Sindrome do tunel do carpo: revisão de literatura / Sindrome do tunel do carpo: revisão de literatura

Luiz Carlos de Souza Cabral Júnior, Renan Estaquioti Rizo, Lucas Freitas Miranda, Lucas de Araújo Correia, Vinícius Moraes Moreira, Ian Spala Ataíde Aguiar, Sabrina Costalonga Dadalto, João Frigini Junior

Abstract


Introdução: A Síndrome do Túnel do Carpo (STC) é a neuropatia compressiva mais comum em membros superiores. Pode ser apresentar de forma aguda ou crônica, além de ser classificada em leve, moderada ou grave pela eletroneuromiografia. Objetivos: O objetivo desse estudo é revisar sobre o manejo da síndrome da túnel do carpo, visto que é uma síndrome compressiva de alto impacto funcional e socioeconômico. Métodos: Os bancos de dados Pubmed, Scielo e Diretrizes foram pesquisados eletronicamente utilizando os descritores Síndrome do Túnel do Carpo; Nervo Mediano; Síndrome Compressiva nos idiomas inglês e português. Discussão e Conclusão: Diante do comprometimento funcional, o exame clinico detalhado se faz necessário. A eletroneuromiografia é uma estratégia diagnostica mais sensível e também auxilia na classificação, quando comparada a US. A escolha do tratamento depende de diversos fatores e existem terapêuticas cirúrgicas e não cirúrgicas para manejo da síndrome.


Keywords


Síndrome do Túnel do Carpo, Nervo Mediano, Síndrome compressiva

References


Chammas, Michel et. al. Síndrome do túnel do carpo – Parte I (anatomia, fisiologia, etiologia e diagnóstico). Rev bras ortop. 2014;49(5):429–436. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.rbo.2013.08.007 Acesso em outubro 2021

de Jesus Filho, Arnaldo Gonçalves et al. “Estudo comparativo entre exame físico, eletroneuromiografia e ultrassonografia no diagnóstico da síndrome do túnel do carpo.” Revista brasileira de ortopedia vol. 49,5 446-51. 16 de setembro de 2014, doi: 10.1016 / j.rboe.2014.09.002 Acesso em outubro de 2021

Fernandes, Marcela et al. “Início do dedo em gatilho após cirurgia de síndrome do túnel do carpo: Avaliação de técnicas abertas e endoscópicas.” Revista brasileira de ortopedia vol. 56,3 (2021): 346-350. doi: 10.1055 / s-0040-1721834 Acesso em outubro de 2021

Barros, Marco Felipe Francisco Honorato et al. “Evaluation of surgical treatment of carpal tunnel syndrome using local anesthesia.” Revista brasileira de ortopedia vol. 51,1 36-9. 21 Dec. 2015, doi:10.1016/j.rboe.2015.12.001 Acesso em outubro de 2021

Okamura, Aldo et al. “Evaluation of patients with carpal tunnel syndrome treated by endoscopic technique.” Acta ortopedica brasileira vol. 22,1 (2014): 29-33. doi:10.1590/S1413-78522014000100005 Acesso em outubro de 2021

de Miranda, Giselly Veríssimo et al. “Corticoid injection as a predictive factor of results of carpal tunnel release.” Acta ortopedica brasileira vol. 23,2 (2015): 76-80. doi:10.1590/1413-78522015230200943 Acesso em outubro de 2021

Chammas, Michel et. al. Síndrome do túnel do carpo – Parte II (tratamento). Rev bras ortop. 2014;49(5):437–445. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.rbo.2013.08.008 Acesso em outubro de 2021.

Campos-Serna, I et al. “Diagnosis and Treatment of Carpal Tunnel Syndrome in A Tertiary Care Center in Mexico City.” World journal of plastic surgery vol. 9,2 (2020): 213-218. doi:10.29252/wjps.9.2.219 Acesso em outubro de 2021




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n12-086

Refbacks

  • There are currently no refbacks.