospital de grande porte na cidade de Campo Grande – Mato Grosso do Sul (MS), durante estágio no setor de Pediatria, em abril de 2019. Para referencial teórico foram utilizados artigos encontrados em revistas eletrônicas e na base de dados SciELO (Scientific Electronic Library Online), além de trabalhos publicados online. Resultados: Nota-se uma grande escassez de artigos e estudos brasileiros acerca desta afecção, principalmente estudos voltados especificamente ao público pediátrico e à assistência de enfermagem prestada nestes casos. Foram incluídos apenas sete artigos encontrados em revistas eletrônicas e no banco de dados, além de um trabalho publicado online, sendo que apenas quatro destes abordaram especificamente a Pioartrite em quadril. O diagnóstico diferencial e precoce é de extrema importância para a prevenção de complicações. Conclusão: A Pioartrite constitui-se como uma doença extremamente debilitante e com alta taxa de morbimortalidade no âmbito da pediatria, podendo acarretar sérias sequelas permanentes aos pacientes. Maiores estudos acerca desta condição no público infantil se fazem necessários. A realização de estudos de caso apresenta-se como um importante método de investigação científica, propiciando aos acadêmicos um enorme ganho de conhecimento e o desenvolvimento da capacidade de relacionar teoria e prática, habilidade fundamental para o desenvolvimento da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE).


Keywords


Saúde da Criança; Artrite séptica; Enfermagem Pediátrica

References


HAMIDAH, N. M; VASCONCELOS, F. L. Artrite séptica em pediatria: proposta de um protocolo clínico, 2013.

KOTZIAS NETO, A.; OLIVEIRA, M. A.; STIPP, W. N. Avaliação do tratamento da artrite séptica do quadril. Rev. Bras. Ortop., São Paulo, v. 46, supl. 4, p. 14-20, 2011.

MATOS M. A.; GUARNIERO R.; GODOY JÚNIOR R.M. Artrite séptica do quadril. Rev Bras Ortop. 2006;41(6):187-94.

NAKA, E. N. et al. Quadril doloroso em crianças e adolescentes: análise de 52 casos. Pediatria (São Paulo), 23 (4) :290-7, 2001.

NASSIF, K. C. et al. Artrite séptica em pediatria. Rev Med Minas Gerais, 19 (2 Supl 3): S39-S45, 2009.

ROSA, J. R. P.; KOJIMA, C. M.; FERNANDES, L. F. L.; HEHN, B. J.; SANTILI C. Fluxograma diferencial entre a artrite séptica e sinovite transitória do quadril em crianças. Acta Ortop. Bras., 19(4) 202-5, 2011.

SANTOS, Raionara Cristina de Araújo; MIRANDA, Francisco Arnoldo Nunes de. Importância do vínculo entre profissional-usuário na Estratégia de Saúde da Família. Revista de Enfermagem da UFSM, Santa Maria, p. 350-359, jul/set. 2016.

ZONER, C. S. et al . Quadril doloroso na criança. Rev. Bras. Reumatol., São Paulo, v. 45, n. 6, p. 389-395, dez. 2005.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-166

DOI (PDF (Português (Brasil))): https://doi.org/10.34117/bjd.v6i1.6138.g5460