Entre a escola especial e a escola inclusiva: Produção de ambiente particular de aprendizagens na educação física / Between special school and inclusive school: Production of particular learning environment in physical education

Paulino Hykavei Junior, Evelline Cristhine Fontana, Khaled Omar Mohamad El Tassa, Gilmar de Carvalho Cruz

Abstract


O presente ensaio dialoga, a partir do componente curricular educação física, com a dialética lukacsiana. Realiza crítica rigorosa a resistências imobilizadoras persistentes em nossa realidade socioeducacional por intermédio da apropriação do complexo universal-particular-singular. A crítica rigorosa é ferramenta de interesse para a superação de contradições obstaculizadoras da produção de ambientes de aprendizagens que desemboquem em escolas inclusivas. De modo a reafirmar a centralidade de processos de ensino-aprendizagens nas discussões ensejadas em torno da ideia de escola, as noções de universalidade e singularidade permitem avançar em direção à produção do conceito condições particulares de aprendizagem como a condição caracterizadora de pessoas atendidas por ocasião de intervenções profissionais docentes, quer no âmbito de escolas especiais ou comuns, para além da ideia de necessidades educacionais especiais ou de deficiência. Conduzir intervenções profissionais docentes nas escolas especiais e nas instituições especializadas inspiradas na ideia de Programa Educacional Individualizado e de Desenho Universal para a Aprendizagem é pista disponível para nos aproximarmos da produção de escolas inclusivas. Escola inclusiva não é esse ou aquele lugar, mas, antes, diz respeito a um Ambiente Particular de Aprendizagens que se alimenta do complexo e dinâmico diálogo entre universal e singular, que nos compõem como seres sociais.

 


Keywords


Escola Inclusiva, Educação Física, Escola Especial, Ambiente Particular de Aprendizagens

References


AINSCOW, M. Developing inclusive education systems: what are the levers for change? Journal of Educational Change, v.6, p.109–124, 2005.

BACHELARD, G. A formação do espírito científico: contribuição a uma psicanálise do conhecimento. 3.ed. Rio de Janeiro: Contraponto, 2002.

BASHAM, J.D.; GARDNER, J.E.; SMITH, S.J. Measuring the implementation of UDL in classrooms and schools: initial field test results. Remedial and Special Education, v.41, n. 4, 231-243, 2020.

BRASIL. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília: Ministério da Educação, 2008.

________. Decreto No 10.502, de 30 de setembro de 2020. Institui a Política Nacional de Educação Especial: Equitativa, Inclusiva e com Aprendizado ao Longo da Vida. Brasília, 2020 (eficácia suspensa pelo Supremo Tribunal Federal em 20/12/2020).

CHOI, J.H.; MCCART, A.B.; SAILOR, W. Achievement of students with IEPs and associated relationships with an inclusive MTSS framework. The Journal of Special Education, v.54, n. 3, p.157-168, 2020.

COSIER, M.; PEARSON, H. Can we talk? The underdeveloped dialogue between teacher education and disability studies. SAGE Open, p.1-10, 2016.

COSIER, M.; WHITE, J.M.; WANG, Q. Examining the variability in general education placements for students with intellectual disability. International Journal of Whole Schooling, v.14, n.2, p.16-52, 2018.

FLANNERY, K.B.; HELLEMN, L.A. Building strategically aligned individualized education programs for transition. The Journal of Special Education, v.49, n.2, 67-76 , 2015.

GIROUX, H. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

GLAT, R. A Educação Especial no contexto da Educação Inclusiva: diretrizes políticas e ações pedagógicas. Relatório PROCIÊNCIA, Rio de Janeiro, 2011.

GLAT, R.; PLETSCH, M.D.; FONTES, R.S. Educação inclusiva & educação especial: propostas que se complementam no contexto da escola aberta à diversidade. Educação, Santa Maria, v.32, n.2, p.343-356, 2007.

GOMES, I. M.; ALMEIDA, F. Q.; BRACHT, V. O local da diferença: desafios à Educação Física escolar. Pensar a Prática, Goiânia, v.13, n.1, p. 1-15, jan./abr. 2010.

HUTZLER, Y; MEIER, S.; REUKER, S.; ZITOMER, M. Attitudes and self-efficacy of physical education teachers toward inclusion of children with disabilities: a narrative review of international literature. Physical Education and Sport Pedagogy, v.24, n.3, 2019.

KASSAR, M.C.M. REBELO, A.S.; OLIVEIRA, R.T.C. Embates e disputas na política nacional de educação especial brasileira. Educação e Pesquisa, v.45, e217170, 2019.

KLAVINA, A.; KUDLÁČEK, M. Physical education for students with special education needs in Europe: findings of the EUSAPA project. European Journal of Adapted Physical Activity, v.4, n.2, p.46-62, 2011.

LIEBERMAN, L.J.; HOUSTON-WILSON, C. Strategies for inclusion: a handbook for physical educators. Human Kinetics, 2002.

LUKÁCS, G. Para uma ontologia do ser social II. São Paulo: Boitempo, 2013.

________. Para uma ontologia do ser social I. São Paulo: Boitempo, 2012.

________. Prolegômenos para uma ontologia do ser social. São Paulo: Boitempo, 2010.

________. Introdução a uma estética marxista: sobre a categoria da particularidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1968.

MACHADO, J.P.; PAN, M.A.G.S. Do nada ao tudo: políticas públicas e a educação especial brasileira. Educação & Realidade, Porto Alegre, v.37, n.1, p.273-294, jan./abr. 2012.

MENDES, E.G. A política de educação inclusiva e o futuro das instituições especializadas no Brasil. Arquivos Analíticos de Política Educativa, v.27, n.22, p.1-27.

________. A radicalização do debate sobre inclusão escolar no Brasil. Revista Brasileira de Educação, v.11, n.33, p.387-405, set./dez. 2006.

OMOTE, S. A formação do professor de educação especial na perspectiva da inclusão. In: BARBOSA, R.L.L. (org.). Formação de educadores: desafios e perspectivas. São Paulo: Editora UNESP, 2003, p.153-169.

POCOCK, T.; MIYAHARA, M. Inclusion of students with disability in physical education: a qualitative meta-analysis. International Journal of Inclusive Education, v.22, n.7, p751-766, 2018.

QI, J.; HA, A.S. Inclusion in Physical Education: A review of literature. International Journal of Disability, Development and Education, v.59, n.3, 257–281, 2012.

REKAA, H.; HANISCH, H.; YTTERHUS, B. Inclusion in Physical Education: Teacher Attitudes and Student Experiences. A Systematic Review. International Journal of Disability, Development and Education, v.6, n.1, p.36-55, 2018.

ROCHA, L.R.M.; MENDES, E.G.; LACERDA, C.B.F. Políticas de Educação Especial em disputa: uma análise do Decreto No 10.502/2020. Práxis Educativa, v. 16, e2117585, p.1-18, 2021.

RODRIGUES, D. A Educação Física perante a Educação Inclusiva: reflexões conceptuais e metodológicas. Boletim da Sociedade Portuguesa de Educação Física, Lisboa, n. 24/25, p. 73-81, 2003.

SANDERSON, K.A.; GOLDMAN. S.E. Understanding the characteristics and predictors of student involvement in IEP meetings. The Journal of Special Education,p.1-11, 2021.

TAUB, D.A.; MCCORD, J.A.; RYNDAK, D.L. Opportunities to learn for students with extensive support needs: a context of research-supported practices for all in general education classes. The Journal of Special Education, v.51, n.3, p.127-137, 2017.

WEI, X.; WAGNER, M.; CHRISTIANO, E.R.A.; SHATTUCK, P.; YU, J.W. Special education services received by students with autism spectrum disorders from preschool through high school. The Journal of Special Education, v.48, n. 3, p.167-179, 2014.

WILHELMSEN, T.; SØRENSEN, M. Inclusion of Children With Disabilities in Physical Education: A Systematic Review of Literature From 2009 to 2015. Adapted Physical Activity Quarterly, v.34, n.3, p311-337, 2017.

WONG, C.; ODOM, S.L.; HUME, K.A.; COX, A.W.; FETTIG, A.; KUCHARCZYK, S.; BROCK, M.E.; PLAVNICK, J.B.; FLEURY, V.P.; SCHULTZ, T.R. Evidence-based practices for children, youth, and young adults with autism spectrum disorder: a comprehensive review. Journal Autism Development Disorder, v.45, p.1951-1966, 2015.

ZHANG, L.; JACKSON, H.A.; YANG, S.; BASHAM, J.D.; WILLIAMS, C.H.;

CARTER, R.A. Codesigning learning environments guided by the framework of Universal Design for Learning: a case study. Learning Environments Research, 2021.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n12-017

Refbacks

  • There are currently no refbacks.