Viabilidade na reutilização da ardósia em substituição do agregado graúdo na dosagem do concreto/ Study of the reuse of slate replacing the coarse aggregate in dosing concrete

Maurício Pessoa Rosa, Matheus Alves Borges, Laécio Guedes do Nascimento, Samuel Campelo Dias, Erika Marques da Guia Costa, Marcelle Ribeiro Costa Cajueiro, Pablo Eduardo Oliveira de Meneses, Samuel Jônatas de Castro Lopes

Abstract


O objetivo desta pesquisa é analisar a influência da reutilização da ardósia ao substituí-la como agregado graúdo na dosagem do concreto para demonstrar suas variações na trabalhabilidade, abrasão superficial, massa específica, absorção de água e resistência à compressão demonstrando se é viável ou não utilizá-lo. Para isso foram reaproveitados a ardósia que é uma rocha metamórfica geralmente com característica  muito resistente, que são utilizadas na fabricação de tampas de sinucas e que dificilmente são reaproveitadas. O método utilizado nesta pesquisa foi apresentar comparativos por meio de ensaios de consistência, abrasão superficial, massa específica, absorção de água e resistências à compressão das dosagens do concreto com utilização de brita 2 em comparação com dosagens com a rocha ardósia nos percentuais de 25%, 50%, 75% e 100% em relação a quantidade de agregado graúdo utilizado no concreto convencional. Os ensaios realizados para tal fim, foram: Determinação da Abrasão “Los Angeles” (NBR MN 51/01), Massa específica e Absorção de água (NBR NM 53/09), Slump test (NBR NM 67/98) e Compressão de corpos-de-prova cilíndricos (NBR 5739/18). Os resultados dos ensaios foram satisfatórios para a dosagem de 50% de brita e 50% de ardósia, obtendo uma resistência média para 3 corpos de prova de 32,61MPa em comparação com o concreto convencional que obteve uma resistência média para mesma quantidade de 31,97MPa, um aumento na resistência relativamente pequena, mas que demonstra que é possível utilizá-lo nesse percentual. Nos demais ensaios notou-se uma a proximidade de resultados, isso nos leva a concluir que a ardósia pode ser usada em conjunto com a brita para assim garantir a estabilidade em sua resistência e dando um destino sustentável a esse material, podendo até mesmo influenciar no preço final do concreto. Como sugestão para trabalhos futuros pode-se incluir a esta pesquisa a caracterização dos tipos de pedra ardósias existentes na região a fim de verificar possíveis diferenças, preço de região em região, podendo incluir sua aplicabilidade na construção civil.


Keywords


Concreto, Ardósia, Reutilização, Ensaios mecânicos, Sustentabilidade

References


Associação Brasileira de Normas Técnicas. Agregado graúdo – Ensaio de Abrasão “Los Angeles”. NBR NM 51. Rio de Janeiro 2001.

. Agregado graúdo – Determinação de massa específica, massa específica aparente e absorção de água. NBR NM 53. Rio de Janeiro 2003.

. Concreto – Ensaio de Compressão de corpos de prova cilíndricos. NBR 5739. Rio de Janeiro 2018.

BORJA, E. V. Efeito da adição de argila expandida e adição mineral na formulação de concreto estruturais leves auto adensáveis. Minas Gerais. 2011. Belo Horizonte.

COSTA, A. G.B. Utilização de Resíduos Cerâmicos da Cidade de Porto Velho na Produção de Concretos, 2017. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal do Amazonas, Faculdade de Tecnologia. Manaus, Amazonas.

COSTA, M. M.; CRUZ, E. F.; PALHARES, L. B. et al. Adição de Rejeitos de Extração de Ardósia em Concreto. Minas Gerais. 2013. Belo Horizonte.

LAVERDE A.; KIRCHHEIM P. A.; GUIMARÃES C. T. A. et al. Concreto com cimento Portland: Materiais de Construção Civil e Princípios de Ciência e Engenharia de Materiais. 3. ed. São Paulo: 2017.

MEHTA, P.K. E MONTEIRO, P.J.M.: Concreto: Microestrutura, Propriedades e Materiais. 2ª Edição. Nicole P. Hasparyk. Editora IBRACON. São Paulo. 2014.

PAULA, J. R. A. L.; SANTOS, M. F.; BRAGA, A. de P.et al. Estudo comparativo das propriedades físicas e mecânicas entre o concreto convencional utilizando brita 0 e seixo rolado da cidade de Manaus-Am. Journal of Engineering and Technology for Industrial Applications. Manaus, v. 4, n. 15, p. 97-102, 2018.

PINHEIRO, W. G. Utilização do Resíduo da Extração da Pedra Mineira como Agregado no Concreto. 2003. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil. Campinas, São Paulo.

SILVA, M. A. P. Influência das características morfológicas de britas graníticas e gnáissicas na resistência à compressão do concreto. Dissertação (Mestrado) ? Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral da Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Recife.

SILVA, R. Propostas de Aproveitamento de Resíduos de Ardósia da Cidade de Pompéu, Minas Gerais. Revista Intercâmbio, v.6, p. 86-95, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-065