O ensino remoto na pandemia Covid-19: reflexão sobre formação de professores de Geografia e uso de tecnologias na educação básica / Remote teaching in the Covid-19 pandemic: reflection on the training of geography teachers and the use of technologies in basic education

Jhonatas Isac Pereira Lima, Carlos Alberto de Vasconcelos, Luiz Claudio Correia dos Santos, Rodrigo da Silva Menezes

Abstract


Mediante o contexto pandêmico as tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) vêm sendo cada vez mais utilizadas na formação dos professores. Com essa premissa, o presente texto discute resultados de pesquisa bibliográfica e palestra proferida pela Prof.ª Drª. Lana de Souza Cavalcanti, atualmente docente titular da Universidade Federal de Goiás, e veiculada de forma online pelo Núcleo de Estudos da Paisagens Semiáridas Tropicais (Nepst) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Também na palestra da Prof.ª Ms. ª Valéria Soares de Lima, docente efetiva da Universidade Estadual de Goiás (UEG), no ensino a distância e presencial. Tema intitulado “Ensino remoto: desafios e possibilidades de ensinar e aprender”, proferida em 5 de maio de 2021, evento realizado pelo curso de Cinema e Audiovisual da UEG. Tem fundamentação teórica principalmente nos seguintes autores: Cavalcante (2011), Cavalcanti (2020), Freire (1996, 2006), Lima (2021) e Vasconcelos (2020). A pesquisa tem como objetivo deste artigo apresentar reflexões sobre a formação de professores de Geografia para uso de TIC em sala, com ênfase em discussões sobre os desafios da educação contemporânea, em especial no contexto da pandemia Covid-19. Percebe-se que as TIC vêm possibilitando novas formas de ensinar e aprender no ensino remoto, além disso, nota-se que milhões de brasileiros não tem acesso a recursos básicos para realizar essa modalidade de ensino, enfatizando as desigualdades socioeconômicas brasileiras. É mister realizar algumas reformas estruturais na formação dos professores, ademais uma reflexão crítica na perspectiva de entender como as tecnologias vêm sendo inseridas nas instituições de ensino.


Keywords


Educação, Pandemia, Tecnologias de Informação e Comunicação.

References


ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de filosofia. 5. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

APARICI, Roberto. Educación para la comunicación en tiempos de neoliberalismo. In: APARICI, Roberto (org.). Comunicación Educativa en la Sociedad de la Información. Madrid: UNED, 2006. p. 403-413.

BACCON Ana Lúcia Pereira; ARRUDA, Sérgio de Mello. A Formação do Professor no Século XXI: Algumas Reflexões Filosóficas. Multifoco, v. 1, p. 21-41, 2012.

BAUMAN, Zygmunt. Vida líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

BEHAR, Patricia Alejandra. O ensino remoto emergencial e a educação a distância. Portal da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS), 6 jul. 2020. Disponível em: https://www.ufrgs.br/coronavirus/base/artigo-o-ensino-remoto-emergencial-e-a-educacao-a-distancia/. Acesso em: 29 ago. 2020.

BOTÊLHO, Lucas Antônio Viana; SANTOS, Francisco Kennedy. Por um diálogo sobre o papel e o uso das TICs na Formação dos Professores de Geografia: fios soltos e possibilidades de uni-los. Revista de Geografia, Recife, v. 35, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistageografia/article/view/234831. Acesso em: 8 de dez de 2020.

BRITO, Clean Soares. Tecnologias da Informação e Comunicação no Ensino de Geografia no Contexto da Educação do Campo. Revista de Ensino de Geografia, Uberlândia, v. 7, n. 13, p. 103-116. 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular (BNCC): Educação é a Base. Brasília: Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=79601-anexo-texto-bncc-reexportado-pdf-2&category_slug=dezembro-2017-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 15 maio. 2021.

BRASIL (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal. Disponível: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm Acesso em: 19 maio. 2021.

BRASIL (1996). Lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, ano 175, 20 dez. 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 20 maio 2021.

BRASIL (1998). Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Ministério da Educação Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF. 175 p.

BRASIL (2020). Ministério da Educação. Portaria nº 544, de 16 de junho de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, enquanto durar a situação de pandemia do novo coronavírus - Covid-19 e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 17 jun. 2020.

CASTELLAR, S. M. V. Educação geográfica: formação e didática. MORAIS, EMB; MORAES, LB Formação de professores: conteúdos e metodologias no ensino de Geografia. Goiânia: Nepeg, 2010.

CASTELEINS, Vera Lucia. Novas tecnologias, novas competências. Revista Diálogo Educacional, v. 3, n. 5, p. 67-74, jan./abr., 2002. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/4741. Acesso em: 10 dez. 2020.

CAVALCANTE, Márcio Balbino. As geotecnologias no ensino da geografia no século XXI. Revista Saber Acadêmico, São Paulo, n. 12, p. 37-40, jun. 2011.

CAVALCANTI, Lana de Souza. Cavalcanti. Professor e Geografia: trabalho docente, formação e seus desafios. In: WEBINAR NEPST [online], 9., Núcleo de Estudos das Paisagens Semiáridas Tropicais (Nepst) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), 25 set. 2020. Disponível em: https://youtu.be/Xj2xbf0vSjs. Acesso em: 25 set 2020.

COMENIUS. Didática Magna. 4. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2011.

COSTA, Antonia Erica Rodrigues. NASCIMENTO, Antonio Wesley Rodrigues. Os Desafios do Ensino Remoto em Tempos de Pandemia no Brasil. CONEDU-Alagoas, 2020.

FELÍCIO, Helena Maria dos Santos; SILVA, Carlos Manuel Ribeiro. Currículo e Formação de Professores: uma visão integrada da construção do conhecimento profissional. Revista Diálogo Educacional, v. 17, n. 51, p. 147-166, 2017. Disponível: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/2818. Acesso em: 15 set. 2020.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: Saberes Necessários à Prática Educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? São Paulo: Paz e Terra, 2006.

KENSKI, Vani Moreira. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. 2. ed. Campinas: Papirus, 2007.

LIMA, Valéria Soares. Ensino remoto: desafios e possibilidades de ensinar e aprender. In: Palestra realizada pelo curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual de Goiás, 05 de maio de 2021. Disponível: https://www.youtube.com/watch?v=yFIZ1sTU7EI&t=3s. Acesso em: 5 maio. 2021.

MORAES, S. A. de; TERUYA, T. K. Paulo Freire e formação do professor na sociedade Tecnológica. In: SIMPÓSIO ACADÊMICO UNIOESTE, 2007. Disponível em: https://nt5.net.br/publicacoes/paulo_freire.pdf. Acesso em: 10 nov. 2020.

MOREIRA, J. António; HENRIQUES, Susana; BARROS, Daniela Melaré Vieira. Transitando de um ensino remoto emergencial para uma educação digital em rede, em tempos de pandemia. Dialogia, p. 351-364, 2020.

MOREIRA, J. A., & MONTEIRO, A. Training and Collaborative Tools for Teaching in the Social Web, Revista Diálogo Educacional, v.15, n. 45, p. 379-397, 2015.

NASCIMENTO, Emerson dos Santos; VASCONCELOS, Carlos Alberto. Ensinar em Tempos de Pandemia: (In)Formações de Professores com Tecnologias. In: SILVA, Gabriel Calefe Pereira da; JORGE, Welington Junior (org). Tecnologias Educacionais: Uma Abordagem Contemporânea. Maringá: Uniedusul. 2020. p. 175-190. Disponível em: https://www.uniedusul.com.br/publicacao/tecnologias-educacionais-uma-abordagem-contemporanea/. Acesso em: 15 nov. 2020.

OLIVEIRA, Eva Aparecida. A técnica, a techné e a tecnologia. Itinerarius reflectionis, v. 4, n. 2, 2008.

IBGE (Instituto Nacional de Geografia e Estatística). PNAD Contínua TIC 2019: internet chega a 82,7% dos domicílios do país. Agência IBGE Notícias. 14 de abril de 2021. Disponível: < https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/27515-pnad-continua-tic-2018-internet-chega-a-79-1-dos-domicilios-do-pais>. Acesso: 10 de maio de 2021.

SILVA, Jorge Luiz Barcellos da. O que está acontecendo com o ensino de Geografia? Primeiras impressões. In: PONTUSCHKA, Nídia Nacib; OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. (Orgs.). Geografia em Perspectiva. São Paulo: Contexto, 2002. p. 313-322.

SILVA, Maria José Souza; NASCIMENTO, Luciene Fabrizia Alves; FELIX, Pedro Wallas Soares de Araújo. Ensino Remoto e Educação Geográfica em Tempos de Pandemia. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (CONEDU) [online], 7., Maceió. 2020. Anais [...], Maceió: Realize Eventos, 2020. Disponível em: https://editorarealize.com.br/artigo/visualizar/68526. Acesso em: 18 set. 2020.

VASCONCELOS, Carlos Alberto. Formação de professores e Tecnologia da Informação e Comunicação. In: ENCONTRO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS SERGIPANA (AMOSTRE-SE) [online]. Instituto Paramitas, 2020. Disponível em: https://youtu.be/yFm2N7pSJvU. Acesso em: 16 set. 2020.

VASCONCELOS, Carlos Alberto. Interfaces interativas na educação a distância: estudo sobre cursos de geografia. Recife: Editora UFPE, 2017.

VASCONCELOS, Carlos Alberto. MENEZES, Rodrigo Silva. Ensino remoto e utilização de Tecnologias da Informação e Comunicação no contexto da Covid 19. In: AGUILERA, Jorge Gonzáles. Oliveira, Bruno Rodrigues. Oliveira, Lucas Rodrigues. PEÑA, Aris Verdecia. ZUFFO, Alan Mario. (Orgs.). Ciência em Foco. Nova Xavantina, MT: Pantanal, 2020. P. 111-124.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-164

Refbacks

  • There are currently no refbacks.