Literatura de cordel como recurso facilitador do processo ensino-aprendizagem em química / Cordel literature as a resource facilitating the teaching-learning process in chemistry

Leandro Junior Machado, Iasmy de Moraes Almeida, Lizanete Batista de Paula

Abstract


Este trabalho apresenta os resultados da execução do Projeto de Pesquisa de Iniciação Cientifica (PIBICJr.) executado no Instituto Federal de Amazonas – Campus Lábrea. Cujo objetivo é apresentar a literatura de cordel como ferramenta alternativa capaz de colaborar com o processo de ensino-aprendizagem em química ao corpo discente. A busca de tornar o ensino de química mais atrativo e dinâmico faz com que os educadores busquem/desenvolvam cada vez mais estratégias e materiais didáticos que favoreçam e facilitem a aprendizagem dos alunos nesta área do conhecimento. Seguindo esta percepção, nesta investigação escolhemos utilizar a Literatura de Cordel visando este fim. Por meio do questionário disponibilizado via Google Forms aos alunos regularmente matriculados nos 2º e 3º anos nos cursos técnicos integrados de nível médio do IFAM campus Lábrea (ano letivo 2021), 86,7% dos entrevistados descreveram ter o hábito de leitura, além dos materiais pedagógicos utilizados durante as aulas. Dentre os participantes desta pesquisa, 68,9% relataram já terem ouvido falar da literatura de cordel. Expondo pequenos trechos de cordéis aos alunos, estes demonstraram ter domínio ou ter conseguido fazer relações coerentes com conceitos químicos que os textos apresentavam. Deste modo, podemos vislumbrar ações futuras que possam integrar os discentes na produção do conhecimento por meio da literatura de cordel, pois este recurso didático demonstrou ser uma opção viável e que instigou nos alunos a curiosidade pelo formato do texto literário do cordel como forma de se abordar os conceitos químicos.

 

 


Keywords


Literatura de cordel, Recurso didático, Ensino de química

References


ARANA, A. R. de A.; KLEBIS, A. B. S. O. A importância do incentivo à leitura para o processo de formação do aluno. EDUCARE –XII Congresso Nacional de Educação. São Paulo, 2015.

ATKINS, P; JONES, L. Princípios de Química: questionando a vida moderna e o meio ambiente.Trad. Ignez Caracelli et al.1 ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

CARREIRO, L. M.; CASTRO, W. M. de; FERNANDES, A. S.; TELES, R. de M. A Importância do uso da Literatura do Cordel como facilitador do ensino- aprendizagem da Química Orgânica no Ensino Médio. XVI Encontro Nacional de Ensino de Química (XVI ENEQ) e X Encontro de Educação Química da Bahia (X EDUQUI), Salvador, Bahia, 2012.

CONDE, E. P. O uso da poesia de cordel na educação infantil. Diálogos Pertinentes. Vol. 9, n°1, pág. 10 – 22, Piauí, 2013.

DANTAS, D. L.; SANTOS, J. C. O. Sequência didática com a temática frutas regionais como facilitadora do ensino de química. Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências - V CONAPESC. 2020.

FERREIRA, M. Entre palavras, nova edição/2ª edição – São Paulo: Editora FTD, 2006.

GIL, A. C. Métodos e técnicas da pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

MACHADO, L. J.; NASCIMENTO, A. E. da S.; OLIVEIRA, A. B. de; BARBOSA, F.

M. D; SENA, R. C.; FAVORETTI, V. Cultura x ciências: trabalhando conceitos de química orgânica a partir do uso de plantas medicinais. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n.5, p.29154-29168 may. 2020.

MELO, S. T. T.; BATISTA, C. A. dos S.; ANDRADE, P. F. A LITERATURA DE CORDEL RESSIGNIFICANDO O ENSINO DAS FUNÇÕES ORGÂNICAS. IN: ComSertões. Revista de Educação da Universidade Federal do Vale do São Francisco (REVASF). DOSSIÊ - “Pibid: contribuições e desafios à formação de professores no Semiárido Brasileiro”, V. 10, n. 23, (dez - 2020). p. 462 - 492. Juazeiro: BA: Univasf.

OLIVEIRA, E. R. de; PEREIRA, M. C.; SILVA, F. C. H. de M.; BARBOSA, R. J. de O.; LIRA, M. M. R. Literatura de Cordel no Ensino de Química: Abordando os Conceitos através dos Versos. IV CONEDU – Congresso Nacional de Educação, 2017.

OLIVEIRA, E. R. de; REIS, J. F. dos; SOUZA, D. de; LIRA, M. Literatura de Cordel no Ensino de Química: Uma Proposta de Intervenção Interdisciplinar. III Congresso Internacional das Licenciaturas COINTER – PDVL2016, 2016.

OLIVEIRA NETO, N. A. de. A literatura de cordel como instrumento didático-pedagógico no processo ensino-aprendizagem de química no ensino médio integrado. 158 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica) – Instituto Federal em Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas, Campus Manaus Centro, Manaus, 2020.

ROCHA, A. C. de O. Literatura do cordel no ensino de química: Uma Revisão na Literatura. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Estadual da Paraíba, Centro de Ciências e Tecnologia, 2019. 35p.

SANTOS, L. P. dos; DUARTE, D. S; AGUIAR, L. O.; VIEIRA, G. A. B. A utilização da literatura de cordel como material didático para o ensino de química. III CONEDU - Congresso Nacional de Educação. 2016.

SANTOS, A. S. O ensino por meio da literatura de cordel. Dissertação de mestrado Profissional em Ensino Tecnológico – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas, Campus Centro, 2016.

SANTOS, A. O.; SILVA, R. P.; ANDRADE, D.; LIMA, J. P. M. Dificuldades e motivações de aprendizagem em Química de alunos do ensino médio investigadas em ações do (PIBID/UFS/Química), Revista Scientia Plena, V.9, Nº 7, 2013.

SILVA, A.B. S.; PRADO.M.; ALVES, V. A. Frio e Quintura e seus Ensinamentos. Instituto Federal do Maranhão – campus Caxias, 2019. Disponível em: . Acessado em 14 de julho de 2020.

SILVA, I. L. da C.; SANTOS, J. L. A Velocidade da Guria. Instituto Federal do Maranhão – campus Caxias, 2019. Disponível em: . Acessado em 14 de julho de 2020.

SOARES, M. F.; SOBRINHO, J. A. C. A prática docente em química e a construção da cidadania: elementos para caracterização. Revista do Instituto Federal do Piaui, v. 2, p. 146-160, 2009.

SOUZA, L. R. dos S.; PASSOS, V. de O. A. Literatura de cordel: Um recurso pedagógico. Revista Científica da FASETE, 2018.

SOUZA, R. B.; FALCONIERI. A. G. F. Utilização do cordel no ensino de química. XLVI Congresso Brasileiro de Química, Salvador, Bahia - 25 a 29 de setembro, 2006.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. 14. ed. São Paulo: Cortez, 2005.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n9-006

Refbacks

  • There are currently no refbacks.