O importante papel da escola no processo de aprendizagem e desenvolvimento das habilidades cognitivas, motoras e sociais em pessoas com Síndrome de Sotos com foco em suas capacidades adaptativas, funcionalidades e suportes / The important role of the school in the process of learning and developing cognitive, motor and social skills in people with Sotos Syndrome, focusing on their adaptive abilities, features and supports

Vânia de Mattos Azevedo, Edicléa Mascarenhas Fernandes

Abstract


O presente artigo tem como objetivo refletir sobre o importante papel das escolas no processo de aprendizagem e desenvolvimento de habilidades cognitivas e sociais em pessoas com Síndrome de Sotos com foco em sua funcionalidade nas atividades práticas do dia a dia.  A necessidade de tratar deste tema surge a partir da prática profissional das autoras e do relacionamento destas com pessoas com a Síndrome em tela, bem como seus familiares. Pautada em um referencial bibliográfico, a pesquisa apresenta uma breve caracterização da Síndrome de Sotos como forma de esclarecer quanto às suas especificidades e potencialidades, revisita teóricos que tratam dos aspectos relacionados ao desenvolvimento do processo de aprendizagem dos indivíduos e que são balizadores do trabalho pedagógico como Piaget e Vigotski com seu importante conceito de mediação. Sendo a deficiência/impedimento intelectual uma das comorbidades que podem estar associadas à Síndrome de Sotos, serão abordados os paradigmas abordados pela AAIDD – American Association on Intellectual and Developmental Disabilities (Associação Americana de Deficiência Intelectual e Desenvolvimento) assim como, conceitos de suporte, capacidades adaptativas e funcionalidades.

 


Keywords


Processo de aprendizagem, Síndrome de Sotos, Deficiência Intelectual, Capacidades adaptativas, Funcionalidades.

References


AMERICAN ASSOCIATION ON INTELLECTUAL AND DEVELOPMENTAL DISABILITIES. Intellectual disability: definition, classification, and systems of supports. Washington, DC: AAIDD, 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da criança: acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil / Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2002.

COSTA, D. A.F.; Superando limites: a contribuição de Vygotsky para a educação especial. Rev. psicopedag., São Paulo , v. 23, n. 72, p. 232-240, 2006 . Disponível em http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862006000300007&lng=pt&nrm=iso. Acesso em 09 julho 2021

FERNANDES, E. M.; CORRÊA, M. Â. M. Processo Ensino-aprendizagem dos alunos com necessidades especiais: o aluno com Deficiência Mental. 1ª Edição. Rio de Janeiro: RJ. UNIRIO, 2008.

FERNANDES, E. M. Da deficiência à funcionalidade: novos paradigmas de avaliação e acompanhamento de pessoas com deficiência mental/intelectual. In: ALMEIDA, M. A.; MENDES, E. G. Das margens ao centro: perspectivas para as políticas e práticas educacionais no contexto da educação especial inclusiva. Editora Junqueira e Marin, 2010.

LA TAILLE, YVES DE, OLIVEIRA, MARTA K., DANTAS, HELOYSA. PIAGET, VIGOTSKI, WALLON Teoria Psicogenéticas em discussão. São Paulo. Summus, 2019- 29ª Edição. (Copyright 1992)

LAPUNZINA, P. Síndrome de Sotos. Protoc diagn ter pediatr. 2010;1:71-9. Instituto de Genética Médica y Molecular. Hospital Universitario La Paz, Madrid. Disponível: https://www.aeped.es/sites/default/files/documentos/sindrome_de_sotos.pdf-Acesso em julho 2020.

LEAL,D. Vigotski e as Borboletas de Zagosk. Disponível em http://www.revistaacademicaonline.com/products/colunista-daniela-lealtema-apresentado-educacao-psicologia/ acesso em 09/10/2020

PIAGET, J. A psicologia da inteligência. Trad. Egléa de Alencar. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1958.

SALDARRIAGA, W. MOLINA-BARRERA, L.C., RAMÍREZ-CHEYNE, J. Síndrome de Sotos diagnosticada por hibridização genômica comparativa- Revista Chilena de Pediatria, 2016. 87 (4) 288-292. DOI: 10.1016 / j.rchipe.2015.10.010 https://www.elsevier.es/es-revista-revista-chilena-pediatria-219-pdf-S037041061500265X. Acesso em 26 de julho 2021

SOTOS, J. F. et al. Cerebral Gigantism in Childhood. New England Journal of Medicine, v. 271, n. 3, p. 109-116, 1964.

TATTON-BROWN K, COLE TRP, RAHMAN N. Sotos Syndrome. 17 de dezembro de 2004 [atualizado em 1º de agosto de 2019]. In: Adam MP, Ardinger HH, Pagon RA, et al., Editores. GeneReviews® [Internet]. Seattle (WA): University of Washington.

VYGOTSKY, L.S.A Formação Social da Mente. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

VIGOTSKI, L. S. . Obras escogidas: fundamentos da defectologia. V. 5. Madrid: Visor, 1997.

VYGOTSKY, L.S. (1896-1934) - Pensamento e linguagem. Edição Eletrônica: Ed Ridendo Castigat Mores (www.jahr.org)

WHO -World Health Organization [homepage on the Internet]. The WHO child growth standards [cited 2007 Jun 8]. Available from: http://www.who.int/childgrowth/standards/en




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-156

Refbacks

  • There are currently no refbacks.