As dificuldades enfrentadas pelo portador de ostomia de eliminação intestinal na sexualidade e as implicações para a atuação da enfermagem / The difficulties faced by the intestine disposal ostomy patient in sexuality and the implications for the performance of nursing

Júlio César Santos, Janayna Araújo Viana, Arannadia Barbosa Silva, Iraciane Rodrigues Nascimento Oliveira, Mariana Reis Soares, Sabrynna Gabryela Rocha Murada, Michelle Dhemensa Monteiro de Pinho, Mateus Noleto Araújo

Abstract


Objetivo Conhecer as dificuldades sentidas e/ou enfrentadas pelo portador de ostomia de eliminação intestinal na sexualidade e as implicações para a atuação da enfermagem. Método Trata se de uma revisão da literatura do tipo Revisão Integrativa realizada nas bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SCIELO), Banco de dados em Enfermagem (BDENF), Portal de Periódicos da CAPES e National Library of Medicine National Institutesof Health (PUBMED). Foi utilizado o operador booleano AND e os descritores ostomia, sexualidade, assistência de enfermagem e ostomia intestinal. Foram selecionados 16 artigos para análise do estudo. Resultados. Os ostomizados enfrentam dificuldades na sua sexualidade, de origem emocionais e fisiológicas como medos e receios de rejeição do parceiro, de mostrar o corpo, de lesionar a ostomia, de contar sobre sua nova condição e de passar por constrangimento causado pela bolsa; disfunção erétil, distúrbio ejaculatório, perda da elasticidade vaginal, dispareunia, redução da lubrificação e dificuldade de chegar ao orgasmo. Considerações finais Portanto, sugere-se uma maior intensificação das políticas públicas em saúde em educação permanente que proporcione aos enfermeiros e demais profissionais de saúde acerca do cuidado com o paciente ostomizado de forma holística, voltada para a condição clínica e reabilitação, incluindo o cuidado na saúde sexual e auto - realização pessoal destes pacientes.


Keywords


Ostomia Intestinal; Sexualidade; Assistência de enfermagem.

References


ALVES, R. C. P; MOREIRA, K. C. R; FRANCO, C. P. P;OLIVEIRA, D. C.. A percepção do paciente portador de ostomia com relação a sua sexualidade. Revista Interdisciplinar, v. 6, n. 3, p. 26-35, 2013.

BRASIL. Ministério da Saúde, Departamento de Atenção Especializada e Temática. Guia de atenção à saúde da pessoa com estomia. Secretaria de Atenção Especializada em Saúde,– Brasília, 2019.

CAMPOS, K; BOT, L. H. B; PETROIANU, A; REBELO, P. A; SOUZA,A. A. C; PANHOCA, I. O impacto da colostomia na vida de seus portadores. Journal of Coloproctology (Rio de Janeiro), v. 37, n. 3, p. 205-210, 2017.

CARDOSO, D. B. R; ALMEIDA, C. E; SANTANA, M. E; CARVALHO, D. S; SONOBE, H. M; SAWADA, N. O. Sexualidade de pessoas com estomias intestinais. Rev Rene, v. 16, n. 4, p. 576-585, 2015.

DA VERA, S. O; DE SOUSA, G. N; ARAÚJO, S. N. M; DE CARVALHO, A, D; DA SILVA, M. G. P; DANTAS, L. R. O. Sexualidade e qualidade de vida da pessoa estomizada: reflexões para o cuidado de enfermagem. Revista Ciência & Saberes-UniFacema, v. 3, n. 4, p. 788-793, 2018.

DO NASCIMENTO, D. C; CHAGAS, C. C; DE OLIVEIRA. S. N. V. D; MARQUES, G. S; RODRIGUES, F. R; CUNHA, C. V; DOS SANTOS. S. P. A. Experiência cotidiana: a visão da pessoa com estomia intestinal. Estima–BrazilianJournalofEnterostomalTherapy, v. 14, n. 4, 2016.

GOMES, G. C; BIETENCOURT, P. P; PIZARRO, A. R; MADRUGA, A. P; CASTRO, E. S; GOMES, V. L. O. Ser mulher estomizada: percepções acerca da sexualidade. Enfermería Global, v. 11, n. 3, 2012.

GONZAGA, A. C; ALBERGARIA, A. K. A; ARAÚJO, K. O. P; BORGES, E. L; JUNIOR, J. F. P.. Perfil de crianças e adultos com estomia intestinal do centro de referência da Bahia–Brasil. Estima (Online), p. e0520-e0520, 2020.

GOULART, M. B; SANTOS, F. S; POGGETTO, M. T. D; RODRIGUES, L. R; CONTIM, D. A sexualidade do paciente estomizado no discurso do enfermeiro. Revista Mineira de Enfermagem, v. 21, p. 1-8, 2017.

JACON, J. C; OLIVEIRA, R. L. D; CAMPOS, G. A. M. C. Viver com estomia intestinal: autocuidado, sexualidade, convívio social e aceitação. CuidArte, Enferm, p. 153-159, 2018.

KIMURA, C. A; GUILHEM, D.B; KAMADA, I; ABREU, B.S; FORTES, R. C. Oncology ostomized patients’ perception regarding sexual relationship as an important dimension in quality of life. Journal of Coloproctology (Rio de Janeiro), v. 37, p. 199-204, 2017.

MARQUES, A. D. B; SILVA, J. S. G; NASCIMENTO, L. C; NERY, I. S; LUZ, M. H. B. A; vivência da sexualidade da mulher estomizada. Enfermagem em Foco, v. 5, n. 3/4, p. 82-86, 2014.

MARTELLI, A. FILHO, A. J. O; GUILHERME, C. D; DOURADO, F. F. M; SAMUDIO, E. M. M. Análise de Metodologias para Execução de Pesquisas Tecnológicas. BrazilianApplied Science Review, v. 4, n. 2, p. 468-477, 2020.

MENDES, J. O. S.; LEITE, M. M. A. M.; BATISTA, M. R. F. F. Sentimentos vivenciados pelo homem adulto colostomizado. Revista Interdisciplinar, v. 7, n. 1, p. 58-67, 2014.

MENDES, K. D. S; SILVEIRA, R. C. D. C. P; GALVÃO, C. M. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & contexto-enfermagem, v. 17, n. 4, p. 758-764, 2008.

MIRANDA, L. S. G; CARVALHO, A. A. S; PAZ, E. P. A. Qualidade de vida da pessoa estomizada: relação com os cuidados prestados na consulta de enfermagem de estomaterapia. Escola Anna Nery, v. 22, 2018.

MOREIRA, W. C; DA VERA, S. O; DE SOUSA, G. N; ARAÚJO, S. N. M; DAMASCENO, C. K. C. S; ANDRADE, E. M. L. R. Sexualidade de pacientes com estomias intestinais de eliminação. Revista de Pesquisa: Cuidado é fundamental online, v. 9, n. 2, p. 495-502, 2017.

MOTA, M. S; SILVA, C. D; GOMES, G. C. Vida e sexualidade de mulheres estomizadas: subsídios à enfermagem. Revista de Enfermagem do Centro-Oeste Mineiro, v. 6, n. 2, 2016.

PROETTI, S. As pesquisas qualitativas e quantitativas como métodos de investigação científica: Um estudo comparativo e objetivo. Revista Lumen-ISSN: 2447-8717, v. 2, n. 4, 2018.

ROSADO, S. R; ALVES, J. D; PACHECO, N. F; MILAGRES, C. Cuidados de enfermagem a pessoa com estomia: Revisão integrativa. E-scientia, v. 13, n. 1, p. 1-10, 2020.

SANTOS, F. S; VICENTE, N. G. BRACARENCE, C. F; DAL-PAGGETO, M. T; GOULART, B. F; RODRIGUES, R. L. Percepção dos cônjuges de pessoas com estomia intestinal sobre a sexualidade do casal. Revista Mineira de Enfermagem, v. 23, p. 1-9, 2019.

SANTOS, S. R; MEDEIROS, A. L; CABRAL, R. W. L; ANSELMO, M. N. S; SOUZA, M. C. J. Sexualidade de portadoras de estoma intestinal definitivo: percepção de mulheres. Enfermagem em Foco, v. 4, n. 2, 2013.

SILVA, A. L; KAMADA, I; SOUSA, J. B; VIANNA, A. L; OLIVEIRA, P. G. et al. Singularidades da convivência do cônjuge e seu parceiro estomizado. Estima–Brazilian Journal of Enterostomal Therapy, v. 14, n. 2, 2016.

SILVA, B. M. B. D. Cuidados de enfermagem ao paciente ostomizado: revisão de literatura. 2019.

SILVA, E. S; CASTRO, C. S; GARCIA, T. R; ROMERO, E. G; PRIMO, C. C. Tecnologia do cuidado a pessoa com colostomia: diagnósticos e intervenções de enfermagem. Revista Mineira de Enfermagem, v. 20, 2016.

SILVA, P. C; MOTA, M. S; OLIVEIRA, S. M. Instrumentos de avaliação de qualidade de vida de pessoas com estomias intestinais: Revisão Integrativa. Revista Enfermagem Atual In Derme, v. 90, n. 28, 2019.

SOUSA A. F. L; QUEIROZ, A. A. F. L. N; MOURÃO, L. F; OLIVEIRA, L. B; MARQUES, A. D. .B; NASCIMENTO, L.C. A sexualidade para a mulher estomizada: contribuição para a assistência da enfermagem. Revista de Pesquisa Cuidado é Fundamental Online, v. 5, n. 6, p. 74-81, 2013.

YILMAZ, E; CELEBI, D; KAYA, Y; BAYDUR, H. A Descriptive, Cross-sectional Study to Assess Quality of Life and Sexuality in Turkish Patients with a Colostomy. Ostomy/wound management, v. 63, n. 8, p. 22-29, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n12-020

Refbacks

  • There are currently no refbacks.