Impacto da Gestão da Informação e Inovação Tecnológica no Empreendedorismo Digital/ Impact of Information Management and Technological Innovation on Digital Entrepreneurship

Raquel Meira Braga, Ercilia de Stefano, Alberto Eduardo Besser Freitag, Ana Carolina Rios Coelho

Abstract


A era digital revolucionou os modelos de negócios uma vez que, em meio a um cenário repleto de oportunidades, surgem possibilidades e estratégias mais eficazes comparados aos modelos tradicionais. Os avanços contínuos das tecnologias digitais levaram a transformação atual do que se refere ao empreendedorismo, acarretando a chegada de novas organizações. Sendo assim, com a alta competitividade atrelada ao alto crescimento destas empresas, o uso de estratégias e meios tecnológicos são características que um novo empreendimento pode utilizar para se destacar dos demais. Com o uso adequado da gestão de informações e aplicação de inovações tecnológicas, as empresas podem potencializar processos e alavancar resultados. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho é apresentar métodos e tecnologias capazes de proporcionar aos empreendimentos digitais vantagens competitivas a fim de conquistarem espaço neste mercado altamente desafiador. O estudo foi efetuado através de uma metodologia baseada em procedimentos de pesquisa bibliográfica e abordagem qualitativa. Ademais, a fim de exemplificar o estudo inicial, também foi desenvolvido um projeto de implantação de chatbots em uma startup de divulgação e venda de infoprodutos digitais, principal resultado deste trabalho.


Keywords


Empreendedorismo Digital, Inovação, Tecnologia .

References


AGHION, Philippe; JONES, Benjamin F.; JONES, Charles I. 9. Artificial Intelligence and Economic Growth. University of Chicago Press, 2019.

AMAYA, O. C. A sociedade de consumo na era digital - os desafios do desenvolvimento sustentável na era da quarta revolução industrial. Itajaí: Dissertação submetida ao Curso de Mestrado em Ciência Jurídica da Universidade do Vale do Itajaí, 2017.

ANATEL – Agência Nacional de Telecomunicações. “Anatel e setor de telecom firmam compromisso público para manter Brasil conectado”. Portal Eletrônico da ANATEL, 2020.

BHARADWAJ, A., Sawy, OAE, Pavlou, PA e Venkatraman, N. “Estratégia de negócios digitais: em direção a uma próxima geração de insights”, MIS Quarterly, Vol. 37, 2013.

BINGIIE, L. & SUNDAR, S.S. (2018), “Should machines express sympathy and

empathy? Experiments with a health advised chatbot”, Cyberpsychology, Behavior, and Social Networking, Vol. 21 No. 10, pp. 625-636.

CHEN, Hsinchun; CHIANG, Roger HL; STOREY, Veda C. Business intelligence and analytics: From big data to big impact. MIS quarterly, p. 1165-1188, 2012.

CHOUDHURY, P., STARR, E., & AGARWAL, R. (2018). Machine learning and human capital: experimental evidence on productivity complementarities. Harvard Business School

COCKBURN, I. M., HENDERSON, R., & STERN, S. The impact of artificial intelligence on innovation. National Bureau of Economic Research, 2018.

DAVENPORT, Thomas H. Ecologia da informação: por que só a tecnologia não basta para sucesso na era da informação. São Paulo: Futura, 2000.

DEVANEY, E. 2018. What Is Conversational Marketing? Definition, Examples and Best Practices Behind a Conversational Marketing Strategy. Disponível em:

https://www.drift.com/blog/conversational-marketing/. Acesso em: 17 maio 2021.

DIGITALKS. Como a Inteligência Artificial está mudando o Marketing Digital. Digitalks, 2018. Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2021.

DIMITRIESKA, Savica et al. Artificial intelligence and marketing. Entrepreneurship, v. 6, n. 2, p. 298-304, 2018.

FERNANDES, Anita Maria da Rocha. Inteligência artificial: noções gerais. Florianópolis:Visual Books, 2003.

FIGUEIREDO, Vítor. Kotler, P., Kartajaya, H. & Setiawan, I.(2017). Marketing 4.0: Mudança do Tradicional para o Digital. Coimbra, Portugal: Conjuntura Actual Editora. Trad. Pedro Elói Duarte.(218 páginas). ISBN 9789896942083. Comunicação Pública, v. 14, n. 27, 2019.

GABRIEL, M. Você, Eu e os Robôs - Pequeno manual do mundo digital. São Paulo: Atlas, 2018. 280 p.

GARCÍA REINA, Luis Felipe et al. Asistente virtual de tipo ChatBot. 2018.

GEM-Brasil 2020. Global Entrepreneurship Monitor: Empreendedorismo no Brasil. Relatório Executivo 2020. Curitiba: IBQP, 2020.

GIL, A. C. (2002) Como elaborar projetos científicos. 4ª ed. São Paulo. Atlas S/A.

GIONES, Ferran; BREM, Alexander. Empreendedorismo em tecnologia digital: uma definição e uma agenda de pesquisa. Revisão da Gestão da Inovação Tecnológica, v. 7, n. 5, 2017.

GO, E., & SUNDAR, S. S. (2019). Humanizing chatbots: The effects of visual, identity and conversational cues on humanness perceptions. Computers in Human Behavior, 97(January), 304–316. https://doi.org/10.1016/j.chb.2019.01.020

LE DINH, T., Vu, MC, Ayayi, A. Rumo a um laboratório vivo para promover o digital processo de empreendedorismo. Int. J. Empreendedor, 2018.

LODHI, P., MISHRA, O., JAIN, S., & BAJAJ, V. (2018). StuA: An Intelligent Student Assistant. International Journal of Interactive Multimedia and Artificial Intelligence, 5(2), 17. https://doi.org/10.9781/ijimai.2018.02.008

MIKLOSIK, A. & Evans,N.(2020). Impact of Big Data and Machine Learning on Digital Transformation in Marketing: A Literature Review. IEEE ACCESS, V.8, DOI: 10.1109/ACCESS.2020.2998754

MINAYO, M. C. S. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis:

Vozes, 2001.

MONTARGIL, Filipe; DI FÁTIMA, Branco; RUIZ, Cristian. Representations vs actions in online behavior: first results from an academic online panel of Internet users. In: 14th ESA Conference: Europe and Beyond: Boundaries, Barriers and Belon. European Sociological Association, 2019.

NAMBISAN, Satish. Digital entrepreneurship: Toward a digital technology perspective of entrepreneurship. Entrepreneurship theory and practice, v. 41, n. 6, p. 1029-1055, 2017.

PANNU, Avneet. Artificial intelligence and its application in different areas. Artificial Intelligence, v. 4, n. 10, p. 79-84, 2015.

PAKES, ALAN. Negócios Digitais São Paulo: Editora Gente Liv, 2015.

PEREIRA, Maurício Fernandes. Planejamento Estratégico: Teorias, modelos e processos. São Paulo: Atlas S.A, 2010.

PEREIRA, SAMUEL (2018) Atenção: o maior ativo do mundo. O caminho mais efetivo para ser conhecido, gerar valor para seu público, ganhar dinheiro. Gente Editora.

POPESCU, C. A. (2020). Chatbots as a marketing tool. FAIMA Business & Management Journal. Volume 8, Issue 3, Bucharest, Romania

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de, Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico

, 2ª Ed., Novo Hamburgo - RS, Associação Pró-Ensino Superior em Novo Hamburgo - ASPEUR Universidade Feevale, 2013. Disponível em: , Acesso em: 15 maio 2021.

RESENDE, João. 2017. Aprenda o que são infoprodutos e conheça 8 formatos que você pode criar para trabalhar na internet! Disponível em: . Acesso em: 2 maio 2021.

RESULTADOS DIGITAIS. Machine Learning: o que é e como aplicá-lo ao Marketing Digital. RD Station Resources, 2019. Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2021.

REZ, Rafael. Marketing de Conteúdo: a moeda do século XXI. 1.São Paulo: DVS Editora, 2016.

ROCK CONTENT. Inteligência Artificial e Marketing. Blog Rock Content, 2019. Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2021.

RÜßMANN, M., LORENZ, M., GERBERT, P., WALDNER, M., JUSTUS, J., ENGEL,

P., & HARNISCH, M. Industry 4.0: The future of productivity and growth in manufacturing industries. Boston Consulting Group, v. 9, n. 1, p. 54-89, 2015.

SCHRÖDER, Christian. The challenges of industry 4.0 for small and medium-sized enterprises. Friedrich-Ebert-Stiftung: Bonn, Germany, 2016.

SINGH, Anna; HESS, Thomas. Como os diretores digitais promovem a transformação digital de suas empresas. Executivo Trimestral da MIS , v. 16, n. 1, 2017.

SONG, A. K. The digital entrepreneurial ecosystem: a critique and reconfiguration. Small Business Economics. Forthcoming. 2019

SPICEWORKS (2018). Spiceworks Study Reveals 40 Percent of Large Businesses Will Implement Intelligent Assistants or Chatbots by 2019. Disponível em: https://www.prnewswire.com/news-releases/spiceworks-study-reveals-40-percent-of-large-businesses-will-implement-intelligent-assistants-or-chatbots-by-2019

html, Acesso em: 20 maio de 2021.

STEININGER, Dennis M. Linking information systems and entrepreneurship: A review and agenda for IT‐associated and digital entrepreneurship research. Information Systems Journal, v. 29, n. 2, p. 363-407, 2019

STONE, P., BROOKS, R., BRYNJOLFSSON, E., CALO, R., ETZIONE, O., HAGER, G. et al., 2016, Artificial intelligence and life in 2030, AI100 Report, viewed 22 January 2019, from https://ai100.stanford.edu/2016-report.

SYVANEN, S. & VALENTINI, C. (2020). Conversational agents in online organization – stakeholder interactions: a state-of-the-art analysis and implications for further research. Journal of Communication Management Vol. 24 No. 4, 2020 pp. 339-362. DOI 10.1108/JCOM-11-2019-0145

VASCONCELOS, I. Irigaray, H. Leal, F. & Carvalho, L. Inovação tecnológica

radical e mudança organizacional: A institucionalização de organizações resilientes e formas de trabalho mais substantivas. Cadernos EBAPE. BR, v. 17, p. 895-922, 2019.

VON BRIEL, Frederik; DAVIDSSON, Per; RECKER, Jan. Digital technologies as external enablers of new venture creation in the IT hardware sector. Entrepreneurship Theory and Practice, v. 42, n. 1, p. 47-69, 2018.

WEISS,M.C.(2019). Sociedade sensoriada: a sociedade da transformação digital. Estudos Avançados, 33(95),203-214. https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2019.3395.0013




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n12-032

Refbacks

  • There are currently no refbacks.