Política em saúde pública: a restrição do aleitamento materno com mães portadoras do HIV / The restriction of breastfeeding with HIV-positive mothers

José Henrique Rodrigues Machado, Tainá Goulart, Patrícia Lemes Silva, Evandro Barros Ribeiro, Joaquim Domingos da Silva Neto

Abstract


Muitas mulheres soropositivas se tornam mães mesmo convivendo com o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), pois sabem que podem ter filhos que não apresentarão a doença. Para isso é necessário que a gestante portadora do vírus, tenha um acompanhamento adequado, onde será traçado medidas de prevenção, evitando assim a Transmissão Vertical (TV) da mãe para o filho, seja no momento do parto ou pela amamentação. O presente estudo foi realizado através de uma revisão bibliográfica por abordagem exploratória de artigos científicos todos específicos sobre o assunto abordado. A principal finalidade desta revisão é analisar as dificuldades de se evitar a contaminação vertical dentro das unidades de saúde e o papel dos profissionais de enfermagem, e suas responsabilidades ao lidar com essa situação. O pré-natal é de extrema importância, pois a partir dele pode ser realizado o diagnóstico de muitas doenças transmissíveis, possibilitando assim a oportunidade de se atuar na prevenção de uma futura contaminação ao feto. A enfermagem destaca-se com um papel indispensável para evitar a infecção vertical, conscientizando e informando sobre a importância do pré-natal e da restrição do aleitamento materno e exercendo o ato de cuidar com o máximo de humanização possível. A falta de informação e conhecimento dos profissionais de saúde acerca da TV do HIV é um ponto negativo que precisa ser trabalhado, aprimorando conhecimentos sobre o assunto, através de educação continuada, fortalecendo assim suas habilidades em lidar com as situações.


Keywords


Aleitamento Materno, Enfermeiro, HIV.

References


Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST e Aids. Recomendações para Profilaxia da Transmisão Vertical do HIV e Terapia Antirretroviral em Gestantes: manual de bolso/ Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Programa Nacional de DST e Aids. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/recomendacoes_profilaxia_transmis sao_vertical_hiv_5ed.pdf>. Acesso em: Maio de 2016.

CALDAS, M.A.G.; PORANGABA, S.C.F.; MELO, E.S.; GIR, E.; REIS, R.K.

Percepção da equipe de enfermagem sobre a gravidez no contexto da infecção pelo HIV. Revista Rene, 2015. Disponível em: http://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/viewFile/1834/pdf>

. Acesso em: Maio de 2016.

CARTAXO, C.M.B.; NASCIMENTO, C.A.D.; DINIZ, C.M.M.; BRASIL, D.R.P.A.;

SILVA, I.F. Gestantes portadoras de HIV/AIDS: aspectos psicológicos sobre a prevenção da transmissão vertical. Estudos de psicologia, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413- 294X2013000300002&script=sci_arttext>. Acesso em: Fevereiro de 2016.

GALVÃO, M.T.G.; CUNHA, G.H.; MACHADO M.M.T. Dilema e conflitos de ser mãe na vigência do HIV/AIDS. Revista Brasileira de Enfermagem, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v63n3/a04v63n3.pdf>. Acesso em: Fevereiro de 2016.

GALVÃO, M.T.G.; CUNHA, G.H.; LIMA, I.C.V. Mulheres que geram filhos expostos ao vírus da imunodeficiência humana: representações sociais da maternidade. Revista Eletrônica de Enfermagem, 2013. Disponível em: https://revistas.ufg.emnuvens.com.br/fen/article/view/22760>. Acesso em: Maio de 2016.

KONOPKA, C.K.; BECK, S.T.; WIGGERS, D.; SILVA, A.K.; DIEHL, F.P.;

SANTOS, F.G. Perfil clínico e epidemiológico de gestantes infectadas pelo HIV em um serviço no sul do Brasil. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia,2010.Disponível emhttp://www.scielo.br/pdf/rbgo/v32n4/v32n4a06.pdf>. Acesso em: Março de 2016.

KUPEK, E.; OLIVEIRA, J.F. Transmissão vertical do HIV, da sífilis e da hepatite B no município de maior incidência de AIDS no Brasil: um estudo populacional no período de 2002 a 2007. Revista Brasileira de Epidemiologia, 2012. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/rbepid/v15n3/04.pdf>. Acesso em: Abril de 2016.

LANA, F.C.F.; LIMA, A.S. Avaliação da prevenção da transmissão vertical do HIV em Belo Horizonte, MG, Brasil. Revista Brasileira de Enfermagem, 2010.

Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034- 71672010000400014&script=sci_arttext>. Acesso em: Março de 2016.

LANGERDORF, T.F.; PADOIN, S.M.M.; PAULA, C.C.; SILVA, C.B.

Vulnerabilidade na adesão à profilaxia da transmissão vertical do HIV. Cogitare Enfermagem, 2012. Disponível em: https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chromeinstant&ion=1&espv=2&ie=UTF8#q=Vulnerabilidade+na+ades%C3%A3o+%C3%A0+profilaxia+da+transmiss%C3%A3o+vertical+do+HIV>. Acesso em: Fevereiro de 2016.

LEAL, A.F.; ROESE, A.; SOUSA, A.S. Medidas de prevenção da transmissão vertical do HIV empregadas por mães de crianças o positivas. Investigação e Educação em Enfermagem, 2012. Disponível em: http://bases.bireme.br/cgi- bin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=LILACS&la ng=p&nextAction=lnk&exprSearch=638913&indexSearch=ID>. Acesso em: Março de 2016.

MACHADO, A.G.; PADOIN, S.M.M.; PAULA,C.C.; VIEIRA,L.B.; CARMO,D.R.P.

Análise compreensiva dos significados de estar gestante e ter HIV/AIDS. Revista Rene,2010.Disponívelem:http://www.revistarene.ufc.br/vol11n2_pdf/a09v11n2.pdf>. Acesso em: Maio de 2016.

MATÃO, M.E.L.; MIRANDA, D.B.; FREITAS, M.I.F.; CAMPOS, P.H.F.

Representações sociais da gestação para mulheres soropositivas para o HIV. RevistadeEnfermagem,2014.Disponívelemwww.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/download/.../9 040>. Acesso em: Março de 2016.

NEMES, M.I.B.; ALENCAR, T.M.D.; BASSO, C.R.; CASTANHEIRA, E.R.L.;

MELCHIOR, R.; ALVES, M.T.S.S.B.;CARACIOLO, J.M.M.; SANTOS, M.A.

Avaliação de serviços de assistência ambulatorial em aids, Brasil: estudo comparativo 2001/2007. Revista Saúde Pública, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034891020130001000 18〈=pt>. Acesso em: Abril de 2016.

PEDROSA, N.L.; SANTOS, V.F.; PAIVA, S.S.; GALVÃO, M.T.G.; ALMEIDA,

R.L.; KERR, R.F.S. Specialized care for people with AIDS in the state of Ceara, Brazil. Revista Saúde Pública, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034891020150001003 08&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: Abril de 2016.

RAMOS, V.M.; FIGUEIREDO, E.N.; SUCCI, R.C.M. Entraves no controle da transmissão vertical da sífilis e do HIV no sistema de atenção à saúde do município de São Paulo. Revista Brasileira de Epidemiologia, 2014. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/rbepid/v17n4/1415-790X-rbepid-17- 04-00887.pdf>. Acesso em: Abril de 2016.

RODRIGUES, A.S.; JESUS, M.C.; SILVA, L.S.; OLIVEIRA, J.F.; PAIVA, M.S.

Representações sociais de adolescentes e jovens vivendo com HIV acerca da adolescência, sexualidade e AIDS. Revista Eletrônica de Enfermagem. 2011. Disponível em: https://www.fen.ufg.br/fen_revista/v13/n4/pdf/v13n4a12.pdf>. Acesso em: Abril de 2016.

SANTOS, E.M.; REIS, S.C.; WESTMAN, S.; ALVES, R.G. Avaliação do grau de

implantação do programa de contra a transmissão vertical do HIV em maternidades do “Projeto Nascer”. Epidemiologia do serviço de Saúde, 2010.Disponível em: http://www.epi2008.com.br/apresentacoes/CC_24_09_manha_PDF/Elizabeth% 20Moreira%20-%20Ana%20Reis.pdf>. Acesso em: Maio de 2016.

SILVA, F.C.F.; BASILE, L.C.; BOTH, N.S.; KERN, F.A. Os herdeiros da AIDS:

Compreensão da condição sorológica de adolescentes infectados por transmissão vertical. Revista de Psicologia, 2010.Disponível em: https://seer.imed.edu.br/index.php/revistapsico/article/view/43>. Acesso em: Maio de 2016.

SILVA, O.; GUILHEM, D.; BAMPI, L.N.S. Trinta minutos que mudam a vida: Teste-rápido anti-HIV diagnóstico para parturientes e acesso pré-natal. Enfermagememfoco,2012.Disponívelem:http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/387>.

Acesso em: Março de 2016.

SILVA, O.; TAVARES, L.H.L.; PAZ.; L.C. As atuações do enfermeiro relacionada ao teste rápido anti-HIV diagnóstico: uma reflexão de interesse da enfermagem e da saúde pública. Enfermagem em foco, 2011. Escola Superior de Ciência em Saúde Disponível em:http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/83>. Acesso em: Abril de 2016.

SOUTO, K.; KÜCHEMANN B.A. Representações sociais de corpo e sexualidade de profissionais de saúde que atendem mulheres com HIV e AIDS. Revista Tempus Actas de Saúde Coletiva, 2011. Disponível em: http://www.tempus.unb.br/index.php/tempus/article/view/933>. Acesso em: Maio de 2016.

VIEIRA, A.C.B.; MIRANDA, A.E.M.; VARGAS, P.R.M.; MACIEL, E.L.N.

Prevalência de HIV em gestantes e transmissão vertical segundo perfil socioeconômico, Vitória, Es. Revista de Saúde Pública, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S003489102011000400002&script=sci_artt ext>. Acesso em: Abril de 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-097

Refbacks

  • There are currently no refbacks.