Avaliação do desenvolvimento vegetativo de laranjeira (Citrus Sinesis (L.) Osb.) Em um sistema com e sem aléias / Evaluation of the vegetative development of orange (Citrus Sinesis (L.) Osb.) in a system with and without alleys

Lucas Souza da Silva, Josimar da Silva Chaves, Ronielly Barbosa Soares, Maria Lorrayne de Araújo Leal, Romildo Nicolau Alves, João Pedro Santos do Nascimento, Sandoval Menezes de Matos, Alfredo Fernandes de Brito Neto

Abstract


A produção de frutas no Brasil é considerada uma das atividades agrícolas que mais gera empregos.  A crescente busca por produtos cultivados de forma agroecológica, tem levado mudanças no manejo das culturas. O cultivo agroecológico tem sido uma solução ecologicamente viável para os agricultores que buscam uma produção sustentável. Em Roraima, a fruticultura tem um importante papel de fixação do pequeno produtor no campo, pois em sua grande maioria tem como base a mão-de-obra familiar. No entanto, as áreas de cultivo em Roraima têm sido manejadas de forma convencional, com o emprego de fertilizantes químicos de alta solubilidade e agroquímicos. Esse tipo de manejo tem apresentado alto custo econômico, ambiental e social. Sendo assim, a presente trabalho teve como objetivo avaliar a altura da planta, diâmetro abaixo e acima do porta-enxerto, diâmetro da copa e taxa fotossintética de plantas de laranja (Citrus sinesis (L.)  Osb.) (Colocar a Variedade - Acho que é a Valência) cultivadas em um sistema com e sem aléias. O experimento foi implantado em delineamento experimental de blocos ao acaso, com dois tratamentos: plantas em sistema com aléias e sem aléias) e dez repetições, sendo cada parcela composta por duas plantas. Foram realizadas duas avaliações fitométricas (agosto e outubro) e calculada as médias das variáveis.  Notou-se que, na área com aléias   as laranjeiras apresentaram melhor   desenvolvimento vegetativo, provavelmente, devido a capacidade que as leguminosas possuem de fixar o nitrogênio atmosférico, através do processo de FBN, e transferir para as plantas em consórcio. A menor relação C/N das leguminosas, que através das podas, tem favorecido a liberação de nutrientes, como N, P e K dentre outros, favorece o desenvolvimento vegetativo. Concluiu- se que o sistema com aléias pode ser uma alternativa de redução do uso de fertilizantes sintéticos nitrogenados.

 

 


Keywords


Fruticultura, Gliricídia sepium, FBN, Roraima.

References


ALCÂNTARA, F. A. de, et al. Adubação verde na recuperação da fertilidade de um latossolo vermelho-escuro degradado. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 35, n. 2, p. 277-288, out. 2000.

DAUDIN, D.; SIERRA, J. Spatial and temporal variation of below-ground N transfer from a leguminous tree to an associated grass in an agroforestry system. Agriculture Ecosystems and Environment, Amsterdam, v.126, p. 275–280, 2008.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis SYSTEM. Ciência Agrotecnologia - UFLA. v.35. n.6. p.1039 – 1042. 2014.

Formoso, Silvia Cupertino,. Recuperação de áreas degradadas através de sistemas agroflorestais: a experiência do projeto agrofloresta, sustento da vida / Silvia Cupertino Formoso. – Rio Claro : [s.n.], 2007 45 f.

HUMBERTO, R. F.; ANTÔNIO, C.B; LAFAYETTE, F.S. Adubação Verde com Gliricidia sepium como Fonte Permanente de Nitrogênio na Cultura do Coqueiro. Sara:EMBRAPA/ISSN 1678-1937, 2016. (EMBRAPA/CNPSA. Comunicado Técnico, 192).

J.A.A. Fixação biológica e transferência de nitrogênio por leguminosa em pomar orgânico de mangueira e gravioleira. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília. v. 44, p. 1598- 1607, 2009.

KARASAWA, T.; TAKEBE, M.; SATO, F.; KOMADA, M.; NAGAOKA, K.; TAKENAKA, M.; URASHIMA, Y.; NISHIMURA, S.; TAKAHASHI, S.; KATO, N. Trends of lettuce and carrot yields and soil enzyme activities during transition from conventional to organic farming in an Andosol. Soil Science and Plant Nutrition, v.61, p.295–311, 2015.

PALM, C.A.; SANCHES, P.A. Decomposition and nutrient release patterns of the leaves of three tropical legumes. Biotropica, Raleigh, v.22, n.4, p. 330-338,1990.

PAULINO et al. Desempenho da gliricídias no cultivo em aleias em pomar orgânico de mangueiras e gravioleira. Revista Arvore, 781- 789. (2011)

PAULINO, G.M.; ALVES, B.J.R.; BARROSO, D.G. URQUIAGA, S.; ESPINDOLA,

SANTOS, V.B.; ARAÚJO, A.S.F.; LEITE, L.F.C.; NUNES, L.A.P.L.; MELO, W.J. Soil microbial biomass and organic matter fractions during transition from conventional to organic farming systems. Geoderma, v.170, p.227–231, 2012.

SIMÃO, S. Manual de fruticultura. São Paulo, SP: Agronômica Ceres, 2014. 530p.

STENZEL, N. M.C.; VIEIRA, C. S. N.; GONZALEZ, M. G.; SCHOLZ, M. B. S. Desenvolvimento vegetativo, produção e qualidade dos frutos da laranjeira ‘Folha Murcha' sobre seis porta-enxertos no Norte do Paraná, Paraná, 2006; https://doi.org/10.1590/S0103-84782005000600009.

SILVA, L. S. D. et al. Fixação biológica e transferência de nitrogênio por Gliricídia sepium em pomar orgânico consorciado de laranja e banana. Brazilian Applied Science Review, Curitiba, v. 4, n. 5, p. 2916-2925, set./2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BASR/article/viewFile/17051/13865. Acesso em: 17 ago. 2021.

STEWART, J.L., ALLISON, G.E., SIMONS. A.J. Gliricidia sepium. Genetic resources for farmers. Oxford Forestry Institute, Department of Plant Sciences, University of Oxford, 1996140 p.

THOMAS. R.L.; TROFYMOW, J.A. A rapd accurate wet oxidation diffusion procedure for determining organic and inorganic carbon in plant and soil sample. In Comm. Soil Sci. Plant Anal. 15(5):587-597,1984.

VITTI, Godofredo César; CABRITA,J R M. Nutrição e adubação de citros. Boletim Citricola, Jaboticabal, n. 4, p. 1-31, 1998.

VON OSTERROHT, M. O que é uma adubação verde: princípios e ações. Agroecologia Hoje, Botucatu, n. 14, p. 9-11, maio/jun 2002.

VON OSTERROHT, M. Oque é uma adubação verde: princípios e ações. Agroecologia Hoje, Butucatu, n. 14, p. 9-11, maio/jun 2002.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-116

Refbacks

  • There are currently no refbacks.