Práticas de educação e gestão ambiental na Escola Municipal José Caetano, Toritama, PE / Environmental education and management practices in the José Caetano Municipal School, Toritama, PE

Alexandre Naildo da Silva, Hermes Alves de Almeida

Abstract


A reflexão sobre as práticas da degradação permanente do meio ambiente e do seu ecossistema, como atividade intencional da prática social, releva-se como necessidade a articulação de saberes e fazeres para responder às complexas sobre educação ambiental, como “instrumento” de articulação a fim de evitar a degradação ambiental e, consequentemente, a inapropriação da natureza. A educação ambiental, baseia-se no conhecer e na habilidade coletiva voltada a conservação do meio ambiente e a sustentabilidade. Diante disto, escolheu-se a escola municipal José Caetano, Toritama, PE, localizada na região geográfica imediata de Caruaru, PE, cujos objetivos foram desernvolver práticas de educação e gestão ambiental relacionadas ao uso racional da água. Foram ministrados conteúdos teóricos relacionados ao tema, realização de oficinas e aplicação de questionários temáticos, contendo nove perguntas, relacionada ao tema água, desde o quantitativo de água no planeta até a importânca do reuso, antes e após a aplicação do respectivo contéudo em sala de aula. O enfoque da degradação e da poluição hídrica foi o Rio Capibaribe por ser esse o principal manancial hídrico. Os principais resultados percebem-se a evolução dos conhecimentos sobre o tema dos alunos antes e após a aplicação das técnicas de educação ambiental na escola, inclusive com esclarecimento dos alunos sobre as ações a serem tomadas para evitar a degradação ambiental e, portanto, a gestão do uso da água.


Keywords


educação ambiental, degradação ambiental, cidadania

References


ALMEIDA, H. A. de; RAMOS, D B. Alternative of living in the geographical outline of cariri paraibano, Brazil. International Journal of Development Research, v. 10, n. 05, pp. 35820-35824, 2020.

ALMEIDA, H. A. de; FARIAS, M. P. Potential for rainwater catchment’s as an alternative for human consumption in drier micro-region of the state of Paraiba, Brazil. International Journal of Research in Geography (IJRG), v. 1, n.2, p. 32-37, 2015

AGUIAR, P. C. B, COSTA NETO, R. F., BRUNO, N. L., PROFICE, C. C. Da teoria à prática em educação ambiental. R. Gest. Sust. Ambient., v. 6, n. 2, p.111 -132, 2017

ARNSTEIN, S. R. Uma escada da participação cidadã. Revista da Associação Brasileira para o Fortalecimento da Participação – Participe, Porto Alegre/Santa Cruz do Sul, v. 2, n. 2, p. 4-13, 2002.

BARRELLA, W., MAIA, N. B. Indicadores ambientais: conceitos e aplicações. São Paulo: EDUC/COMED/INEP, 1ª edição, 2001, 250 p.

BASSANI, M. A. Fatores psicológicos da percepção da qualidade ambiental. In: BASSANI, M.A.; BOLMANN, H. A.; MAIA, N. B.; MARTHOS, H. L.; BARRELA, W.

BRISOLARA, L.S.; SILVA, V.C.; CARDOSO, N.S. Journal of Environmental Management and Sustainability. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade. v. 5, n.2, 2016.

DESLANDES, M. S. S, ARANTES, A. R. A extensão universitária como meio de transformação social e profissional. Sinapse Múltipla, v. 6, n. 2, p. 179-183, 2017.

DIAS, G. F. Educação e Gestão Ambiental. São Paulo: Gaia, 6ª Edição, 2006, 118p.

FEHLBERG, E. B.; HÖHER, B. G.; FERRARO, C. S. Educação Ambiental: Um processo coletivo para estimular habilidades, competências e valores sociais por meio de uma Unidade de Aprendizagem. Anais do 4º Congresso Internacional de Tecnologias para o Meio Ambiente. Bento Gonçalves-RS, Brasil, abril de 2014.

IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em:

LEFF, E. Saber Ambiental: sustentabilidade, racionalidade, complexidade, poder. Tradução de Lúcia Mathilde Endlich Orth. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2001, 495p.

PAULA, J. A. Extensão universitária: história, conceito e propostas. Interfaces-Revista de Extensão, v. 1, n. 1, p. 05-23, 2013

REIGOTA, M. A floresta e a educação; por uma educação ambiental pós-moderna. 2°ed. Cortez. São Paulo, 2002.

TEIXEIRA, L .I. L.; FILHO, J.C. L. S.; MEIRELES, F. R. S. Consciência e Atitude ambiental em estudantes de Instituições de Ensino Técnico e Tecnológico. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental. v.20, n. 1, p 334-350, 2016.

VENZKE, C.S.; NASCIMENTO, L. F. M. Caminhos e desafios para a inserção da sustentabilidade socioambiental na formação do administrador brasileiro. Revista de Administração Mackenzie. v.14, n.3, p.26-54, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n12-074

Refbacks

  • There are currently no refbacks.