Infecção grave por citomegalovírus com pancolite em paciente com retocolite ulcerativa em uso de vedolizumabe: um relato de caso / Severe cytomegalovirus infection with pancolitis in a patient with ulcerative rectocolitis on vedolizumab: a case report

João Vitor Martins Guimarães, Thicianie Fauve Andrade Cavalcante

Abstract


Paciente sexo masculino, 63 anos, com diagnóstico de retocolite ulcerativa (RCU) grave há 30 anos em uso irregular de aminossalicilatos, corticoides e antibióticos. Após 8 semanas realizou a primeira dose de manutenção e evoluiu com quadro de dor abdominal, diarreia líquida. Realizado rastreio para infecções com PCR quantitativo para citomegalovírus (CMV).

O CMV pertence à família herpesvírus e sua associação com a doença inflamatória intestinal (DII) foi descrita há muitos anos. pode causar doença clinicamente significativa, cursando com diarreia, hematoquezia, tenesmo, dor abdominal frequentemente associado com febre, mal-estar, anorexia e perda de peso. Ainda hoje, não se sabe ao certo se a reativação do CMV exacerba a DII estabelecida ou se a reativação é uma consequência da atividade da DII e seu tratamento.

Pacientes com DII em tratamento com imunobiológicos apresentam risco aumentado para infecções por CMV.


Keywords


retocolite, citomegalovírus, vedolizumabe, colite ulcerosa, anti-tnf, doença inflamatória intestinal.

References


PERIN, Ramir Luan et al. Vedolizumab in the management of inflammatory bowel diseases: a Brazilian observational multicentric study. Arquivos de gastroenterologia, v. 56, n. 3, p. 312-317, 2019.

PFAU, Patrick et al. Cytomegalovirus colitis complicating ulcerative colitis in the steroid-naive patient. The American journal of gastroenterology, v. 96, n. 3, p. 895-899, 2001.

GARRIDO, Elena et al. Clinical significance of cytomegalovirus infection in patients with inflammatory bowel disease. World Journal of Gastroenterology: WJG, v. 19, n. 1, p. 17, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-201

Refbacks

  • There are currently no refbacks.