Estudo da viabilidade do Tingimento de fios de Seda com corante natural Páprica / Study of the feasibility of dyeing silk yarns with natural Paprika dye

Eduarda Regina da Veiga, Henrique de Santana, Guimel Macedo da Silva, Lais Favorin Agostinho

Abstract


A Seda é uma fibra nobre, de alta resistência e obtida através de uma cadeia produtiva totalmente sustentável. Considerando as prerrogativas do mercado da moda, o tingimento desse material têxtil utiliza de corantes ácidos, que quebra o ciclo natural e apresenta grande impacto negativo à saúde humana e ao ambiente. O objetivo desta pesquisa é propor como alternativa o tingimento natural dos fios de seda com páprica picante. Foi verificado que esse corante pode ser promissor, pois atende o requisito de uma coloração viva alaranjada. O preparo da seda foi da mesma forma natural, utilizado como mordente o vinagre de álcool. Os fios de seda e de seda tingido com a páprica picante foram caracterizados por espectroscopia Raman, indicando uma razoável interação entre os materiais.

 

 


Keywords


Tingimento Natural, Seda, Páprica Picante, Raman.

References


PAIXÃO, F.; PEREIRA, M.; CACHAPUZ, A.Corantes, cor e luz: recursos didácticos para um projecto com orientação Ciência, Tecnologia e Sociedade, Aveiro: Departamento de Didáctica e Tecnologia Educativa, Universidade de Aveiro, 2007. Disponível em :https://repositorio.ipcb.pt/bitstream/10400.11/441/1/Binder2_Corantes.pdf

GUARATINI, C. C. I.; ZANONI, M. V. B., Corantes Têxteis, Departamento de Química Analítica - Instituto de Química - UNESP - 14800-900 - Araraquara – SP, 1999. Disponível em : http://www.scielo.br/pdf/qn/v23n1/2146.pdf

REQUENA ,J. P. CERON-CARRASCO, A.; BASTIDA, J.; ZUNIGA, B.; Phys. Chem. A 2008, 112, 4815–4825; Schuluz, H.; Baranska, M. Vib. Spectrosc. 2007, 43, 13–25.

E.P.G. Areas, Y Kawano, QUÍMICA NOVA, 14(1) (1991), 31-43; M.-E. Rousseau, T. Lefevre, L. Beaulieu, T. Asakura, M. Pezolet, Biomacromolecules 2004.

C. C. I. GUARATINI, M. V. B. Zanoni, QUÍMICA NOVA, 23(1) (2000).




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-141

Refbacks

  • There are currently no refbacks.