O processo de envelhecimento e o sentido da vida: O bem estar psicológico de idosos / the aging process and the meaning of life: The psychological well-being of the elderly

Rosane Nilse da Silva Moreira, Carlos Eduardo Oliveira Santana, Denise Sara da Silva Morais, Verônica Sara Pereira Lucas, Ingrid Vitória de Oliveira Rodrigues, Neyla Cristina de Oliveira Lima, Glerison de Sousa Queiroga, Ítalo Diêgo Alves

Abstract


O envelhecimento está estreitamente ligado ao contexto sociocultural em que se insere, de modo que esses aspectos influenciam diretamente o conceito, trabalhar o sentido da vida em pessoas que estão em fase de envelhecimento torna-se fundamental uma vez que os mesmos passam por mudanças que podem acarretar em consequências danosas. Desse modo, o objetivo geral do respectivo trabalho é analisar como a busca do sentido da vida influencia no processo de envelhecimento e contribui para o bem-estar psicológico dos idosos. O presente trabalho, é uma revisão bibliográfica, utilizando o método qualitativo onde aprofundará a respeito de uma discussão sobre o processo de envelhecimento e o sentido da vida, numa perspectiva logoterapêutica. Espera-se que estimulando os idosos a recuperar a completude da vida, dando significado para os eventos do cotidiano, tenham reconhecimento do seu sentido atrelado ao bem-estar psicológico. Antenar o sujeito acerca das possibilidades que pode estar desenvolvendo e alertar para a redescoberta do sentido de sua existência torna-se fundamental. Ao momento em que o idoso é ausentado da sua participação enquanto sujeito sociável, dar-se-á lugar a ausência de sentido na vida. Do contrário, a partir do momento em que passa a ser atribuído a significância ao sujeito, é possível ofertar uma promoção de sua saúde psicológica, conferindo-lhe inclusive um sentido a sua existência, de acordo com o significado que é atribuído às atividades que podem estar exercendo e vivendo, os idosos conseguem manter uma condição de vida de forma categórica e eficiente.


Keywords


Idosos, logoterapia, sentido, bem estar psicológico.

References


ANDRADE-BOCCATO, T. N. O sentido da vida na velhice: Uma análise histórico-cultural. Dissertação de Mestrado, Universidade Estadual de Maringá. Maringá, PR, 2016.

ANDRADE, C. J. Viktor Frankl: o sentido da Logoterapia e sua atualidade contextual. Psicólogo Informação. n. 21-22, jan. /dez. 2017-2018.

AQUINO, T. A. A. Correia, A. P. M. Marques, A. L. C., Souza, C. G., Assis Freitas, H. C., Araújo, I. F. Dias, P. dos S., & Araújo, W. F. Atitude religiosa e sentido da vida: um estudo correlacional. Psicologia: Ciência e Profissão, 2009.

AQUINO, T. A. A. et al. Logoterapia no contexto da Psicologia: Reflexões acerca da análise existencial de Viktor Frankl como uma modalidade de psicoterapia. Revista da Associação Brasileira de Logoterapia e Análise Existencial. v.4, n.1, p. 45-65, 2015.

BARROS, C. B. S. A Educação Inclusiva na Perspectiva da Logoterapia: Refletindo Possibilidades e Limites. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) – Universidade Estadual da Paraíba, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Campina Grande-PB, 2014.

Barros, J.P. , P., P. Paula, L. R. Jesus, G. P. Colaço, V. F. R. Ximenes, V. M. O conceito de “sentido” em Vygotsky: considerações epistemológicas e suas implicações para a investigação psicológica. Psicologia & Sociedade, 21(2), p. 179. 2009.

BENEDETTI, Tânia et al. Atividade física e estado de saúde mental de idosos. Rev. Saúde Pública, São Paulo. v. 42, n. 2, p. 302-307. Abril, 2008.

DAMÁSIO, B.F; SILVA, J.P; MELO, S.A E AQUINO T.A.A. A saúde dos professores por uma expectativa existencial. Logoterapia e Educação: fundamentos e prática. São Paulo: Paulus, 2010.

FACCI, M. G. D., REIS, C. W. A velhice sob o enfoque da Psicologia Histórico-Cultural. Em Martins, L. M. ; Abrantes, A. A.; Facci, M. G. D. Periodização Histórico-Cultural do Desenvolvimento Psíquico: Do Nascimento à Velhice (1.ed). Campinas, 2016.

FRANKL, V. E. A presença ignorada de Deus. (2ª ed.). São Leopoldo, RS: Sinodal; Petrópolis, RJ: Vozes, 1992.

FRANKL, V. E. Psicoterapia e sentido de vida: Fundamentos da Logoterapia e análise existencial (3. ed.). São Paulo, SP: Quadrante, 1999.

FRANKL, V. E. Em busca de sentido: um psicólogo no campo de concentração. 18ª Ed. Petrópolis: Vozes, 2003.

FUSTER, E.G. Apoio social na intervenção comunitária. Paidós, 1997.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002. p.3.

HEIDEGGER, Martin. Ser e Tempo. Tradução de Márcia de Sá Cavalcante. Petrópolis: Editora Vozes, 1988.

Leontiev, A. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Horizonte Universitário, 1978. p. 105

LEITE, Valéria Moura Moreira et al. Depressão e envelhecimento: estudo nos participantes do Programa Universidade Aberta à Terceira Idade. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, v. 6, p. 31-38, 2006.

MARCELINO, E. NÓBREGA, G. H. T., OLIVEIRA, P. C. S., COSTA, R. H. M., ARAÚJO, H. S. P., SILVA, T. G. L., OLIVEIRA, T. L., MEDEIROS, A. C. T Associação de fatores de risco nos transtornos mentais comuns em idosos: uma revisão integrativa. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 4, p. 22270-22283, apr. 2020.

MINAYO, Maria C.S., E COIMBRA JÚNIOR, Carlos E.A.,. Antropologia, saúde e envelhecimento [online]. Antropologia e Saúde, 209 p. Rio de Janeiro: Editora: Fiocruz, 2002.

MOREIRA, N; HOLANDA, A. Logoterapia e o sentido do sofrimento: convergências nas dimensões espiritual e religiosa. Psico-USF. v.15, n. 3, p. 345-356, set. /dez. 2010.

NERI, A.L. Paradigmas contemporâneos sobre o Desenvolvimento Humano em Psicologia e em Sociologia./ Desenvolvimento e Envelhecimento: Perspectivas biológicas, psicológicas e sociológicas. 4ª ed. Anita Liberalesso Neri (org.). Campinas – SP, 2008.

OLIVEIRA, E. K. de Santana e SILVA, J. Pereira. Sentido de vida e envelhecimento: relação entre os pilares da logoterapia e bem estar psicológico. Logos & Existência - Revista da Associação Brasileira de Logoterapia e Análise Existencial, 2013.

PRADO, Shirley. O curso da vida, o envelhecimento humano e o futuro. Portal do Envelhecimento. Textos Envelhecimento v.4 n.8 Rio de janeiro, 2002.

RABELO, D.F.; NERI, A.L. Recursos psicológicos e ajustamento pessoal frente à incapacidade funcional na velhice. Psicologia em Estudo, 2005.

REKER, G.T. Significado pessoal, otimismo e escolha: preditores existenciais de depressão em idosos comunitários e institucionais. O gerontologista, 1997.

REKER, G.T. Perfil de atitude de vida manual - revisado. Ontario, Canada: Student Psychologists Press, 2001.

RODRÍGUEZ, M. (2007). Sentido de Vida e Saúde Mental. Disponível em: Acessado em 27 de abril de 2020.

SIMONI, J. M ; MARTONE, M. G; KERWIN, J.F. Espiritualidade e adaptação psicológica entre mulheres com HIV / AIDS: implicações para a pesquisa. Journal of Couseling Psychology, 2002.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-439

Refbacks

  • There are currently no refbacks.