A biblioteca escolar na formação de leitores nos anos iniciais escolares / The school library in training readers in school early years

Maria Solange Domingues de Souza, Diogenes José Gusmão Coutinho

Abstract


Este artigo apresenta como tema de pesquisa a biblioteca escolar na formação de leitores nos anos iniciais escolares e as dificuldades das práticas de incentivo á leitura do aluno como um problema a ser estudado na biblioteca escolar. Investigar os hábitos de leitura e quais estratégias de estímulo á leitura será utilizada na biblioteca escolar para melhorar o incentivo á leitura nas crianças dos anos iniciais. Aborda métodos e práticas de ensino como uma necessidade de leitura na biblioteca escolar que leve o aluno ao conhecimento dentro de uma prática pedagógica atualizada para aproximar o aluno em questão. A metodologia utilizada como pesquisa bibliográfica com o objetivo de analisar o processo de incentivo á leitura realizada na biblioteca escolar nos anos iniciais escolares para que possa atender os alunos do ensino fundamental I.   Objetivos específicos: Identificar as estratégias utilizadas para incentivar á leitura na biblioteca escolar. O referencial teórico leitura e sua relação com o incentivo á leitura para a formação do aluno na biblioteca escolar. Estuda uma maneira eficaz de aproximar o aluno da biblioteca escolar nos anos iniciais de escolarização para estimular a prática de leitura. Através de estratégias de ensino para aproximar a criança em fase escolar do livro. Despertar o interesse em ler para formar leitores críticos e reflexivos para o desenvolvimento do leitor. Autores como: Isabel Solé, Maria Helena Martins, Paulo Freire, Vygotsky entre outros autores que discutem a leitura nos anos iniciais escolares.

 

 


Keywords


Prática de Leitura. Formação do Leitor. Biblioteca Escolar

References


ANTUNES, Walda de Andrade. Lendo e formando leitores: Orientações para o trabalho com a literatura infantil. Vol. 2. São Paulo: Global editora, 2009.

ARANHA, M. L. de A. Filosofia da Educação. São Paulo: Moderna, 1989.

BRASIL. Indicadores da qualidade na educação: dimensão ensino e aprendizagem da leitura e da escrita/ Ação Educativa. São Paulo: Ação Educativa,2006.

CARDOSO, Bruna Puglisi de Assumpção. Práticas de linguagem oral e escrita na educação infantil/ Bruna Puglisi de Assumpção Cardoso. São Paulo: Editora Anzol, 2012.

Emília e TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da língua escrita: traduzido por: Diana Myriam Lichtenstein; Liana Di Marco; Mário Corso. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999. (Edição comemorativa de 20 anos de publicação ).

FERREIRO, Emília. A Representação da Linguagem e Processo de Alfabetização. Caderno de Pesquisa n 52. São Paulo: 1985.

FREIRE, J. B. Educação de corpo inteiro: teoria e prática da educação física. São Paulo: Scipione, 1997.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. Ed. Cortez, 47 edição, São Paulo, SP,2006.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. Ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GOÉS, L. P. Introdução á leitura infantil e juvenil. 2. ed. São Paulo: Pioneira, 1991.

Língua Portuguesa. 2. Ensino Fundamental. I. RANGEL, Egon de Oliveira (coord) II. ROJO, Roxane Helena Rodrigues (coord ) III. BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. IV. Série. 2010. 200p. : il. (Coleção Explorando o Ensino ; v. 19 )

MACHADO, Ana Maria. A literatura deve dar prazer. Revista Nova Escola. Setembro de 2001, p. 21.

MARTINS, Maria Helena. O que é leitura. 19 ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.

RIBEIRO, Maria Solange Pereira. Desenvolvimento de coleção na biblioteca escolar: uma contribuição á formação crítica sócio-cultural do educando. Transinformação, São Paulo, v.6, n. 1/2/3, p. 60-73, Jan/Dez. 1994.

SOUZA, Maria Salete Daros de. A conquista do jovem leitor: uma proposta alternativa. Florianópolis: ed. UFSC, 1993. 114 p.

PIAGET, J. Psicologia e pedagogia. Trad. Por Dirceu Accioly Lindoso e

Rosa Maria Ribeiro da Silva. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1976.

PAUL, Richard e ELDER, Linda. Como leer um párrafo Y más Allá de éste. Fundación para el Pensamiento crítico. 2003. Disponível em: WWW. Criticalthinking. Org. Acesso em: setembro /2019.

SOLÉ, I. Estratégias de Leitura. 6. Ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.

VYGOTSHY, L. S. A formação Social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. Trad. José Cipolla Neto, Luís Silveira Menna Barreto, Solange Castro Aleche. 6. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

VYGOTSKY, L. S. A Formação Social da Mente. 6. Ed. São Paulo: Martins Fontes. Editora LTDA, 1998.

ZILBERMAN, R. A Literatura infantil na escola. 11. Ed. São Paulo: Global, 2003.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-127