(Bio)ethics and primary health care: Dental surgeons' perspectives / (Bio)ética e atenção primária à saúde: Perspectivas dos cirurgiões dentistas

Renata Maria Colodette, Tiago Ricardo Moreira, Andréia Patrícia Gomes, Rodrigo Siqueira-Batista

Abstract


Objective: The aim of this study was to describe (1) the main (bio)ethical problems identified by dentists working in Primary Health Care (PHC) of the Viçosa-MG Health Microregion, (2) the conduct adopted by them in front of these questions and (3) the knowledge of these professionals about ethics and bioethics. Methods: This is a quantitative-qualitative study with questionnaire application to 48 dentists. A descriptive analysis of quantitative data and content analysis of Lawrence Bardin was performed. Results: Thirty-eight participants identified (bio)ethical problems, which were categorized into related problems: to PHC team members; management; to the team and users; and the breach of confidentiality. Of the total, 46% of the participants said that there was a solution to these questions and 79% answered that they did not know any concept of ethics and bioethics. Conclusion: The results of this study corroborate the need for permanent education directed to professionals, so that they recognize and deliberate on (bio)ethical problems.

 

 


Keywords


Bioethics, Odontologists, Primary Health Care.

Full Text:

PDF

References


JUNGES, J. R. Bioética da atenção primária à saúde. Revista AMRIGS. Porto Alegre, v. 55, n. 1, p. 88-90, 2011.

FORTES, P. A C.; ZOBOLI, E. L. C. P. Os princípios do Sistema Único de Saúde, SUS: potencializando a inclusão social na atenção saúde. O Mundo da Saúde. v. 29, n. 1, p. 20-25, 2005.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Diário Oficial da União. Brasília, DF, 22 set. 2017a. Seção 1, p. 68.

ZOBOLI, E. L. C. P.; FORTES, P. A. C. Bioética e atenção básica: um perfil dos problemas éticos vividos por enfermeiros e médicos do Programa Saúde da Família, São Paulo, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 20, n. 6, p. 1690-1699, 2004.

CAMPANY, L. N. S. O profissionalismo na formação superior em saúde: uma análise sobre a graduação em odontologia. 2016. 188f. Tese (Doutorado) – Fundação Osvaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, Rio de Janeiro, 2016.

CREUTZBERG, M.; et al. A construção do compromisso ético na formação dos acadêmicos do curso de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM. In: ABEN. Livro-Temas do 56° Congresso Brasileiro de Enfermagem 2004 Out 24-29 Gramado, Brasil. Brasília: ABEn; 2005.

SIQUEIRA-BATISTA, R. (Bio)ética para todos os seres: proêmio. In: CASTRO, J. C.; NIEMEYER-GUIMARÃES, M.; SIQUEIRA-BATISTA, R. Caminhos da Bioética - Volume III. 1ed.Teresópolis: Editora Unifeso, 2020, p. 257-276.

FREIRE, S. M.; TUNES U. R. A importância dos princípios da bioética na formação do Cirurgião Dentista contemporâneo. Revista Bahiana de Odontologia, Salvador, v. 8, n.1, p. 3-5, 2017.

REGO, S.; PALÁCIOS, M.; SIQUEIRA-BATISTA, R. Bioética para Profissionais de Saúde. 2ª reimp. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2020. 160p.

AMORIM, A. G.; SOUZA, E. C. F. Problemas éticos vivenciados por dentistas: dialogando com a bioética para ampliar o olhar sobre o cotidiano da prática profissional. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 15, n. 3, p. 869-878, 2010.

MALUF F.; AZAMBUJA, L. E. O. Bioética e Odontologia: Considerações sobre a relação profissional-paciente. Revista Odontológica de Araçatuba, v.36, n.2, p. 61-65, 2015.

SIQUEIRA-BATISTA, R. et al. (Bio)ética e Estratégia Saúde da Família: mapeando problemas. Saúde e Sociedade, São Paulo, v. 24, n. 1, p. 113-128, 2015.

BRASIL, Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Histórico de Cobertura por competência e unidade geográfica. 2017. Disponível em: https://egestorab.saude.gov.br/paginas/acessoPublico/relatorios/relHistoricoCobertura.xhtml. Acesso em 22 de dezembro de 2017.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2008.

SIMAS, K. B. F. et al. (Bio)ética e Atenção Primária à Saúde: estudo preliminar nas Clínicas da Família no município do Rio de Janeiro, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 21, n. 5, p. 1481-1490, 2016.

GONÇALVES E. R.; RAMOS, F. R. S.; GARRAFA, V. O olhar da Bioética de Intervenção no trabalho do cirurgião-dentista do Programa Saúde da Família (PSF). Revista Bioética v. 18, n. 1, p. 225-239, 2010.

JUNGES, J. R. et al. Hermenêutica dos problemas éticos percebidos por profissionais da atenção primária. Revista Bioética Brasília, v. 23, n. 1, p. 97-105, jan. 2012.

MATUMOTO, S.; MISHIMA, S. M.; PINTO, I. C. Saúde Coletiva: um desafio para a enfermagem. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 17, n. 1, p. 233-241, Fev. 2001 .

VALADAO, P. A.S.; LINS, L.; CARVALHO, F. M. Problemas bioéticos no cotidiano do trabalho de profissionais de Equipes de Saúde da Família. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 15, n. 3, p. 725-744, 2017.

RIBEIRO, C. D. M.; GOUVÊA, M. V.; CASOTTI, E. Problemas éticos e justiça social na Estratégia Saúde da Família. Revista Bioética, v. 25, n. 2, p. 348-357, 2017.

VIDAL, S. V.; MOTTA, L. C. S.; SIQUEIRA-BATISTA, R. Agentes comunitários de saúde: aspectos bioéticos e legais do trabalho vivo. Saúde e Sociedade, São Paulo, v. 24, n. 1, p. 129-140, 2015.

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA. Código de Ética Odontológica. Aprovado pela Resolução CFO-118/2012. Rio de Janeiro: CFO, 2012.

JUNGES, J. R. et al. Sigilo e privacidade das informações sobre usuário nas equipes de atenção básica à saúde: revisão. Revista Bioética, Brasília, v. 23, n. 1, p. 200-206, 2015a.

SACARDO, D. P. Expectativa de privacidade segundo pessoas hospitalizadas e não hospitalizadas: um estudo bioético [Dissertação de Mestrado]. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo; 2001.

BEAUCHAMP. T. L.; CHILDRESS, J. F. Princípios de Ética Biomédica. 4ª ed. São Paulo: Edições Loyola, 2002.

GODOI, A. M. C.; GARRAFA, V. Bioethics reading of the principle of non-discrimination and non-stigmatization. Saúde e Sociedade, São Paulo, v. 23, n. 1, p. 157-166, 2014.

NAIDOO, S. Ethical considerations in community oral health. Journal of Dental Education, Washington, v. 79. supl 5, p. 38-44, 2015.

MALUF F.; SANTOS DE MELO, N.; GARRFA, V. La bioética en la relación profesional paciente en odontologia. Acta Odontológica Venezolana, Caracas, v. 42, n. 2, 2014.

COLODETTE, R. M.; MOREIRA, T. R.; GOMES, A. P.; SIQUEIRA-BATISTA, R. Bioética, odontologia e atenção primária à saúde: o sigilo em questão. Revista Brasileira de Medicina de Familia e Comunidade, Rio de Janeiro, v. 15, p. 2036, 2020.

MOTTA, L. C. S. et al. Searching for ethos in Family Health Strategy: a bioethical investigation. Revista Bioética, Brasília, v. 23, n. 2, p. 360-372, 2015.

FORTUNA, C. M et al. O trabalho de equipe no programa de saúde da família: reflexões a partir de conceitos do processo grupal e de grupos operativos. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 13, n. 2, p. 262-268, 2005.

MOTTA, L. C. S et al. Toma de decisiones en (bio)ética clínica: enfoques contemporáneos. Revista Bioética, Brasília, v. 24, n. 2, p. 304-314, Aug. 2016.

SIQUEIRA-BATISTA, R. et al. Modelos de tomada de decisão em bioética clínica: apontamentos para a abordagem computacional. Revista Bioética, Brasília, v. 22, n. 3, p. 456-461, 2014 .

GRACIA D. Ethical case deliberation and decision making. Medicine, Health Care and Philosophy. v. 6, p. 227-233, 2003.

JUNGES, J. R.; BARBIANI, R.; ZOBOLI, E. L. C. P. Planejamento Estratégico como exigência ética para a equipe e a gestão local da Atenção Básica em Saúde. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 19, n. 53, p. 265-274, 2015.

LOCH-NECKEL, G. et al. Desafios para a ação interdisciplinar na atenção básica: implicações relativas à composição das equipes de saúde da família. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 14, supl. 1, p. 1463-1472, 2009.

VIDAL, S. V.; GOMES, A. P.; SIQUEIRA-BATISTA, R. Bioética e Estratégia Saúde da Família: a perspectiva dos Agentes Comunitários de Saúde. APS em Revista, Rio de Janeiro, v. 3, p. 39-47, 2021.

ABBAGNANO, N.; Dicionário de Filosofia. 5 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

GOLDIM, J. R. Ética, Moral e Direito. Disponível em: https://www.ufrgs.br/bioetica/eticmor.htm. Acesso em: 04 de abril de 2018a.

GOLDIM, J. R. Bioética e Interdisciplinaridade. Disponível em: https://www.ufrgs.br/bioetica/biosubj.htm. Acesso em: 04 de abril de 2018b.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-170

Refbacks

  • There are currently no refbacks.