Gestão municipal de esporte e participação popular / Municipal sports management and popular participation

Marco Aurélio Gonçalves Nóbrega dos Santos, Márcio Pereira

Abstract


Foi a partir de 2001 que a sociedade teve como meio legal o direito de participar de forma efetiva nos rumos da gestão pública na qual determinou que a participação popular deve ser uma das diretrizes de gestão democrática. O objetivo desse estudo foi analisar a participação da população no estabelecimento de diretrizes, elaboração do planejamento e na avaliação na gestão de política de esporte municipal. Utilizamos a abordagem qualitativa, com entrevista semiestruturada e análise de conteúdo. Identificamos que não existe qualquer participação da população na gestão do esporte. Quando acontece é de forma tímida e voluntária, de maneira informal, com o envolvimento de poucos. É fundamental que haja a elaboração de um plano de ação nacional coerente, articulado e não simplesmente, pautado em ações pontuais e desconexas.

 


Keywords


Políticas Públicas, Conselho Municipal, Planejamento Participativo.

References


AMARAL, S. C. F. Avanços e contradições da participação popular na definição de políticas públicas de lazer em Porto Alegre. Movimento, Porto Alegre, v. 11, n. 3, p. 9-26, set./dez. 2005.

ARAÚJO, S. M. A. Conselhos estaduais de esportes e lazer no nordeste brasileiro: participação popular e controle social em questão. EduFMA, 2011.

ARAÚJO, S. M.; DOMINICI, K. R. L.; SOUSA, J. C. O Contexto legal dos conselhos de esporte e lazer no nordeste brasileiro. In: ARAÚJO, S. M. Conselhos estaduais de esportes e lazer no nordeste brasileiro: participação popular e controle social em questão. EduFMA, 2011.

AVRITZER L. Sociedade Civil, Instituições Participativas e Representação: Da Autorização à Legitimidade da Ação. Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v.50, n.3, p.443-464, 2007.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BASTOS, F. C. Gestão Democrática e Política Municipal de Esporte: o caso de Santana do Parnaíba. Tese de Doutorado. Faculdade de Educação – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

BASTOS, F. C.; MAZZEI, L. C. Gestão do Esporte no Brasil: desafios e perspectivas. In: MAZZEI, L. C. & BASTOS, F. C. (Org.). Gestão do Esporte no Brasil: desafios e perspectivas. Ícone, 2012, pp. 23-41.

BONALUME, C. R. Esporte e Lazer na Intersetorialidade das Políticas Públicas. 16. Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte - 3. Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2009. Anais... Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte, Salvador, 2009.

BRASIL. Ministério do Esporte. I Conferência Nacional do Esporte: esporte, lazer e desenvolvimento humano: documento final. Brasília, 2004.

BRASIL. II Conferência Nacional do Esporte – Documento Final. Construindo o Sistema Nacional de Esporte e Lazer. Brasília: Governo Federal, Ministério do Esporte, 2006.

BORGES, C. N. F.; AREIAS, K. T. V.; CABRAL, L. R.; TONINI, G. T. Políticas Públicas de Esporte e Lazer no Espírito Santo: Políticas de Governo X Políticas de Estado. In: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2009, Rio de Janeiro. XIV Congresso Brasileiro de Sociologia: Sociologia: Consensos e controvérsias. Rio de Janeiro: SBS/UFRJ, 2009. p. 191-211.

BORGES, C. N. F.; MARQUES, M. S. Públicas de Esporte e Lazer no Espírito Santo: perspectivas de intersetorialidade e participação da sociedade civil. Encontro Internacional Participação, Democracia e Políticas Públicas: aproximando agendas e agentes. Unesp Araraquara, São Paulo, 2013.

BORGES, C. N. F.; TINOCO, D. S.; PEREIRA, P. H. M.; SANTOS, M. I. Gestão social no setor de esporte e lazer: problematização de casos em governos ―ditos‖ populares. Cadernos Gestão Social, v.4, n.2, jul./ dez. 2013.

CASTELLANI FILHO, L. Gestão municipal e políticas de lazer. In: ISAYAMA, H. e LINHARES, M.A. (org.). Sobre lazer e política: maneiras de ver, maneiras de fazer. – Belo Horizonte: editora UFMG, 2006 (p.136- 164).

CASTELLANI FILHO, L. Educação Física no Brasil: a história que não se conta. 15.ed. Campinas: Papirus, 2008.

GOHN, M.G. O Papel dos Conselhos Gestores na Gestão Urbana. In: Repensando a experiência urbana na América Latina: questões, conceitos e valores ed. Buenos Aires: CLACSO, 2000.

IBGE (2006). Perfil dos municípios-esporte 2003: IBGE revela pela 1.ª vez a situação do esporte promovido pelos municípios. Rio de Janeiro: IBGE. disponível em

http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_impressao.php?id_noticia=5

IBGE (2017). Perfil dos municípios-esporte 2016. Rio de Janeiro: IBGE. disponível em

http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_impressao.php?id_noticia=5

LINHALES, M. A.; PEREIRA FILHO, J. R. Intervenção, conhecimento e mudança: a Educação Física, o esporte e o lazer nas políticas públicas. In: GOELLNER, S. V. Educação Física / Ciências do Esporte: intervenção e conhecimento. Campinas, SP: Autores Associados, 1999.

LUZ, A.P.R.G. Análise das políticas públicas de esporte e lazer no município de João Pessoa – PB. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Estadual da Paraíba, 2014.

MANHÃES, E. D. Políticas de esporte no Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e terra, 2002.

MARCELLINO, N. C. Estudo do lazer: uma introdução. Campinas: Editora Autores Associados, 1996.

MENEZES, V. G. Gestão de Políticas Desportivas Municipais: Análise da Região Metropolitana do Recife-PE, Brasil, no período de 2002-2008. Tese de Doutorado – Faculdade de Desporto, Universidade do Porto, Porto, 2009.

MEZZADRI, F. M. et. al. Políticas Públicas para o Esporte e Lazer nas Cidades do Estado do Paraná. In: MEZZADRI, F. M.; CAVICHIOLLI, F. R.; SOUZA, D. L. Esporte e Lazer: subsídios para o desenvolvimento e a gestão de políticas públicas. Jundiaí: Fontoura, 2006, p. 43-60.

MIGUEL, R. G.; STAREPRAVO, F. A. Análise das políticas públicas de esporte e lazer de Guarapuava – PR. In: 1º Encontro da ALESDE – Esporte na América Latina: atualidades e perspectivas. 2008

MINAYO, M. C. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 11.ed. São Paulo: Hucitec, 2008.

OLIVEIRA, P. C. Gestão participativa em projetos sociais de educação pelo esporte no Brasil: um estudo de caso no projeto Santo Amaro da escola superior de Educação Física da Universidade de Pernambuco com o Instituto Ayrton Senna. Tese de Doutorado. Faculdade do Desporto - Universidade do Porto. Porto, Portugal, 2012.

PAULA, A. P. P. de. Administração pública brasileira entre o gerencialismo e a gestão social. RAE - Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 45, n. 1, p. 36-49, jan./mar. 2005.

RIBEIRO, O. C. F.; AMARAL, S. C. F. A Intersetorialidade nas políticas públicas de lazer. XVII Conbrace, Porto Alegre, 2011.

RIBEIRO, O. C. F.; AMARAL, S. C. F. A Intersetorialidade nas políticas públicas de lazer. XVII Conbrace, Porto Alegre, 2011.

ROCHA et al. Ordenamento legal e políticas públicas de esporte e lazer: o abismo entre gestão citadina e participação popular. In: Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte, 15.; Congresso Internacional de Ciências do Esporte, 2., 2007, Recife. Anais... Recife: CBCE, 2007.

ROCHA, L. C. Políticas públicas de esporte e lazer na Bahia: um estudo analítico do território litoral Norte e Agreste Baiano. Tese de Doutorado – Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia – UFBA. Salvador, 2012.

RODRIGUES, R. P. O lazer nas políticas públicas participativas de Porto Alegre: estudo das gestões de 1994 a 2004. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Faculdade de Ciências da Saúde. Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba, 2011.

SILVA, D. A. M. et al. Gestão de Políticas Públicas de Esporte e Lazer: Princípios e Pressupostos Teóricos. Brasília: Ideal, 2011.

SILVA, D. S; SANTOS, M. I. ÁVILA, M. A. Intersetorialidade nas políticas públicas de esporte e lazer no município de Ilhéus-BA. Conexões, Campinas, v. 11, n. 3, p. 13-35, p.1335, jul./set. 2013.

STAREPRAVO, F. A. Políticas públicas para o esporte e lazer: conselhos municipais de esporte e lazer e outras formas de participação direta. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 15, 2007, Recife. Anais ... Recife: CBCE, 2007.

VICENTINI, M. Conselho Municipal de Esportes de Vitória: limites e possibilidades da participação popular na gestão pública. 2008. Dissertação (Mestrado) – Programa de PósGraduação em Educação, Administração e Comunicação da Universidade São Marcos, São Paulo, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-103

Refbacks

  • There are currently no refbacks.