Implantação do sistema Milk Run em uma empresa do polo de duas rodas em Manaus / Deployment of the Milk Run system in a two-wheel polo company in Manaus

Shelle Pontes Nogueira, Maílson Batista de Vilhena, Diego Cardoso Estumano

Abstract


O presente estudo procura demostrar a importância do gerenciamento logístico para que uma empresa possa reduzir custos e ganhar competividade em meio a um mercado que se mostra cada vez mais exigente e complexo. Nesse contexto este trabalho apresenta uma proposta de implantação do sistema Milk Run para otimização a rotas, coletando peças dos fornecedores e devolvendo as embalagens vazias (logística reversa) e consequentemente a redução de estoques. Foram explorados os conceitos de logística, Just in Time, Milk Run, Kanban e finalizando com o Planejamento e Controle de Produção (PCP), tanto para reforçar a importância do gerenciamento logístico como para mostrar as obras relacionadas ao estudo. O resultado mostra que a empresa em questão implantou o sistema Milk Run por concebê-lo como um processo efetivo para disciplinar o fornecedor e, com isso, obter maior controle da cadeia de abastecimento e excelência no atendimento aos clientes e organizando o seu processo de carga e descarga, na qual a empresa é composta somente de uma doca para realizar esta operação. O estudo evidenciou que após a substituição do sistema convencional pelo sistema Milk Run, a empresa conseguiu melhorar os índices de entrega considerando os quatros fornecedores com maior volume de cargas. O estudo foi ampliado criando rotas e horários de entrega que melhor atendessem os interesses da empresa e dos fornecedores. Foi possível constatar a redução significativa de veículos envolvidos no processo de entrega de peças e materiais, uma vez que se buscou a centralização das entregas com veículos pré-definidos, mantendo-se sempre os mesmos motoristas para as mesmas rotas e fornecedores com o objetivo de aumentar o comprometimento deste processo. O Milk Run evidenciou ser um sistema que necessita do envolvimento de todas da cadeia

Keywords


Logística, Milk Run, Just in Time, Kanban, Planejamento e Controle de Produção

References


BALLOU, R. H. Logística empresarial: transportes, administração de materiais e distribuição física. 1ed. São Paulo: Editora Atlas, 2009.

BURBRIDGE, John L. Planejamento e Controle de Produção. 2. Ed. São Paulo. Atlas, 1988.

CHASE, R. B.; JACOBS, F.R.; AQUILANO, N. J. Administração da produção para a vantagem competitiva. São Paulo: Brookman, 2008.

CHRISTOPHER, M. Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos. São Paulo: Pioneira Thomson, 2002.

CHOPRA, S; MEINDL, P. Gerenciamento da cadeia de suprimentos: estratégia, planejamento e operação. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

DOMINGOS, B. S. M,; RIBEIRO, R. B.; BARROS, J. G.M.D.; GONZAGA, M.; de OLIVEIRA JUNIOR. Análise comparativa do sistema de coletas programadas Milk Run em uma indústria de máquinas e equipamentos. In.: XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul. 2012.

FLEURY, P. F.; WANKE, P.; FIGUEIREDO, K. F. (org.). Logística empresarial: a perspectiva brasileira. São Paulo, Atlas, 2000. (Coleção COPPEAD de Administração).

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5.ed. São Paulo: Atlas, 2007.

GUARNIERI, P. Logística Reversa: em busca do equilíbrio econômico e ambiental. 1 ed. Recife: Clube de Autores, 2011.

MARTINS. R. A. Flexibilidade e integração no paradigma produtivo mundial: estudos de casos. 1993. 137f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo, São Carlos, 1993.

MOURA, R. A. Kanban: A Simplicidade do Controle da Produção. São Paulo, IMAM, 1992.

MOURA, D. A.; BOTTER, R. C. Caracterização do sistema de coleta programada de peças Milk Run. ERA-eletrônica. São Paulo, v. 1, n. 1, p. 1-14, jan/jun. 2002.

MOURA JÚNIOR, A. N. C. Novas tecnologias e sistemas de administração da produção: análise do grau de integração e informatização nas empresas catarinenses. 1996. 170f. Dissertação (Mestrado em Engenharia da Produção) – Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas), Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1996.

NOGUEIRA, A. de S. Logística Empresarial: uma visão local com pensamento globalizado. 1 ed. São Paulo: Atlas, 2012.

NOVAES, A. G. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição: estratégia, operação e avaliação. 2 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

PIRES, S. R. I. Gestão da cadeia de suprimentos: Conceito, estratégias práticas e casos. São Paulo: Atlas, 2004.

POIRIER, C. C.; STEPHEN E. Supply Chain Optimization: building the strongest total bussiness network. San Francisco: Berrett-Koehler Publishers, 1996.

PLOSSL. George. Production and Inventory Control: principles and techniques. 2. Ed. Englewood Cliffs: Prentice-Hall, 1985.

RINALDO C. M .M.; RIBEIRO, JULIANO R.; ROMARIA P. S.; ROSELY A. D. M.; JOSÉ G. M.B . A contribuição do sistema Milk Run para a melhoria do fluxo de materiais na cadeia de suprimentos. In.: XIII Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e IX Encontro Latino Americano de Pós-Graduação. Universidade do Vale do Paraíba.

ROHM, D. R.; da SILVA, E. C. C.; HERMOSILLA, J. L.G.; PIRATELLI, C.L. A utilização do Milk Run em um sistema de abastecimento: um estudo de caso. In: XXX Encontro Nacional de Engenharia de Produção. São Carlos, São Paulo, 2010.

ROSA, N. e LAJE JR. Avaliação e proposição do sistema Kanban implantado em uma empresa do segmento automotivo. Simpósio de engenharia de produção. 05 a 07 de novembro de 2012.

SHINGO, S. Sistema de produção com estoque zero: o sistema shingo com melhorias contínuas. Rio Grande do Sul: Bookman 1996.

ZACCARELLI, S. B. Programação e controle da produção. 5. ed. São Paulo: Pioneira, 1979. P 1.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n12-009

Refbacks

  • There are currently no refbacks.