Os benefícios do bilinguismo nos anos iniciais do ensino fundamental/ The benefits of bilingualism in the early years of elementary school

Brenda Neves Batista, Maria Cecilia Martínez Amaro Freitas

Abstract


Atualmente houve um aumento na oferta e na procura por escolas bilíngues no Brasil. Diante do cenário de globalização presente faz se importante discutir as implicações do bilinguismo no meio infantil, entre os seis aos dez anos de idade. O objetivo desse trabalho é compreender como a aprendizagem de uma segunda língua nos anos iniciais do Ensino Fundamental pode contribuir para o desenvolvimento da criança. Este trabalho trata-se de um estudo qualitativo que busca trazer algumas reflexões sobre o processo do bilinguismo nos anos iniciais do Ensino Fundamental, com a intenção de analisar o conceito de bilinguismo na visão de alguns autores, como ocorre a aprendizagem da segunda língua e os benefícios que essa aprendizagem pode trazer para a vida das crianças. Para tanto realizou-se uma pesquisa bibliográfica pautada em artigos, livros e estudos, impressos e on-line. A partir do estudo depreende-se que o bilinguismo pode assumir significados diversos em variados contextos sociais e com diferentes níveis de proficiência, além de poder tornar o cérebro mais ativo, com possibilidade de aumentar as habilidades de comunicação e relações sociais estabelecidas através de um segundo idioma.


Keywords


Bilinguismo; Crianças; Relações Sociais.

References


BAKER, Colin; PRYS JONES, Sylvia. Encyclopedia of Bilingualism and Bilingual Education. Clevedon, Multilingual Matters Ltda, 1998. Disponível em: < https://books.google.com.br/books?hl=ptBR&lr=&id=YgtSqB9oqDIC&oi=fnd&pg=PR6&dq=baker+e+prys+jones&ots=1kBS_8Gk3c&sig=4NQdfqN5g75og5J57-6ac-ldmxA#v=onepage&q=baker%20e%20prys%20jones&f=false > Acesso em 12 mar 2021, às 09h14min. [Tradução minha]

BIALYSTOK, Ellen. Reshaping the mind: The benefits of bilingualism. Canadian Journal of Experimental Psychology/Revue canadienne de psychologie expérimentale, p. 229–235, 2011. Disponível em: < https://psycnet.apa.org/record/2011-20230-001 > Acesso em 18 mar 2021, às 17h. [Tradução minha]

CHOMSKY, Noam. Linguagem e mente: Pensamentos atuais sobre antigos problemas. Brasília: Editora UnB, 1998 – p. 17 – 60. < https://mega.nz/folder/so9xiS4D#M5PU2UMgdDgdZqiNjhAqPw > Acesso em 03 set. 2020, às 17h21min.

DAVID, Ricardo Santos. Professor quanto mais cedo é melhor? O papel diferencial da educação bilíngue. Revista X, Curitiba, v 12, n. 3, p. 178-193, 2017. Disponível em: < https://revistas.ufpr.br/revistax/article/view/51970/34541 > Acesso em 20 mar, 2021 às 11h.

GABSZEWICZ, Jean; GINSBURGH, Victor; WEBER, Shlomo. Bilingualism and Communicative Benefits. Annals of economics and statistics.Dallas and Moscow, 2011. Disponível em: < https://www.jstor.org/stable/41615483?seq=1> Acesso em: 18 mar 2021, às 19h05min. [Tradução minha]

GENESEE, Fred. Early bilingual language development: one language or two? In: WEI, Li. The Bilingualism Reader – Dimensions of bilingualism. London, Routledger, 2000, p. 306 - 318. Disponível em: < https://vulms.vu.edu.pk/Courses/ENG512/Downloads/[Li_Wei]_The_Bilingualism_Reader(BookFi).pdf> Acesso em 17 out 2020, às 10h29min. [Tradução minha]

GONÇALVES, Rejane Monteiro. A necessidade de incentivar a aprendizagem da língua inglesa desde a infância. Revista Don Domênico, Guarujá, 2º Edição, p.1 – 8, out. 2009. Disponível em: < http://www.faculdadedondomenico.edu.br/revista_don/artigo2_ed2.pdf > Acesso em 03 set. 2020, às 18h52min.

GROSJEAN, François. Bilingual: Life and Reality. London, Harvard University Press, 2010. Disponível em: < https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=XgRum7AWOoUC&oi=fnd&pg=PR16&dq=grosjean+bilingualism&ots=6OgepAbq6m&sig=idlOh5WNPBZcTpi4rG_pEZD1YBs#v=onepage&q=grosjean%20bilingualism&f=false > Acesso 03 fev. 2020 às 10h30min. [Tradução minha]

HAMERS, Josiane F.; BLANC, Michel H. A. Bilinguality and Bilingualism. Cambridge, Cambridge University Press, 2000.

Disponível em < https://books.google.com.br/books?id=ata9lBT5euwC&printsec=frontcover&hl=pt-BR#v=onepage&q&f=false > Acesso em 03 fev. 2020 às 19h40min. [Tradução minha]

MACKEY, Willian F. Cap – The description of bilingualism In WEI, Li. The Bilingualism Reader. London, Routledger, 2000. Disponível em: < https://books.google.com.br/books?id=zfYYXKxPek0C&printsec=frontcover&hl=pt-BR#v=onepage&q&f=false > Acesso 23 set. 2020, às 19h42min. [Tradução minha]

SPINASSÉ, Karen Pupp. Os conceitos Língua Materna, Sgunda Língua e Língua Estrangeira e os falantes de línguas alóctones minoritárias no Sul do Brasil. Revista Contingentia, Vol. 1, p. 01–10, nov 2006. Disponível em: < https://www.seer.ufrgs.br/contingentia/article/view/3837/2144 > Acesso em: 24 fev. 2021, às 10h49min.

TEODORO, Isabela Andrade Viana; ARAÚJO, Vitor Sávio de. O bilinguismo no processo de aquisição da linguagem nos anos iniciais e seus benefícios. Revista Anhanguera, Goiânia v.20, n. 1, jan/dez. p. 13-27, 2019. Disponível em: < https://anhanguera.edu.br/wpcontent/uploads/02obilinguismonoprocessodeaquisio20201327.pdf > Acesso em 21 ago. 2020.

WEI, Li. The Bilingualism Reader – Dimensions of bilingualism. London, Routledger, 2000. Disponível em: < https://vulms.vu.edu.pk/Courses/ENG512/Downloads/[Li_Wei]_The_Bilingualism_Reader(BookFi).pdf > Acesso em 30 set 2020, às 09h29min. [Tradução minha]




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-086

Refbacks

  • There are currently no refbacks.