Religião e parlamento: uma análise discursiva do pl 5.069/2013 / Religion and parliament: a discourse analysis of pl 5.069/2013

Milena Beatriz Vicente Valentim

Abstract


A presente pesquisa, em perspectiva foucaultiana no domínio teórico da Análise de Discurso, se propõe a analisar, no âmbito das relações de saber-poder, a constituição do sujeito parlamentar e os efeitos discursivos do Projeto de Lei 5.069/2013, que pretende modificar o protocolo de atendimento às mulheres em relação ao aborto em caso de estupro. Considerando as condições de possibilidade e emergência do referido PL, os quais serão delineados por meio do método arquegenealógico de Michel Foucault, intenta-se interpretar os enunciados presentes no item “Justificativa do Projeto”, e identificar como o sujeito é afetado e se constitui ao ser transpassado pelo emaranhado de discursos que o circundam nas relações de saber-poder no que tange à temática objeto em discussão: aborto. A pesquisa apontou que os discursos produzem feitos de verdade relacionados à historicidade do sujeito. Logo, há aspectos ligados à religião que controlam a produção desses discursos, cerceando e censurando o que pode ou não ser dito, isto é, os demais discursos devem estar em conformidade com a posição-sujeito assumida pelo sujeito político. Porém, o que ocorre é uma contradição na prática do ritual entre o sujeito político, que é ao mesmo tempo constituído de religiosidade. Como já mencionado anteriormente, a posição-sujeito o autoriza acerca do que é possível enunciar dentro daquilo que é considerado moral, ético ou tabu para seu lugar de pertencimento.

 

 


Keywords


Análise do discurso, Biopoder, Sujeito discursivo, Séries enunciativas.

References


AULETE, Caldas. Novíssimo Aulete: Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa. 1ª edição. São Paulo: Lexikon Editorial, 2013.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei 5069/2013 de 27 de fevereiro de 2013. Acrescenta ao artigo 127 do Decreto-Lei nº 2848 de 7 de dezembro de 1949. Dispõe sobre crime contra a vida por meio abortivo e prevê penas específicas para quem induz a gestante à prática de aborto.

______. Lei 12.015, de 7 de agosto de 2009. Altera o Título VI da Parte Especial do Decreto-Lei n. 2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal, e o art. 1º da Lei n. 8.072, de 25 de julho de 1990, que dispõe sobre os crimes hediondos, nos termos do inciso XLIII do art. 5º da Constituição Federal e revoga a Lei n. 2.252, de 1º de julho de 1954, que trata de corrupção de menores. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 10 ago. 2009.

______. Lei 11.106, de 28 de março de 2005. Altera os arts. 148, 215, 216, 226, 227, 231 e acrescenta o art. 231-A ao Decreto-Lei n. 2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 29 mar. 2005.

______. Lei n. 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 11 jan. 2013.

______. Decreto-Lei n. 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Institui o Código Penal. Diário Oficial da União, [S.l.], 31 dez. 1940.

COURTINE, J. -J. Análise do discurso político: o discurso comunista endereçado aos cristãos. Tradução dos Bacharéis em Letras pela UFRGS. São Carlos: Edufscar, 2009.

FOUCAULT, M. Ditos e escritos IV: Estratégia poder-saber. MOTTA, M. B. (Org.). Tradução de Vera Lucia Avellar Ribeiro. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2015.

______. A ordem do discurso: aula inaugural no Collège de France pronunciada em 2 de dezembro de 1970. Tradução de Laura Fraga de Almeida Sampaio. 23ª edição. São Paulo: Edições Loyola, 2013.

______. A arqueologia do saber. Tradução de Luiz Felipe Baeta Neves. 8ª edição. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2012 [1969].

______. Microfísica do poder. Tradução de Roberto Machado. 15ª edição. Rio de Janeiro: Edições Graal, 2000.

______. História da sexualidade I: a vontade de saber. Tradução de Maria Thereza C. Albuquerque e J. A. Guilhon Albuquerque. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1999.

JOSEFO, Flavio. História dos Hebreus. 2ª edição. São Paulo: Editora CPAD, 2004.

REVEL, Judith. Michel Foucault: Conceitos essenciais. São Paulo: Clara Luz, 2005.

VENTURA, Miriam. Direitos reprodutivos no Brasil. São Paulo: Fundação MacArthur, 2002.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-064

Refbacks

  • There are currently no refbacks.