O problema do determinismo no materialismo histórico / The problem of determinism in historical materialism

Lutiero Cardoso Esswein

Abstract


Uma das grandes questões discutidas no interior da tradição marxista diz respeito à primazia explicativa das forças produtivas que Marx atribui ao processo histórico. Em razão dessa primazia, muitos autores marxistas compreendem que o materialismo histórico se configure como uma teoria determinista, assentada no desenvolvimento tecnológico. Será defendido nesse artigo que a função explicativa das forças produtivas no interior do materialismo histórico é a de estabelecer o conjunto das possibilidades históricas, de modo que outras variáveis, como a luta entre classes, também exercem um papel explicativo relevante e que, portanto, a concepção materialista da história não se constitui em uma teoria determinista.

 

 


Keywords


Relações de produção, forças produtivas, agência social, produtividade do trabalho, trabalho excedente.

References


ANDERSON, Perry. Passagens da Antiguidade ao feudalismo. Trad.: Beatriz Sidou. São Paulo: Editora Brasiliense, 1987.

COHEN, Gerald. Karl Marx´s Theory of History: a Defence. Princenton: Princenton University Press, 2000.

HOBSBAWN, Eric. “Introdução”. In. MARX, K. Formações Econômicas Pré-capitalistas. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1991.

LEVINE, Andrew. Arguing for Socialism: Theoretical Considerations. London: Routledge, 1984.

LEVINE, Andrew; SOBER, Elliot; WRIGHT, Erik Olin. Reconstruindo o Marxismo. Trad.: Pedrinho A. Guareshi. Petrópolis: Editora Vozes, 1993.

MARX, Karl. A Ideologia Alemã. Trad.: Rubens Enderle, Nélio Schneider e Luciano Cavini Martorano. São Paulo: Boitempo, 2007.

MARX, Karl. A Miséria da Filosofia. Trad.: José Paulo Netto. São Paulo: Global Editora, 1985.

MARX, Karl. Contribuição à Crítica da Economia Política. Trad.: Florestan Fernandes. 2 ed. São Paulo: Editora Expressão Popular, 2008.

MARX, Karl. Grundrisse. Trad.: Mario Duayer e Nélio Schneider. São Paulo: Boitempo, 2011.

MARX, Karl. Manifesto Comunista. Trad.: Álvaro Pina. São Paulo: Boitempo, 1998.

MARX, Karl. O 18 Brumário de Luís Bonaparte. Trad.: Nélio Schneider. São Paulo: Boitempo, 2009.

MARX, Karl. O Capital, volume I, tomo I. Trad.: Flávio R. Kothe e Regis Barbosa. São Paulo: Editora Nova Cultura, 1996.

MARX, Karl. O Capital, volume III, tomo I. Trad.: Flávio R. Kothe e Regis Barbosa. São Paulo: Editora Nova Cultura, 1986.

Kurz, Robert. Dinheiro sem valor: linhas gerais para uma transformação da crítica da economia política. Tradução de Lumir Nahodi. Lisboa: Antígona, 2014.

ROSDOLSKY, Roman. Gênese e estrutura de O Capital de Karl Marx. Trad.: César Benjamin. Rio de Janeiro: contraponto, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-076

Refbacks

  • There are currently no refbacks.