Bullyng na escola: Reflexão sobre a diversidade / Bullying at school: Reflecting on diversity

Elaine Gaíva Leal, Eva de Fatima da Silva, Glauciane Monteiro Ramos, Glauciele Monteiro de Souza Andrade, Maria Cristina Pinheiro da Silva, Niely Moreira do Nascimento, Rosemar Morais Catellan Garcia, Silvia Pinheiro da Silva

Abstract


Neste estudo ganha o destaque especial ao bullyng e a diversidade na escola, vive em uma sociedade extremamente individualista. O capitalismo submergir-se a transformação das pessoas em objetos e os valores em segundo plano, cada vez mais a violência se faz presentes nas escolas. A figura do outro ficou de lado para muitos, passar por cima de qualquer um para levar vantagem e atingir seus objetivos. Diante dos inúmeros acontecimentos violentos que se faz presente nas escolas, vem desencadeando repetidamente contra uma mesma vítima ao longo do tempo e dentro de um desequilíbrio de poder, conhecida como bullyng, é um dos temas que jamais poderá passar despercebidos a um profissional de educação, por tratar de um fenômeno social de grande relevância e por possuir características peculiares que pode ser identificadas. Embora seja fenômeno pouco conhecido, por razões de não assumiram tais as responsabilidades de tais atos, transformadores de grandestranstornosnavidafísico-psicológica doaluno. É de responsabilidade do educador, enecessidadetotal do conhecimento ebuscarestratégiasquevenhamamenizarofato. Bullying significausaropoderouforçaparaintimidar,agredir,humilhar,darapelidos. Empregadoparadelinearatosdeviolênciafísicaoupsicológicaquesãopraticados. Este artigo proporciona algumas ressalvas feito as quais poderão colaborar com os docentes preocupados com as pessoas perseguidas no ambiente escolar, vítimas que não fazem nada, pessoas diferentes, solitárias, com defeitos físicos ou desiguais a questão de gênero. Assim contribuir e concretizar uma consciência de igualdade de gênero principalmente nos espaços escolares. 


Keywords


Escola, Bullying, Aluno, Diversidade.

References


ASSUMPÇÃO, Junior Francisco / KUCZYNSKI, Eveliyn. Adolescência Normal e Patológica.: Distúrbios afetivos – tratamento. Editora Lemos Brasil 2002.

BRASIL ESCOLA. Bullying, um desafio às escolas do século XXI. Disponível em: . Acesso em: 21 nov. 2019.

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais. Pluralidade cultural e orientação sexual. Brasília: MEC/SEF, 1997.

CALHAU, Lélio Braga. Bullyng: o que você precisa saber: identificação, prevenção e repreensão. 2ª ed. – Niterói, RJ: Impetus, 2010.

CAMPELLO, Bernadete Santos. A Biblioteca escolar: temas para uma prática pedagógica. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

PEREIRA, Beatriz Oliveira. Recreios escolares e prevenção da violência: dos espaços às atividades. In: ENS, R. T.; VOSGUERAU, D. S. R.; BEHRENS, M. A (Org.). O trabalho do professor no espaço escolar. Curitiba: Champagnat, 2009.

SARMENTO, Daniel. A ponderação de interesses na Constituição Federal. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2000.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-107

Refbacks

  • There are currently no refbacks.