Política de estoques: proposta em uma empresa do segmento metal-mecânica / Inventory policy: a proposal in a metal-mechanic company

Cicero Gomes Leo

Abstract


Devido aos frequentes atrasos na entrega dos equipamentos, alto estoque médio e para se tornar mais competitiva no mercado de bombas dispensadoras de com-bustível, foi proposta à Empresa XX, a implantação de um modelo de políticas de estoques visando melhorar substancialmente a gestão dos estoques, com isso ge-rando competitividade e ganhos potenciais, aumentando, assim, o fluxo de caixa da empresa. A elaboração deste trabalho pretende analisar através de levanta-mento de dados, os benefícios que a implantação do modelo de políticas de es-toques pode trazer para a empresa através da simulação das diferentes políticas existentes e o aumento de controle sobre os itens em estoque, evitando excessos e faltas dos itens, objetivando atender aos pedidos realizados dentro do prazo combinado, reduzir os custos de estoque. Embasado na literatura de autores, tais como: Garcia et al (2006), Wanke (2011), um dos principais objetivos de uma po-lítica de estoques é atender as necessidades efetivas de seus consumidores com mínimo custo e menor risco de falta possível. Neste, será realizado um estudo de caso onde serão levantados os dados de consumo histórico, coeficiente de varia-ção dos itens utilizados no processo produtivo e simular as políticas de estoque de ponto de pedido e mínimo e máximo para verificar qual delas melhor se adequa as necessidades da Empresa XX.


Keywords


Gestão de Estoques, Políticas de Estoques, Simulação.

References


BALLOU, R. H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos: Planejamento, Organização e Logística Empresarial. 4. Ed., Porto Alegre: Bookman, 2001.

BANKS, J.; CARSON, J.; NELSON, B.; NICOL, D. Discrete-Event System Simulation. Englewood Cliffs, NJ, USA: Prentice hall, 2000.

BARTEZZGHI, E.; VERGANTI, R.; ZOTTERI, G. Measuring the impact of asymmetric demand distributions on inventories. International Journal of Production Economics, v. 60-61, p. 395-404, 1999.

BOWERSOX, D. J.; CLOSS, D. J. Logística Empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimento. São Paulo: Atlas, 2001.

COELHO, Leandro C. Reduzir os estoques para melhorar os custos. In: Leandro C. Coelho. Logística Descomplicada. 02 nov. 2009. Disponível em: https://www.logisticadescomplicada.com/reduzir-os-estoques-para-melhorar-os-custos. Acesso em: 12 set. 2016.

COLTRO, Alex. A gestão da qualidade total e suas influências na competitividade empresarial. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v. 1, n. 2 jan/jul 1996, p. 36-43, 1996.

DAVIS, M.; AQUILANO, N. & CHASE, R. Fundamentos da Administração da Produção. Porto Alegre: Bookman, 2001.

ELSAYED, E.; BOUCHER, T. Analysis and Control of Production Systems. 2. ed., New Jersey: Prentice-Hall, 1994.

EVANS, J. R., OLSON, D. L. Introduction to Simulation and Risk Analysis. Upper Saddle River: Prentice-Hall, 1998.

GARCIA, E. S.; dos REIS, L. M. T. V.; MACHADO, L. R.; FERREIRA FILHO, V. J. M. Gestão de Estoques: otimizando a logística e a cadeia de suprimentos. Rio de Janeiro: E-Papers Serviços Editoriais, 2006.

JACOBS, F.R.; WHYBARK, D. C. A Comparison or Reorder Point and Material Requirements Planning Inventory Control Logic. Decision Sciences, v.23, n. 2, p. 332-342, 1992.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Técnica de pesquisa. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 1990.

MARTINS, G. de A.; DONAIRE, D. Princípios da estatística: 900 exercícios resolvidos e propostos. São Paulo: Atlas 2004.

PANG, W. K.; LEUNG, P. K.; HUANG, W. K.; LIU, W. On interval estimation of the coefficient of variation for the three-parameter Weibull, Lognormal and Gamma distribution: A simulation-based approach. European Journal of Operational Research, v. 164, n. 2, p. 367-377, 2004.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R.: Administração da Produção. Traduzido por Maria Teresa Corrêa, Fabio Alher; revisão técnica Henrique Luiz Corrêa. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 2002.

SOLON, Alexsandro Silva, FINOTTI, Marcillo Siqueira. Desenvolvimento e implantação do MRP: um estudo de caso. ENEGEP, São Paulo, ed. 39. p. 2, out. 2010.

TUBINO, D. F.: Manual de Planejamento e Controle da Produção. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 2000.

VIANNA, J. J. Administração de materiais: um enfoque prático. São Paulo: Atlas, 2002.

VOLLMANN, T. E.; BERRY, W. L.; WHYBARK, D. C.; JACOBS, F. R.: Sistemas de Planejamento e Controle da Produção para Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. Traduzido por Sandra de Oliveira. 5ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

WANKE, P. Gestão de estoques na cadeia de suprimento: decisões e modelos quantitativos. 4. ed., São Paulo: Atlas, 2011.

YEH, Q. J.; CHANG, T. P.; CHANG, H. C. An inventory control model with Gamma distribution. Microelectronics and Reliability, v. 37, n. 8, p. 1197-1201, 1997.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-106

Refbacks

  • There are currently no refbacks.