Vivencias de pacientes idosos portadores de lesão por pressão no âmbito domiciliar / Experiences of elderly patients with pressure injuries at home

Allan Bruno Alves de Sousa Santos, Lina Eduarda Silva Costa, Tereza Cristina Santos Gomes de Araújo, Mikaelle Alves Silva, Thiemmy de Souza Almeida Guedes, Victória Maria Pontes Martins, Saulo Leite de Paula, Thalita Rayanne da Silva Silva, Máyra Geovanna Gonzaga Nascimento, Gabriella Pacheco Costa, Maria Eduarda de Barros Pardelhas, Luana Pereira Ibiapina Coêlho, Evellyn Maria Silva de Almeida, Leandro Barbosa Teixeira, Emanuel Roger dos Santos Reis

Abstract


A lesão por pressão (LP) é uma complicação de potencial cronicidade, que afeta a população a nível global. O referido estudo, teve como objetivo, abordar as vivencias no cotidiano de pessoas idosas que convivem com lesões por pressão no âmbito domiciliar. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, na qual foi realizado a captação de estudos nas respectivas plataformas virtuais que disponibilizam coleções selecionadas de periódicos científicos, foram estas: dados Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS); Base de Dados de Enfermagem (BDENF); e por meio da ferramenta de indexação de publicações médicas (PubMed); e o portal Scientific Electronic Library Online (SciELO), aplicado os critérios de inclusão e exclusão, onde foram incluídos como resultado final o quantitativo de 8 estudos. A vivencia de idosos portadores de lesões por pressão, é cheia de eventos estressores, e em sua maior porcentagem, não ocorre uma assistência de saúde efetiva na orientação ao cuidador familiar, o que dificulta e torna a qualidade de vida do idoso baixa. Entende-se, portanto, que há uma necessidade de estratégias de orientação e promoção de saúde mais efetivas no âmbito domiciliar. E frente a problemática do estudo, torna-se necessário à continua pesquisa acerca do tema, visto que é um assunto de fundamental importância para saúde pública e familiar.


Keywords


Idoso, Lesão por Pressão, Domicilio.

References


European Pressure Ulcer Advisory Panel, National Pressure Injury Advisory Panel and Pan Pacific Pressure Injury Alliance. Prevenção e tratamento de úlceras/lesões por pressão: guia de consulta rápida. (edição em português brasileiro). EmilyHaesler(Ed.). EPUAP/NPIAP/PPPIA: 2019.

Ghaisas S, Pyatak EA, Blanche E, Blanchard J, Clark F; Grupo de estudos PUPS II. Mudanças no estilo de vida e prevenção de úlcera de pressão em adultos com lesão da medula espinhal na intervenção de estilo de vida do estudo de prevenção de úlcera de pressão. Am J Occup Ther . 2015; 69 (1): 6901290020p1-6901290020p10. doi: 10.5014 / ajot.2015.012021

Lima PR, Damacena DEL, Neves VLS, Campos RBN, Silva FAAD, Bezerra SMG. Ocorrência de lesão por pressão em pacientes hospitalizados: uma revisão integrativa. Rev Uningá Review. 2017;32(1):53–67

LINHARES, Karla Andrezza Lira et al. Condições de higiene dos idosos acompanhados pelo Programa Melhor em Casa. Enfermagem em Foco, [S.l.], v. 11, n. 5, mar. 2021. ISSN 2357-707X. Disponível em:

. Acesso em: 07 set. 2021. doi:https://doi.org/10.21675/2357-707X.2020.v11.n5.3138.

Luz, S. R.; Lopacinski, A. C.; Fraga, R.; Urban, C. A. (2010). Úlceras de pressão. Geriatria & Gerontologia, 4(1), 36-43.

Machado DO, Mahmud SJ, Coelho RP, Cecconi CO, Jardim GS, Paskulin LMG, et al. Pressure injury healing in patients followed up by a home care service. Texto Contexto Enferm. 2018;27(2):1- 8.

MEIRELES, Viviani Camboin ; BALDISSERA, Vanessa Denardi Antoniassi. Qualidade da atenção aos idosos: risco de lesão por pressão como condição marcadora. Rev Rene, Fortaleza, v. 20, e40122, 2019.

MERCENAS, Sara Larissa Guimarães; MENEZES, Vitória de Jesus; GAMA, Tais Moraes; FERREIRA, Tainá Pinho Oliveira; FONTES, Ilva Santana Santos. Desafios da educação em saúde para cuidador domiciliar de idoso acamado com lesão por pressão: um relato de experiência. International Nursing Congress, [s. l], v. 5, n. 2, p. 1-4, 9 dez. 2017.

National Pressure Ulcer Advisory Panel. Pressure Ulcer Stages Revised. Washington, 2016; Disponível em: http://www.npuap.org/about-us/

Queiroz, Ana Carolina de Castro Mendonça et al. Pressure Ulcers In Palliative home Care Patients: Prevalence And Characteristics* * Extracted from the dissertation "Pressure ulcers in people with cancer in palliative home care", Nursing Post graduation Program, Universidade Federal de Goiás, 2013. . Revista da Escola de Enfermagem da USP [online]. 2014, v. 48, n. 02 [Accessed 7 September 2021] , pp. 264-271. Available from: . ISSN 1980-220X. https://doi.org/10.1590/S0080-6234201400002000010.

SOARES, Cassia Baldini; HOGA, Luiza Akiko Komura; PEDUZZI, Marina; SANGALETI, Carine; YONEKURA, Tatiana; SILVA, Deborah Rachel Audebert Delage. Revisão integrativa: conceitos e métodos utilizados na enfermagem. Rev Esc Enferm Usp, São Paulo, p. 335-345, 15 jan. 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/j/reeusp/a/3ZZqKB9pVhmMtCnsvVW5Zhc/?format=pdf〈=pt. Acesso em: 07 set. 2021.

Sampaio LRL, Carvalho TB, Sampaio BLL, Fernandes MNM, Oliveira CC. Prevenção de lesões por pressão: conhecimento e ações de cuidadores e pacientes domiciliares. J Health NPEPS. 2019; 4(2):331-344.

Santos MARC, Galvão MGA. A elaboração da pergunta adequada de pesquisa. Resid Pediatr. 2014;4(2):53-56

Sousa L, Sequeira C, Ferré-Grau C, Martins D, Neves P, Lleixà-Fortuño M. Necessidades dos cuidadores familiares de pessoas com demência a residir no domicílio: revisão integrativa. Rev Port Enferm Saúde Mental. 2017;(spe5):45-50.

Yap TL, Kennerly SM, Ly K. Pressure Injury Prevention: Outcomes and Challenges to Use of Resident Monitoring Technology in a Nursing Home. J Wound Ostomy Continence Nurs. 2019;46(3):207-213. doi:10.1097/WON.0000000000000523




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-019

Refbacks

  • There are currently no refbacks.