Estudo bibliométrico da produção científica sobre o papel da preceptoria na contribuição do ecs para a formação do enfermeiro / Bibliometric study of scientific production on the Role of priesthood in the contribution of ecs to the training of nurses

Márcia Andreia Reis Silva, Lucy Vieira da Silva Lima, Andrea Marques Vanderlei Fregadolli

Abstract


O Estágio Curricular Supervisionado (ECS) representa um instrumento integrador entre as instituições de ensino e o campo de prática, além de ser um componente curricular relevante na aproximação dos estudantes com os diferentes cenários de assistência. Sua efetivação requer o envolvimento dos atores que também participam da prática, pois é nesse momento que o estudante exerce maior contato com a realidade e com o mundo do trabalho para exercer sua autonomia, possibilitando o desenvolvimento pessoal e profissional favorecendo a relação entre teoria e a prática. Mapear a produção científica existente sobre o papel da preceptoria na contribuição do ECS para formação do enfermeiro, considerando publicações no período de 2015 a 2020. Trata-se de um estudo bibliométrico. Foram utilizadas as bases de dados Scielo, BVS, Capes, Pubmed, Science Direct, Wiley Online Library e os descritores preceptorship AND students AND (“Clinical supervision” OR “Supervised internship” OR “Supervised Curricular Internship”) AND nursing AND nurses, resultando em 740 artigos, dos quais 44 foram selecionados para leitura completa do texto e 26 atenderam aos critérios de inclusão. Os artigos selecionados foram analisados conforme dados bibliométricos relativos ao ano de publicação, periódico, país de origem e idioma, base de dados pesquisadas, quantidade de autores que participaram do estudo, local de atuação dos autores e titulação acadêmica, delineamento e modelos de desenho da pesquisa, nível de evidência, número de palavras-chave e total de referências bibliográficas.  Os dados foram obtidos a partir do acesso a cada um dos artigos e, simultaneamente, organizados em um instrumento no formato de tabela, com os respectivos campos para a pesquisa. Foi possível observar que o ano em que mais ocorreram as publicações foi em 2018, sendo divulgados por 17 periódicos distintos. Houve predomínio de artigos publicados em periódico Qualis A1 e publicações internacionais de diversas nacionalidades, sendo da África do Sul, Lesoto, Irã, Dinamarca, Malawi, Áustrália, Arábia Saudita, Suécia, Beni, Inglaterra, Espanha, Cingapura, EUA e Finlândia. Em relação ao delineamento e o modelo de pesquisa predominantes, o estudo descritivo-exploratório e o modelo de pesquisa-ação tiveram maior ocorrência. A base de dados que selecionou o maior número de artigos foi Periódicos Capes (38,5%), seguido da base ScienceDirect com 27%, Pubmed e Wiley Online Library ambos com 19,2%, BVS e SciELO com 3,8%. O nível de evidência predominante foi o nível VI equivalendo a 70% dos artigos selecionados. A maioria dos artigos possuía cinco palavras-chave correspondendo a 31% e no tocante às referências bibliográficas verificou-se um total de 1032 referências, com 99,5% de referências internacionais. Essa produção científica demonstrou predominância de publicações internacionais, o que demonstra a relevância do tema nas publicações. Observou-se a escassez de publicações em território nacional nas bases de dados pesquisadas, o que indica a necessidade de se desenvolver pesquisas sobre o tema no Brasil.

 


Keywords


Preceptoria, Estudantes de Enfermagem, Estágio, Bibliometria.

References


ALNAJJAR, H. et al. Assessing the effectiveness of two internship clinical training programs: Impact on the perception of competency enhancement and student satisfaction. Saudi J Health Sci., v. 8, n. 2, p. 75-80, 2019.

BERNARDO, W. M. Importância da análise dos níveis de evidência publicados. Rev Assoc Med Bras., v. 57, n. 1, 2011.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação (CNE). Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Enfermagem. Brasília: CNE, 2001.

BROWNING, M.; PRONT, L. Supporting nursing student supervision: An assessment of an innovative approach to supervisor support. Nurse Educ Today, v. 35, n. 6, p. 740-745, jun. 2015.

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM (COFEN). Resolução COFEN/0441/2013. Brasilia: COFEN, 2013.

COURTNEY-PRATT, H.; FORD, K.; MARLOW, A. Evaluating, understanding and improving the quality of clinical placements for undergraduate nurses: A practice development approach. Nurse Educ Pract., v. 15, n. 6, p. 512-516, nov. 2015.

DEHGHANI, K.; NASIRIANI, K.; SALIMI, T. Requirements for nurse supervisor training: a qualitative content analysis. Iranian J Nursing Midwifery Res., v. 21, n. 1, p. 63-70, 2016.

DONOUGH, G.; VAN DER HEEVER, M. Undergraduate nursing students' experience of clinical supervision. Curationis, v. 41, n. 1, nov. 2018.

ESTEVES, L. S. F. et al. Clinical supervision and preceptorship/tutorship: contributions to the Supervised Curricular Internship in Nursing Education. Rev Bras Enferm., v. 72, n. 6, nov./dez. 2019.

ESTEVES, L. S. F. et al. O estágio curricular supervisionado na graduação em enfermagem: revisão integrativa. Rev. Bras. Enferm., Brasília, v. 71, supl. 4, p. 1740-1750, 2018.

FORDE-JOHNSTON, C. Developing and evaluating a foundation preceptorship programme for newly qualified nurses. Nurs Stand., v. 31, n. 42, p. 42-52, jun. 2017.

GALINDO NETO, N. M. Produção científica sobre parada cardiorrespiratória nos periódicos brasileiros de enfermagem: estudo bibliométrico. Rev. Baiana Enferm., v. 34, nov. 2020.

GALVAO, C. M. Níveis de evidência. Acta paul. enferm., São Paulo, v. 19, n. 2, jun. 2006.

GARCIA, D. C. F.; GATTAZ, C. C.; GATTAZ, N. C. A relevância do título, do resumo e de palavras-chave para a escrita de artigos científicos. Rev. adm. contemp., Curitiba, v. 23, n. 3, mai./jun. 2019.

GREALISH, L.; VAN DE MORTEL, T.; BROWN, C. et al. Redesigning clinical education for nursing students and newly qualified nurses: a quality improvement study. Nurse Educ Pract., v. 33, p. 84-89, set. 2018.

KAMPHINDA, S.; CHILEMBA, E. B. Clinical supervision and support: Perspectives of undergraduate nursing students on their clinical learning environment in Malawi, Curationis, v. 42, n. 1, mai. 2019.

KLEIN, D. P. et al. Análise bibliométrica sobre avaliação de serviços de saúde. Revista de Enfermagem UFPE, Recife, v. 9, n. 3, p. 7609-7614, mar. 2015.

LAPEÑA-MOÑUX, Y. R. et al. Nurses’ experiences working with nursing students in a hospital: a phenomenological enquiry. Rev. Latino-Am. Enfermagem, v. 24, 2016.

LETHALE, S. M.; MAKHADO, L.; KOEN, M. P. Factors influencing preceptorship in clinical learning for an undergraduate nursing programme in the North West Province of South Africa. Int. Journal of Africa Nursing Scien., v. 10, p. 19-25, 2019.

LOPES, A. L. M.; FRACOLI, L. A. Revisão sistemática de literatura e metassíntese qualitativa: considerações sobre sua aplicação na pesquisa em enfermagem. Texto & Contexto-Enfermagem, v. 14, n. 4, dez. 2008.

MACKAY, M. Empowering clinical supervisors to flourish though critical companionship. Nurse Educ Pract., v. 28, p. 212-217, jan. 2018.

MANNINEN, K. et al. Supervisors’ pedagogical role at a clinical education ward – an ethnographic study. BMC Nursing, v. 15, n. 55, 2015.

MARCHIORO, D. et al. Estágio curricular supervisionado: relato dos desafios encontrados pelos (as) estudantes. Arq. Cienc. Saude UNIPAR, Umuarama, v. 21, n. 2, p. 119-122, mai./ago. 2017.

MARRAN, NA. et al. As políticas educacionais e o estágio curricular supervisionado no curso de graduação em enfermagem. Trab. Educ. Saúde, Rio de Janeiro, v.13 n. 1, p. 89-108, jan./abr. 2015.

MESSIAS, C. M.; VALENTE, G. S. C.; ROSAS, A. M. M. T. F. Saúde mental do docente do ensino superior de enfermagem – práticas de intervenção: um estudo bibliométrico. Revista Enfermagem Atual In Derme, v. 87, n. 25, 8 abr. 2019.

NIELSEN, K. et al. The art of preceptorship. A qualitative study. Nurse Educ Pract., v. 26, p. 39-45, set. 2017.

OTTI, A.; PIRSON, M.; PIETTE, D.; COPPIETERS’T WALLANT, Y. Analyse d’interventions pour améliorer l’encadrement clinique des étudiants infirmiers au Bénin. Santé Publique, v. 29, n. 5, p. 731-739, 2017.

PRAMILA-SAVUKOSKI, S. et al. Mentors' self-assessed competence in mentoring nursing students in clinical practice: A systematic review of quantitative studies. J Clin Nurs., v. 29, n. 5-6, p. 684-705, mar. 2020.

PRONT, L.; GILLHAM, D.; SCHUWIRTH, L. W. Competencies to enable learning-focused clinical supervision: a thematic analysis of the literature. Med Educ., v. 50, n 4, p. 485-495, abr. 2016.

RAMOS, T. K. et al. Estágio curricular supervisionado e a formação do enfermeiro: atividades desenvolvidas. Rev. Enferm. UFSM, v. 8, n. 1, p. 59-71, 2018.

RAVELLI, A. P. X. et al. A produção do conhecimento em enfermagem e envelhecimento: estudo bibliométrico. Texto Contexto Enferm., Florianópolis, v. 8, n. 3, set. 2009.

RAMBOD, M.; SHARIF, F.; KHADEMIAN, Z. The Impact of Preceptorship Program on Self-efficacy and Learning Outcomes in Nursing Students. Iranian J Nursing Midwifery Res., v. 23, n. 6, p. 444-449, nov./dez. 2018.

REVELES, A. G.; TAKAHASHI, R. T. Educação em saúde ao ostomizado: um estudo bibliométrico. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo, v. 41, n. 2, p. 245-250, jun. 2007.

RUSSELL, K.; ALLIEX, S.; GLUYAS, H. The Influence of the Art of Clinical Supervision Program on Nurses' Knowledge and Attitude About Working With Students. J Nurses Prof Dev., v. 33, n. 6, p. 307-315, nov./dez. 2017.

RODRÍGUEZ-GARCÍA, M. et al. Experiential learning in practice: an ethnogrpahic study among nursing students and preceptors. Nurse Educ. Pract., v. 29, p. 41-47, mar. 2018.

SAMPAIO, R. F.; MANCINI, M. C. Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Rev. bras. fisioter., São Carlos, v. 11, n. 1, p. 83-89, jan./fev. 2007.

SILVA, F. Q.; SANTOS, E. B. A.; BRANDÃO, M. M.; VILS, L. Estudo Bibliométrico: Orientações Sobre sua Aplicação. Brazilian Journal of Marketing, v. 15, n. 2., abr./jun. 2016.

SOUZA, D. J. Estágio curricular supervisionado sob a óptica dos enfermeiros supervisores. Enferm Atenção Saúde, v. 6, n. 1, p. 39-51, jan./jun. 2017.

TAQUETTE, S. R.; MINAYO, M. C. Análise de estudos qualitativos conduzidos por médicos publicados em periódicos científicos brasileiros entre 2004 e 2013. Physis, Rio de Janeiro, v. 26, n. 2, p. 417-434, jun. 2016.

TURATO, E. R. Métodos qualitativos e quantitativos na área da saúde: definições, diferenças e seus objetos de pesquisa. Rev. Saúde Pública, v. 39, n. 3, jun. 2005.

TUOMIKOSKI, A. M.; RUOTSALAINEN, H.; MIKKONEN, K.; KÄÄRIÄINEN, M. Nurses' experiences of their competence at mentoring nursing students during clinical practice: a systematic review of qualitative studies. Nurse Educ Today, v. 85, p. 104-258, fev. 2020.

WARD, A. E.; MCCOMB, S. A. Formalising the precepting process: a concept analysis of preceptorship. J Clin Nurs., v. 27, n. 5-6, 2018.

WILLIAMSON, G. R. et al. Collaborative learning in practice: A systematic review and narrative synthesis of the research evidence in nurse education. Nurse Educ Pract., v. 43, jan. 2020.

WU, X. V. et al. Clinical nurse leaders' and academics' perspectives in clinical assessment of final-year nursing students: a qualitative study. Nurs Health Sci., v. 19, n. 3, p. 287-293, set. 2017.

WU, X. V. et al. The perspectives of preceptors regarding clinical assessment for undergraduate nursing students. Int Nurs Rev., v. 63, n. 3, p. 473-481, set. 2016.

WOO, M. W. J.; NEWMAN, S. A. The experience of transition from nursing students to newly graduated registered nurses in Singapore. Int J Nurs Sci., v. 7, n. 1, p. 81-90, nov. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-215

Refbacks

  • There are currently no refbacks.