Ser profissional de saúde residente frente à pandemia de COVID-19: relatos da vivência multiprofissional / Being a resident health professional facing the COVID-19 pandemic: reports of the multidisciplinary experience

Mariana da Cunha Aires, Stêfany Kelly Alves Bibiano, Gabriela Rodrigues Ferreira, Bruno Pedrini de Almeida, Diego Vasconcelos Ramos, Jéssica Borges Cantos, Bianca dos Santos Blan, Chaiane Calonego, Letiane de Oliveira Rubira, Priscila Fontes Gularte, Felipe de Mello Grafulha, Fabiane Lopes dos Santos, Leandro Quadro Corrêa

Abstract


O objetivo deste estudo foi levantar questões emergentes entre os profissionais de saúde residentes de primeiro e segundo ano (R1 e R2) da Residência Integrada Multiprofissional Hospitalar com Ênfase na Atenção à Saúde Cardiometabólica do Adulto (RIMHAS) ingressantes na primeira e na segunda onda da pandemia de coronavírus. Trata-se de um relato de experiência em que também se utilizou o referencial teórico-metodológico de Jorge Larrosa pela perspectiva de pensar o par experiência/sentido e o percurso metodológico traçado a partir das questões “O profissional de saúde residente”; “Sobre anseios, dificuldades e incertezas”; “Pontos positivos? Experiência, aprendizado, maturidade profissional”; “Como será o amanhã?: prospectivo na pandemia de COVID-19”. A partir dos relatos e reflexões expostas pelos residentes multiprofissionais pode-se perceber que a pandemia de COVID-19 impactou suas vivências profissionais trazendo fragilidades no aprendizado teórico-prático, por outro lado trouxe a experiência e maturidade profissional de como atuar nos diferentes contextos e limitações.

 


Keywords


Residência multiprofissional, coronavírus, COVID-19, relato de experiência, saúde.

References


ALBUQUERQUE, U. et al. Pequeno manual para lidar com o mundo pós-pandemia da COVID-19.Recife, 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Saúde. Saúde concede bonificação de 20% sobre o valor da bolsa de residência. Ministério da Saúde, 2020. Disponível em https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/ministerio-da-saude-concede-bonificacao-de-20-sobre-o-valor-da-bolsa-de-residencia. Acesso em 12 de jun. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Departamento de Gestão da Educação na Saúde. Política Nacional de Educação Permanente em Saúde: o que se tem produzido para o seu fortalecimento? / Ministério da Saúde, Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Departamento de Gestão da Educação na Saúde – 1. ed. rev. – Brasília : Ministério da Saúde, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução CNRMS Nº 2. Dispõe sobre Diretrizes Gerais para os Programas de Residência Multiprofissional e em Profissional de Saúde. Diário Oficial da União, Brasilia, de 13 de abr. 2012. Disponível em http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15448-resol-cnrms-n2-13abril-2012&Itemid=30192. Acesso em: 10 de jun. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Ambulatório Pós-Covid-19 do HU-Furg será referência para o RS. Rio Grande, 2021. Disponível em https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios/regiao-sul/hu-furg/comunicacao/noticias/ambulatorio-pos-covid-19-do-hu-furg-sera-referencia-para-o-rs. Acesso em 26 jul. 2021

BRASIL. Ministério da Saúde. Política de educação e desenvolvimento para o SUS: caminhos para a educação permanente e pólos de educação permanente em saúde. Brasil, 2003. Disponível em: bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/educacao_permanente_tripartite.pdf. Acesso em 13 abr. 2021.

CECCIM, R. B. et al. EnSiQlopedia das residências em saúde. 2018. Recurso Eletrônico. Disponível em em: https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/179870/001069663.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em 14 de abr. 2021

CORVO, Rafael . L. Metapsicologia da esperança. Rev. bras. psicanál,32(2),p. 281-97, 1998.

DALTRO, M. R; DE FARIA, A. A. Relato de experiência: Uma narrativa científica na pós-modernidade. Estudos e pesquisas em psicologia, v. 19, n. 1, p. 223-237, 2019.

DUFAULT, K; MARTOCCHIO, B. C. Symposium on compassionate care and the dying experience. Hope: its spheres and dimensions. The Nursing Clinics of North America, v. 20, n. 2, p. 379-391, 1985.

FREIRE, R. M. et al. Profissional residente no enfrentamento da COVID-19: relato de experiência no contexto da enfermagem intensiva. Enfermagem Brasil, v. 19, 2020.

GOFFMAN, E. A representação do eu na vida cotidiana. Trad. Maria Célia Santos Raposo, Petrópolis: Vozes, 1996.

HECKERT, A. L. et al. Modos de formar e modos de intervir: quando a formação se faz potência de produção de coletivo. Trabalho em equipe sob o eixo da integralidade: valores, saberes e práticas, v. 1, p. 145-60, 2007.

LARROSA, J. O ensaio e a escrita acadêmica. Educação & Realidade, v. 28, n. 2, 2003.

LI, Z. et al. Vicarious traumatization: A psychological problem that cannot be ignored during the COVID-19 pandemic. Brain, behavior, and immunity, v. 87, p. 74, 2020.

LUCENA, J. F;SENA, J.B. Residência Integrada Multiprofissional em Saúde e a pandemia COVID-19: um relato de experiência. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 12, n. 9, p. e4964-e4964, 2020.

MAIA, O. J. K. et al. Residência Multiprofissional: Contribuições durante a Pandemia. Cadernos ESP-Revista Científica da Escola de Saúde Pública do Ceará, v. 14, n. 1, p. 128-132, 2020.

MORIN, E. Um festival de incertezas. Espiral-Revista do Instituto de Estudos da Complexidade, v. 4, p. 5-12, 2020. Disponível em http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/599773-um-festival-de-incerteza-artigo-de-edgar-morin. Acesso em 15 de abr. 2021

OLIVEIRA, S. M; ROCHA, L. P. Residência multiprofissional hospitalar com ênfase na atenção à saúde cardiometabólica do adulto. In.: Trajetórias de composição do Sistema Único de Saúde pelas residências multiprofissionais em saúde [recurso eletrônico] / Alan Goularte Knuth, Ceres Braga Arejano, Sibele da Rocha Martins, Organizadores. – Dados eletrônicos – Rio Grande, RS: Ed. da FURG, 2017.

OLIVEIRA, G. et al. Impacto da pandemia da covid-19 na formação de residentes em saúde. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 11, p. 90068-90083, 2020a.

OLIVEIRA, J.C; PIMENTEL, F. C. Epistemologias da gamificação na educação: teorias de aprendizagem em evidência. Revista da FAEEBA-Educação e Contemporaneidade, v.29,n.57,p.236-250. 2020b.

QUAMMEN, D. Contágio: informações de origem animal e a evolução das pandemias. 2ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2020.

REBOUÇAS, E.N. et al. Residência Multiprofissional: contribuições durante a pandemia. Cadernos Esp. Ceará. Ceará, v. 14, n. 1, p. 118-123, 2020.

RIBEIRO, E. G. et al. Saúde mental na perspectiva do enfrentamento à COVID-19: manejo das consequências relacionadas ao isolamento social. Revista Enfermagem e Saúde Coletiva-REVESC, v. 5, n. 1, p. 47-57, 2020.

RODRIGUES, T.F. Residências Multiprofissionais em Saúde: Formação ou Trabalho? Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v.15, n. 1,p.71-82 , jan./jun. 2016.

SANTOS, W. A. et al. O impacto da pandemia da COVID-19 na saúde mental dos profissionais de saúde: revisão integrativa. Research, Society and Development, v. 9, n. 8, p. e190985470-e190985470, 2020.

SILVA, C. A. da; DALBELLO-ARAUJO, M. Programa de Residência Multiprofissional em Saúde: o que mostram as publicações. Saúde em Debate, Rio de Janeiro,v. 43, p. 1240-1258, 2020.

THEODOSIO, B.A.L.et al. Barreiras e facilitadores do trabalho multiprofissional em saúde na Pandemia da COVID-19. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v.7, n.4, p. 33998-34016,2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE. Diretrizes Acadêmicas Gerais para o ensino de graduação durante o período emergencial. Rio Grande, 2020. Disponível em: https://conselhos.furg.br/deliberacoes/coepea/pleno/2020/deliberacao-023-2020. Acesso em 27 jul. 2021.

WERNECK, G. L; CARVALHO, M. S. A pandemia de COVID-19 no Brasil: Crônica de uma crise sanitária anunciada. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 36, n. 5, p. 1–4, 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-145

Refbacks

  • There are currently no refbacks.