Qualidade microbiológica de queijo de coalho: Uma revisão integrativa / Microbiological quality of coalho cheese: An integrative review

Dayane de Melo Barros, Priscilla Gregorio de Oliveira, Danielle Feijó de Moura, Fábio Henrique Portella Corrêa de Oliveira, Andreza Roberta de França Leite, Ana Paula Ferreira da Silva, Diego Ricardo da Silva Leite, Tamiris Alves Rocha, Talismania da Silva Lira Barbosa, Silvio Assis de Oliveira Ferreira, Maurilia Palmeira da Costa, Marcelino Alberto Diniz, José Hélio Luna da Silva, Amanda Nayane da Silva Ribeiro, Roana Carolina Bezerra dos Santos, Dejane de Almeida Melo, Roseane Ferreira da Silva, Thiago da Silva Freitas, Marllyn Marques da Silva, Jéssica Gonzaga Pereira, Hélen Maria Lima da Silva

Abstract


O queijo de coalho é considerado um produto típico da região Nordeste do Brasil e sua representa uma atividade econômica de importante relevância para os agricultores de base familiar. Embora, seja de ampla popularidade e influencie significativamente a economia, este tipo de queijo tem sido associado a um produto com baixa qualidade microbiológica, pois seu processo de produção pode apresentar desde a utilização de matéria-prima em condições inadequadas até a ausência da realização das Boas Práticas de Fabricação (BPF). Por isso, o objetivo do estudo foi identificar evidências disponíveis na literatura sobre a qualidade microbiológica de queijo de coalho. Para tanto, foi realizada uma revisão integrativa de literatura com dimensão temporal entre 2016 e 2020, utilizando a base de dados Periódicos CAPES e os descritores: queijo de coalho, coalho, microbiologia, qualidade e contaminação. Após a localização e refinamento das publicações científicas, foram obtidos cinco artigos que versavam sobre a questão em estudo. Verificou-se através dos achados, que os queijos de coalho avaliados eram provenientes de feira-livre, fábricas e vendedores informais e todos os estudos indicaram a contaminação do derivado lácteo por microrganismos patogênicos. Logo, os queijos avaliados apresentavam-se em não conformidade com as exigências da legislação acerca do perfil microbiológico do referido laticínio, o que os tornam inaptos para o consumo.

 


Keywords


Boas Práticas de Fabricação, Contaminação, Laticínio, Microbiologia, Produção.

References


APOLINÁRIO, T. C. C. et al. Avaliação da qualidade microbiológica do queijo minas frescal produzido por laticínios do estado de Minas Gerais. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes, v. 69, n. 6, p.433-442, 2014.

BEZERRA, D. E. L. et al. Avaliação microbiológica de queijo de coalho comercializado na feira livre de Sousa-Paraíba. Divulgação Científica e Tecnológica do IFPB, n. 37, p. 85-91, 2017.

BRASIL. Instrução normativa n° 30, de 26 de Junho de 2001. Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Manteiga da Terra ou Manteiga de Garrafa; Queijo de Coalho e Queijo de Manteiga. Diário Oficial da União, Brasília, p. 13, 2001.

COSTA, K. K. N. et al. Avaliação da qualidade higiênico-sanitária e nutricional do queijo de coalho comercializado informalmente na cidade de Sousa/PB. Revista Principia: divulgação científica e tecnológica do IFPB, n. 40, p. 46-53, 2018.

FEITOSA, T. et al. Pesquisa de Salmonella sp., Listeria sp. e microrganismos indicadores higiênicos-sanitários em queijos produzidos no Estado do Rio Grande do Norte. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v.23, p.162-165, 2003.

FREITAS FILHO, J. R. et al. Avaliação da qualidade do queijo “coalho” artesanal fabricado em Jucati – PE. Extensio: Revista Eletrônica de Extensão, v.6, n.8, p.35-49, 2009.

LIMA, M. C. et al. Parâmetros intrínsecos e predição de crescimento bacteriano em queijo brasileiro minimamente curado (Coalho) durante armazenamento refrigerado. Journal of food protection, v. 81, n. 11, p. 1800-1809, 2018.

LIMA, C. P. Resistência de bactérias láticas a bacteriófagos isolados na produção de queijos de coalho no Ceará. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Fortaleza, 2010.

MARTINS, E.; MOURA, C. Manual técnico na arte e princípios da fabricação de queijos. 2. ed. Alto Piquiri: Campana, p. 14-16, 2010.

MENEZES, S. S. M. Queijo coalho: Tradição cultural e estratégia de reprodução social na região nordeste. Revista de Geografia (UFPE), v. 28, n.1, p. 40-56, 2011.

PERRY, K.S.P. Queijos: Aspectos químicos, bioquímicos e microbiológicos. Química Nova, v. 27, n. 2, p. 293-300, 2004.

PRATES, D. F. et al. Microbiological quality and safety assessment in the production of moderate and high humidity cheeses. Ciência Rural, v. 47, n. 11, 2017.

QUEIROZ, A.A.M. Caracterização molecular de bactérias ácido lácticas com potencial tecnológico para produção de queijo de coalho no Ceará. 2008. 54 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Alimentos) - Faculdade de Tecnologia de Alimentos, Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2008.

RUWER, C. M., MOURA, J. F., GONÇALVES, M. J. F. Surtos de doenças transmitidas por alimentos em Manaus, Amazonas (2005-2009): o problema do queijo coalho. Segurança alimentar e nutricional, v.18, n.2, p. 60-66, 2011.

SANTOS, N. C. et al. Perfil instrumental de textura e avaliação microbiológica de queijo coalho comercializado em feira livre. Research, Society and Development, v. 9, n. 5, 2020.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. Queijos Nacionais. Estudo de mercado SEBRAE/ESPM. Relatório completo, 2008

SILVA, E. O.; SILVA, F. S. Importância socioeconômica e cultural da produção de queijo artesanal para o desenvolvimento rural em Nossa Senhora da Glória – SE. 2016. 64f. Trabalho de Conclusão de Curso (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe, Nossa Senhora da Glória, 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-59

Refbacks

  • There are currently no refbacks.