Padronização da passagem de turno e otimização da comunicação na enfermagem: Um relato de experiência / Standardization of shift passage and optimization of communication in nursing: An experience report

Roberta Salles Orosco Nunes, Michael Wilian da Costa Cabanha, Joelson Henrique Martins de Oliveira, Susan dos Santos Araújo Ribeiro Valadare, Alex Sander Cardoso de Souza Vieira, Edivania Anacleto Pinheiro Simões

Abstract


A comunicação é reconhecida como ferramenta de valor inestimável na enfermagem, sendo ela uma tecnologia leve essencial no exercício profissional. Objetivo: Descrever a experiência do uso da ferramenta SBAR como intervenção para otimizar a passagem de plantão em um hospital de reabilitação no município de Campo Grande- MS. Percurso metodológico: Trata-se de um estudo descritivo que relata uma experiência de intervenção realizada no Hospital São Julião, localizado no município de Campo Grade-MS nos meses de abril a junho de 2021, tendo como plano de intervenção o uso da ferramenta SBAR para otimizar a passagem de plantão em dois dos setores do hospital. Resultados: Realizou-se encontros com os enfermeiros responsáveis pelos setores a fim de tornar realidade o uso da ferramenta como protagonista na passagem de plantão. Dessa forma, após uma análise situacional e confecção de um instrumento que se adequasse a realidade dos setores, foi possível o uso dele, bem como a elaboração de um protocolo de comunicação para o hospital em questão com o uso específico do SBAR, complementando o que já havia sobre o tema na instituição. Considerações finais: Com a elaboração desse relato foi possível observar o quão necessário se faz a padronização de processos dentro de uma unidade hospitalar, inserindo protocolos para as atividades, principalmente quando se trata de comunicação, haja vista que essa é uma ferramenta essencial e preventiva. 


Keywords


Comunicação, Segurança do paciente, Jornada de trabalho em turnos, Cuidados de enfermagem.

References


ALMEIDA, .A.V; COSTA, M.L.A.S. Passagem de plantão na equipe de enfermagem: ume estudo bibliográfico. Arquivos Médicos dos Hospitais e da Faculdade de Ciências de São Paulo, [Online], v.62, n.02, p.85-91, 2017. Disponível em: http://arquivosmedicos.fcmsantacasasp.edu.br/index.php/AMSCSP/article/viewFile/49/35. Acesso em: 14 jun. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Documento de referência para o Programa Nacional de Segurança do Paciente. Fundação Oswaldo Cruz; Agência Nacional de Vigilância Sanitária. – Brasília: Ministério da Saúde, 2014. 40 p. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/documento_referencia_programa_nacional_seguranca.pdf. Acesso em: 13 jun. 2021.

BURGER D.; JORDAN S.; KYRIACOS U. Validation of a modified early warning score-linked Situation-Background-Assessment-Recommendation communication tool: A mixed methods study. Journal of Clinical Nursing, [Internet], [S.I], 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28401657. Acesso em: 16 jun. 2021.

CORPOLATO, R.C. et al. Padronização da passagem de plantão em Unidade de Terapia Intensiva Geral Adulto. Revista Brasileira de Enfermagem, [Online], v.72 (Suppl 1), p.95-102, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/reben/a/QCKsJGH9HQ6JR43ftqTqHRc/?format=pdf〈=pt. Acesso em: 20 jun. 2021.

FELIPE, T. R. L.; SPIRI, W. C. Construção de um instrumento de passagem de plantão. Revista Enfermagem em Foco, [Online] v. 10, n. 6, p.6-82, 2019. Disponível em: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/2451/553. Acesso em: 20 jun. 2021.

GONZALEZ, B. et al. Passagem de plantão na equipe de enfermagem: relato de experiência. Salão do conhecimento UNIJUÍ, [Online], v.6, n.6, [S.I], 2020. Disponível em: https://www.publicacoeseventos.unijui.edu.br/index.php/salaoconhecimento/index. Acesso em: 16 jun. 2021.

HOLLY, C.; POLETICK, E. A systematic review on the transfer of information during nurse transistions in care. Journal of Clinical Nursing, [Online], v.23, n.17, p.238-2395, 2014. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/23786673/. Acesso em: 16 jun. 2021.

NASCIMENTO, J.S.G. et al. Passagem de plantão como ferramenta de gestão para segurança do paciente. Revista de Enfermagem UFSM, [Online], v.8, n.2, p.544-559, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/download/29412/pdf. Acesso em: 16 jun. 2021.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE (OMS). Communication during Patient Hand-overs. Patient Safety Solutions. Patient Saf Solution. [Internet], v.1, n.3, p.1-4, 2007. Disponível em: https://cdn.who.int/media/docs/default-source/integrated-health-services-(ihs)/psf/patient-safety-solutions/ps-solution3-communication-during-patient-handovers.pdf?sfvrsn=7a54c664_4&ua=1. Acesso em: 20 jun. 2021.

SILVA, A.T. et al. Assistência de enfermagem e o enfoque da segurança do paciente no cenário brasileiro. Saúde Debate, Rio de Janeiro, v.40, n.111, p.292-301, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/sdeb/a/cydBTwCPSdrtHLC4rmwJKvJ/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 16 jun. 2021.

SIMAN, A.G.; BRITO, M.J.M. Mudanças na prática de enfermagem para melhorar a segurança do paciente. Revista Gaúcha de Enfermagem, [Online], v.37, (esp): e68271, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rgenf/a/yNdd5xLtCkKd8kw4J37Z3vN/?format=pdf〈=pt. Acesso em: 25 mai, 2021.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-259

Refbacks

  • There are currently no refbacks.