Resolução de conflitos entre o Domínio Pessoal e o Domínio dos Direitos Humanos por crianças e adolescentes / Children’s and teenager’s conflict resolution between Personal Domain and Human Rights Domain

Lívia Braga de Sá Costa, Cleonice Pereira dos Santos Camino, Saulo Bagatini Silva, Ana Beatriz Varela Gonçalves da Penha

Abstract


Os estudos no campo do desenvolvimento das cognições sociais têm mostrado a existência de domínios específicos que pautam as relações sociais estabelecidas pelos indivíduos. Esta pesquisa propõe, como objetivo geral, verificar as opiniões de crianças e adolescentes em situações de conflito entre o domínio pessoal ­– os direitos individuais – e o domínio dos direitos humanos – direitos coletivos. Os objetivos específicos são: verificar se existe diferenças nas opiniões dos participantes com o aumento da idade; e quais direitos os participantes consideram como o mais importante. A amostra constou de 60 crianças e adolescentes que estudavam em uma escola da rede privada da cidade de João Pessoa – PB, divididos igualmente segundo o sexo e a idade. Utilizou-se como instrumento um roteiro de entrevista semiestruturada que continha um questionário sócio-demográfico, seguido de duas historietas que suscitavam dilemas envolvendo ações relacionadas ao domínio pessoal versus ações relacionadas aos direitos humanos (Decisão do Prefeito e História de Artur). Os resultados encontrados foram interpretados através da Análise Semântica proposta por Bardin (1976). Com base nessas análises, verificou-se que quando os direitos coletivos foram confrontados com os direitos individuais, as crianças mostraram-se favoráveis aos direitos públicos, mas, com o avanço da idade, a prevalência encontra-se na defesa dos direitos individuais.


Keywords


Resolução de conflitos; direitos individuais; direitos coletivos.

References


Bardin, L. (1970): Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Bobbio, N. (1992). A Era dos Direitos. Rio de Janeiro: Campus.

Camino, C. P. S. & Luna, V. (2005). Convergências e divergências entre moral e direitos humanos. In G. Tosi. (Org.). Direitos humanos: história, teoria e prática. (pp.307-320). João Pessoa: Universitária.

Camino, C., Galvão, L., Rique, J. (2008). Da justiça ao direito. Psicologia em Revista, v. 14, n. 1, p. 171-188.

Doise. W. (2002). Direitos do Homem e Força das Idéias. Lisboa: Livros Horizonte.

Kohlberg, L. (1984). Essays on Moral Development. Volume II. São Francisco: Harper&Row.

Nucci, L. (2001). Education in the Moral Domain. Cambridge: Cambridge University Press.

Nucci, L. e Weber, E. (1995). Social Interactions in the Home and the Development of Young Children‟s Conceptions of the Personal. Child Development, n. 67, p. 1438-1452.

Nucci, L., Camino, C., & Sapiro, C. (1996). “Social Class Effects on Northeastern Brazilian Children‟s Conceptions of Areas of Personal Choice and Social Regulation”. Child Development, n. 67, p. 1223-1242.

Piaget, J. (1932). Le jugement moral chez l'enfant. Paris: Z. Alcan.

Piaget, J. (1965). Sociological Studies. (L. Smith, Ed., T. Brown, R. Campbell, N. Emler, M. Ferrari, R. Kitchener, W. Mays, L. Smith, Trans.). New York: Routledge.

Smetana, J. (1989). Adolescents' and Parents' Reasoning About Actual Family Conflict. Child Development, 60, 1052-1067. https://doi.org/10.2307/1130779

Smetana, J., & Asquith, P. (1994). Adolescents' and Parents' Conceptions of Parental Authority and Adolescent Autonomy. Child Development, 65, 1143-1158.

Turiel E. (1983): The Development of Social Knowledge. Cambridge: Cambridge University Press.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-214

Refbacks

  • There are currently no refbacks.