Avaliação da contaminação da subsuperfície de um lixão a céu aberto no município de Bragança (Pará, Brasil) / Evaluation of the contamination of the soil of the open dump in Bragança city (Pará, Brazil)

Danyela Mayara Barbalho Pires, Pedro Chira Oliva

Abstract


Em geral, as autoridades urbanas no Brasil têm pouco controle sobre o descarte de resíduos sólidos em suas jurisdições, o que normalmente resulta na contaminação do ar, solo e massas de água, tanto na superfície quanto no subsolo. O lixão municipal da cidade de Bragança (Pará, Brasil) representa uma importante fonte potencial de contaminação, dada a sua proximidade a vários corpos d'água importantes, como a bacia do rio Caeté. Os impactos causados pelo descarte não regulamentado de resíduos sólidos neste lixão foram investigados usando o Radar de Penetração no Solo (GPR), uma ferramenta geofísica que permitiu a caracterização da área e a identificação de possíveis plumas de contaminação na subsuperfície derivada do lixiviado produzido por lixiviados. os resíduos sólidos depositados no lixão. A pesquisa também detectou uma possível depressão, com profundidade máxima de 2,5 m, que pode representar um local histórico usado para o armazenamento de algum tipo de material ou para o descarte de resíduos sólidos, que foram enterrados no local.

 


Keywords


Radar de penetração no solo (GPR), Poluição das águas subterrâneas, Resíduos sólidos urbanos.

References


ANNAN, A. P. Ground Penetration Radar Workshop Notes. Sensors e Software, Inc. Internal Report, p. 130, 2001.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS/BRAZILIAN ASSOCIATION OF PUBLIC CLEANING AND SPECIAL WASTE COMPANIES (ABRELPE) (2017) Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil. Overview of Solid Waste in Brazil. http://www. http://abrelpe.org.br/panorama/. Accessed June 2019.

BORTOLIN J. R. M. Monitoramento temporal da pluma de contaminação do aterro controlado de Rio Claro (SP) por meio do método da eletrorresistividade. Dissertação de Mestrado em Geociências e Meio Ambiente, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Rio Claro (SP), 2009.

BORTOLIN, J. R. M.; MALAGUTTI FILHO, W. Monitoramento temporal da pluma de contaminação no aterro de resíduos urbanos de Rio Claro (SP) por meio do método geofísico da eletrorresistividade. Revista do Instituto de Geociências-USP. Geol. USP Sér. Cient. São Paulo 12(3): 99-113. doi:10.5327/Z1519-874X2012000300007, 2012.

BOUDREAULT, J-P., DUBÉ, J.-S., CHOUTEAU, M., WINIARSKI, T. & HARDY, É.. Geophysical characterization of contaminated urban fills. Engineering Geology, 116, 196-206. doi:10.1016/j.enggeo.2010.09.002, 2010.

BRAGA, B. HESPANHOL, I. CONEJO, J. G. L., BARROS, M. T. L., SPENCER, M., PORTO, M., NUCCI, N., JULIANO, N., EIGER, S. 2002. Introdução à Engenharia Ambiental. São Paulo: Prentice Hall, v. 1, 305 p.

BRASIL. Roadmap for the closure of dumps - the most polluted places in the world. International Solid Waste Association (ISWA)/Association of Public Cleaning and Special Waste Companies (ABRELPE), 2017. www.iswa.org and www.abrelpe.org.br Accessed in March 2018.

Brasil. Law no. 12305 of August 2, 2010. National Policy on Solid Waste. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm. Accessed March 2018.

DI MAIO R.; FAIS, S.; LIGAS, P.; PIEGARI, E; RAGA, R.; COSSU, R. 3D geophysical imaging for site-specific characterization plan of an old landfill. Waste Management, 76:629-642. https://doi.org/10.1016/j.wasman.2018.03.004, 2018.

ELIS, V. R.; ZUQUETE, L.V. Caracterização geofísica de áreas utilizadas para disposição de residuos sólidos urbanos. Brazilian Journal of Geosciences, 32(1):119-134. http://ppegeo.igc.usp.br/index.php/rbg/issue/view/962, 2002.

GOOGLE EARTH PRO. https://www.google.com/earth/versions/, 2019.

GÓMEZ-PUENTES, F. J.; PÉREZ-FLORES, M. A.; REYES-LÓPEZ, J. A.; LOPEZ, D. L.; HERRERA-BARRIENTOS, F.; GARCÍA-CUETO, R. O.; ROMERO-HERNÁNDEZ, S.; SOLÍS-DOMÍNGUEZ, F. A.; GARRIDO, M. M.-L. Geochemical modeling and low-frequency geoelectrical methods to evaluate the impact of an open dump in arid and deltaic environments. Environ Earth Sci, 75:1062. DOI:10.1007/s12665-016-5860-6, 2016.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Cidades e estados. Disponível: Acesso: em outubro 2019.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Censo Demográfico do Brasil em 2010. Disponível: Acesso: em junho 2016.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Levantamento Nacional de Saneamento Básico-2000, 2002. Available in: http://www.ibge.gov. br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pnsb/pnsb.pdf. Accessed March 2018.

LAGO, A. L.; ELIS, V. R.; GIACHETI, H. L. Aplicação integrada de métodos geofísicos emu ma área de disposição de resíduos sólidos urbanos em Bauru-SP. Revista Brasileira de Geofísica, 24(3), 357-374. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-261X2006000300005, 2006.

LARA, R. J. Amazonian mangroves – A multidisciplinary case study in Pará State, North Brazil: Introduction. Wetlands Ecology and Management, 11: 217-221, 2003

MORAES, B. C. de, COSTA, J. M. Nogueira da, COSTA, A. C. L. da, COSTA, M. H. Variação espacial e temporal da precipitação no estado do Pará. Acta Amazonica V. 35(2): 207 – 214, 2005.

MOREIRA, A. C.; DOURADO, J. C. Monitoramento da Atenuação Natural de Pluma de Contaminação Pelo Método Radar de Penetração do Solo (GPR). Rev. Bras. Geof., 25(4): 389-398, 2007.

OLIVEIRA, A. M. DOS S.; MONTICELI, J. J. (Editores). Geologia de Engenharia e Ambiental. São Paulo. ABGE. v. 2., 479 p., 2018.

PORSANI, J. L.; FILHO W. M.; ELIS, V. R.; SHIMELES, F.; DOURADO, J. C.; HELYELSON, P. M. The use of GPR and VES in delineating a contamination plume in a landfill site: a case study in SE Brazil. Journal of Applied Geophysics 55:199-209. doi:10.1016/j.jappgeo.2003.11.001, 2004.

SANTOS, A. DE A.; SHIRAIWA, S.; SILVINO, A. N. DE O.; SILVA, W. T. P.; SILVA, N. A.; SILVEIRA, A.; MIGLIORINI, R. B. Comparação entre a investigação direta da água subterrânea e radar de penetração no solo (GPR) na área do aterro sanitário de Cuiabá (MT), Brasil. Brazilian Journal Geosciences 39(4):768-772. www.sbgeo.org.br, 2009.

SHIRAIWA, S., LISOVSKY, S. P., ELIS, V. R., PORSANI, J. L., BORGES, W. R. Estudos geofísicos integrados no lixão de Cuiabá, MT, Brasil – resultados preliminares. Revista Brasileira de Geofísica, 20(3): 181-186, 2002.

SOUSA, M. L. O. DE; OLIVA, P. A. C.; SANTOS, S. COSTA DOS. Environmental study of the dump of the Tracuateua city (Pará, Brazil) using Ground Penetrating Radar. Brazilian Journal of Development, 5(9): 13638-13649, 2019.

SOUZA FILHO, P. W. M.; EL-ROBRINI, M. Morfologia, processos de sedimentação e litofácies dos ambientes morfo-sedimentares da Planície Costeira Bragantina, Nordeste do Pará, Brasil. Geonomos, 4(2): 1-16, 1996.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n1-015

Refbacks

  • There are currently no refbacks.