O trabalho híbrido: remoto e presencial, em uma instituição pública de ensino durante a pandemia da Covid-19 - um estudo de caso / Hybrid work: remote and in-person, in a public educational institution during the Covid-19 pandemic - a case study

José Luiz da Silva Perna

Abstract


Este artigo apresenta uma robusta pesquisa de literatura e um estudo de caso de uma instituição pública de ensino, na qual utilizou-se de maneira organizada e sistemática a informação e meios de comunicação para emergir lideranças com conhecimento efetivo para realização de tarefas e atividades de forma híbrida: presencial e virtual, sem comprometer a estrutura da organização. O conhecimento existente teve seu valor agregado ao conhecimento gerado através de gestão eficiente da informação, comunicação e do conhecimento adquirido com a nova forma de modalidade laboral. A experiência mostrou que os resultados foram satisfatórios e não houve prejuízo a instituição na sua integridade física e administrativa. Contribuindo também para reforçar que a administração pública, após o término da pandemia da Covid-19 pode utilizar as formas híbridas de trabalho em determinados momentos quando for melhor à sua gestão. Vale ressaltar que a instituição estava vazia, sem a atividade educacional fim, com menos circulações de pessoas e atividade dos setores, diminuindo o número de ações que se realizaria em movimento normal de uma organização educacional. Os resultados obtidos nesta pesquisa reforçam a eficiência do trabalho remoto na administração pública.


Keywords


Informação, Comunicação, Conhecimento e Liderança.

References


ABELHA, Daniel Martins; CARNEIRO, Paulo César da Costa; CAVAZOTTE, Flávia de Souza Costa Neves. Liderança transformacional e satisfação no trabalho: avaliando a influência de fatores do contexto organizacional e características individuais. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, v. 20, n. 4, p. 516-532, 2018.

AIRES, Regina Wundrack do Amaral; FREIRE, Patrícia de Sá; SOUZA, João Artur de. Educação Corporativa como ferramenta para estimular a inovação nas organizações: uma revisão de literatura. DOI: http://dx.doi.org/10.18616/pidi12. 2018. Disponível em: Acesso em: 27 mai. 2019.

AMARAL, Elisabete et al. Flexibilização das relações de trabalho: A flexibilização e a inovação da implementação do trabalho remoto no Brasil. Revista Eletrônica FACP, n. 9, 2016.

AMORIM, Pablo Machado; DA COSTA, Stella Regina Reis. Um Estudo Sobre a Aplicação da Gestão do Conhecimento na Administração Pública. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 8, p. 57870-87884, 2020.

ANDRADE, Elzimar; RASOTO, Vanessa Ishikawa; DE CARVALHO, Hilda Alberton. Gerenciamento de processos nas Instituições Federais de ensino superior Brasileiras. Revista Brasileira de Planejamento e Desenvolvimento, v. 7, n. 2, p. 171-201, 2018.

ANDRADE, J. E. B.; FONSECA, A. M. de O.; PORTO, J. B. Liderança: Um Retrato da Produção Científica Brasileira. RAC-Revista de Administração Contemporânea, v. 19, n. 3, p. 290-310, mai./jun., 2015

ANDRADE, Laize Lopes Soares de. Desenvolvimento de um instrumento de medida de qualidade de vida no teletrabalho. 2020.

ARRUDA, Jalsi Tacon et al. COMUNICAÇÃO VIRTUAL EM TEMPOS DE PANDEMIA: NORMATIZAR PARA DIMINUIR OS FATORES DE ESTRESSE: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA. Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes, v. 2, n. 1, 2020.

BARIZON, Ben-Hur Monteiro; DA NÓBREGA PACHECO, Míriam Carmen Maciel; CASTANHEIRA, Maurício. Agregando valor e gerando inovação com a implementação da gestão do conhecimento: um estudo aplicado às organizações de tecnologia de informação e comunicação. Brazilian Journal of Development, v. 4, n. 6, p. 2829-2843, 2018.

BARRAL, Claudio Eduardo et al. As organizações potencializam a gamificação como estratégia para gestão do conhecimento. South American Development Society Journal, v. 5, n. 14, p. 161, 2019.

BARROS, Alexandre Moço; SILVA, José Roberto Gomes da. Percepções dos indivíduos sobre as consequências do teletrabalho na configuração home-office: estudo de caso na Shell Brasil. CADERNOS Ebape. br, v. 8, n. 1, p. 71-91, 2010.

BELÉM, Abner Santos; MATOS, Raphael Henrique De Fernandes. Liderança organizacional: estudo sobre o desenvolvimento da inteligência emocional no papel de liderança dos alunos universitários perante o futuro mercado de trabalho. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 10, p. 79221-79241, 2020.

BELMONTE, Rodrigo de Andrade. O teletrabalho no Ministério Público da União: desigualdade funcional. 2019.

BESEN, Fabiana; TECCHIO, Edivandro; FIALHO, Francisco Antônio Pereira. Liderança autêntica e a gestão do conhecimento. Gestão & Produção, v. 24, n. 1, p. 2-14, 2017.

BERTONCINI, Isabella; DE ALMEIDA CUNHA, Cristiano Jose Castro. As disciplinas de liderança dos cursos de mestrado em gestão pública de universidades Americanas. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 9, p. 69005-69018, 2020.

BRANT, Raquel; MOURÃO, Helena Cardoso. Desafios do teletrabalho na pandemia COVID-19: quando o home vira office. Caderno de Administração, v. 28, n. Edição E, p. 71-75, 2020.

BRENKE, Karl. Home Office: Möglichkeiten werden bei weitem nicht ausgeschöpft. Diw Wochenbericht, v. 83, n. 5, p. 95-105, 2016.

BILESSIMO, Simone Meister Sommer et al. Práticas de gestão de conhecimento: um estudo de caso em uma instituição de ensino federal. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, v. 10, n. 3, p. 78-96, 2017.

BRIDI, Maria Aparecida et al. O trabalho remoto/home-office no contexto da pandemia COVID-19. Curitiba: Universidade Federal do Paraná, Grupo de Estudos Trabalho e Sociedade, 2020raná, Grupo de Estudos Trabalho e Sociedade, 2020.

CALAZANS, Angélica; COSTA, Sely Maria de Souza. Construção e implementação de modelo para avaliar a qualidade da informação estratégica bancária. 2018

CARDOSO, Gilmar et al. Gestão do conhecimento e sistemas tutores inteligentes, como diferenciais competitivos nos processos de gestão: uma revisão da literatura. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 3, p. 11247-11263, 2020.

CARDOSO DE SOUSA, Fernando; MONTEIRO, Ileana Pardal. Liderança de equipas na resolução de problemas complexos: um guia para a inovação organizacional. Liderança de equipas na resolução de problemas complexos: um guia para a inovação organizacional, 2017.

CARVALHO DOS SANTOS, Débora. TELETRABALHO EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS. Anais Jornada Jurídica da Faculdade Evangélica de Goianésia, v. 1, n. 3, 2020.

CHAVES, Cátia Sofia Matos. O impacto das mudanças organizacionais na liderança. 2019. Tese de Doutorado. Instituto Superior de Economia e Gestão.

CORDEIRO, Eugénia Natário; SÁ, Susana. Liderança em contexto de mudança–Direção por Valores. HUMANIDADES E TECNOLOGIA (FINOM), v. 28, n. 1, p. 355-376, 2021.

CRUZ, André Luiz Valença da. Comunicação informal e socialização do conhecimento em instituições financeiras. 2010.

DA PIEVE, Denise Ribeiro da Fonseca; CARLOTO, Andréa Fão. Da pandemia da Covid-19 ao avanço da racionalidade neoliberal sobre o trabalho. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 2, p. 12442-12453, 2021.

DA ROCHA JÚNIOR, Fernando Soares et al. Efeitos da liderança transformacional na inovação: uma revisão sistemática de literatura. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 12, p. 98834-98846, 2020.

DA SILVA, Rosane Leal. Premissas para o êxito do teletrabalho numa abordagem multidisciplinar: diálogos entre direito e ontopsicologia. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 4, p. 20717-20729, 2020.

DA SILVA, Marisa Albertina Crivelaro. Práticas de liderança em tempos de isolamento social. Caderno Marista de Educação, v. 11, n. 2, p. e39269-e39269, 2020.

DA SILVA BARRETO, Leilianne Michelle Trindade et al. Cultura organizacional e liderança: uma relação possível?. Revista de Administração, v. 48, n. 1, p. 34-52, 2013.

DE ANDRADE, Amanda Ferreira Aboud; CUNHA, João Victor De Oliveira; SAMPAIO, Larissa Martins. Gestão do conhecimento e sucessão empresarial: combinação de modelos para efetivação da gestão estratégica em um estudo de caso. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 12, p. 101102-101121, 2020.

DE ASSUNÇÃO, Maria Aparecida. COMO SER UM LÍDER EM UM NOVO CENÁRIO?. Revista Processus de Estudos de Gestão, Jurídicos e Financeiros, v. 11, n. 41, p. 76-87, 2020.

DE CARVALHO, George Barbosa Jales; FINCATO, Denise Pires. A IMPLANTAÇÃO DO TRABALHO REMOTO NO ÂMBITO DA PROCURADORIA GERAL FEDERAL. REVISTA DA AGU, 2018.

DE FÁTIMA PORTELA, Maria do Rosário et al. Gestão do conhecimento sob a ótica de alunos universitários: estudo em uma Universidade Federal do Ceará, Brasil. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 6, p. 41967-41980, 2020.

DEL MASSA, Heloá Cristina Oliveira; DAMIAN, Ieda Pelogia Martins; VALENTIM, Marta Lígia Pomim. Competência em informação no apoio à Gestão do Conhecimento. Informação & Sociedade, v. 28, n. 1, 2018.

DELLA GIUSTINA, Kelly Arent; GASPARETTO, Valdirene; JOÃO LUNKES, Rogério. Efeito dos Estilos de Liderança nos Sistemas de Controle Gerencial e no Desempenho Organizacional. Capital Científico, v. 18, n. 1, 2020.

DE LIMA, João Sérgio Beserra; DE REZENDE ALVARES, Lillian Maria Araújo. Ciência da informação e gestão do conhecimento: uma análise de suas interseções. Ciência da Informação, v. 47, n. 3, 2018.

DE OLIVEIRA MENDES, Ricardo Augusto; OLIVEIRA, Lucio Carlos Dias; VEIGA, Anne Gabriela Bastos. A viabilidade do teletrabalho na administração pública brasileira. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 3, p. 12745-12759, 2020.

DE OLIVEIRA, Edenis Cesar; CARRARO, Nilton Cezar. TRABALHO FLEXÍVEL NO BRASIL: FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO FLEXIBLE WORK IN BRAZIL: CRITICAL SUCCESS FACTORS.

DE SOUSA, Marcos Rodrigues; DA SILVA NOGUEIRA, Ítalo Camilo. Os estilos de liderança e as ações de coaching em uma empresa pública da cidade de Goiânia. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 6, p. 40077-40095, 2020.

DE SOUSA, Rogério Luciano; CAPPELLOZZA, Alexandre. Os Efeitos dos Estilos de Liderança e Vício em Internet no Tecnoestresse. Revista Administração em Diálogo-RAD, v. 21, n. 1, p. 39-62, 2019.

DO NASCIMENTO, Alyne Rocha et al. A IMPORTÂNCIA DO LÍDER NAS ORGANIZAÇÕES. SITEFA-Simpósio de Tecnologia da Fatec Sertãozinho, v. 3, n. 1, p. 235-245, 2020.

DOS REIS, Túlio Baita et al. A prática do home office em períodos de isolamento social. Boletim P&D, v. 3, n. 5, p. 10-12, 2020.

DOS SANTOS LEITE, Ygor Geann et al. Processo de recrutamento para trabalho em Home Office: Um estudo de caso na empresa ARGO. 2020

Elizandra; RODRIGUEZ, Sandra Yvonne Spiendler. Mulheres em cargos de liderança: possíveis facilidades e dificuldades no ambiente corporativo do Banco do Estado do Rio Grande do Sul-Banrisul. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 3, p. 11133-11150, 2020.

FERNANDES, Iara Silveira. A PROCRASTINAÇÃO EM DIFERENTES DESENHOS DO TRABALHO: REMOTO E PRESENCIAL.

FERREIRA, Isadora Silva; MANTOVANI, Camila Maciel Campolina Alves. Organizações em movimento: Relações e práticas profissionais no contexto de trabalho remoto. Iniciacom, v. 8, n. 2, 2019.

FRAGA, Bruna Devens et al. Business Intelligence: métodos e técnicas de gestão do conhecimento e as tendências para avanços do capital intelectual. Navus-Revista de Gestão e Tecnologia, v. 7, n. 1, p. 43-56, 2017.

GARCIA, Alquimim Bárabara; BARBOSA, Camerro Rafaela; OLIVEIRA, Leonardo de João Paulo; o papel da liderança para a melhoria de resultados e das equipes comerciais. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 10, p. 76558-56572, 2020.

GARCIA, Denise B. Os diferentes tipos de Liderança e sua influência no clima organizacional. Data da publicação, v. 13, 2017.

GATTI, Daniele Pala et al. Home Office: vantagens, desvantagens e desafios para empresas e funcionários. Revista de Administração do UNIFATEA, v. 16, n. 16, 2018.

GONDIM, Sonia; DE OLIVEIRA BORGES, Lívia. Significados e sentidos do trabalho do home-office: desafios para a regulação emocional. Central de Conteúdo Covid-19. Secad Eduação Continuada. Artmed Editora. SBPOT, 2020.

GONZALEZ, Rodrigo Valio Dominguez; MARTINS, Manoel Fernando. O Processo de Gestão do Conhecimento: uma pesquisa teórico-conceitual. Gestão & Produção, v. 24, n. 2, p. 248-265, 2017.

GONZALEZ, Rodrigo Valio Dominguez; MARTINS, Manoel Fernando; MELO, Tatiana Massaroli. Gestão do conhecimento: tipologia a partir dos fatores contextuais da organização. Transinformação, v. 30, n. 2, p. 249-266, 2018.

GONÇALVES, GUILHERME DA SILVA; MOREIRA, João Padilha; STEFFEN, Mario Oscar. COMO TRABALHAR EM TEMPOS DE COVID-19. SEMINÁRIO DE TECNOLOGIA GESTÃO E EDUCAÇÃO, v. 2, n. 2, 2020.

GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias; COSTA, Sely Maria de Souza. O pensamento reflexivo no letramento informacional nas pesquisas de pós-graduação. Comunicação da informação, gestão da Informação e gestão do conhecimento, 2018.

HAUBRICH, Deise Bitencourt; FROEHLICH, Cristiane. Benefícios e desafios do home office em empresas de tecnologia da informação. Revista Gestão & Conexões, v. 9, n. 1, p. 167-184, 2020.

HILL, E. Jeffrey; FERRIS, Maria; MÄRTINSON, Vjollca. Does it matter where you work? A comparison of how three work venues (traditional office, virtual office, and home office) influence aspects of work and personal/family life. Journal of Vocational Behavior, v. 63, n. 2, p. 220-241, 2003.

IVAN, Michele Vilela; TERRA, Leonardo Augusto Amaral. A Influência da liderança na dinâmica organizacional. Caderno Profissional de Administração da UNIMEP, v. 7, n. 1, p. 137-159, 2017.

JUNIOR, José Carlos da Silva Freitas; CABRAL, Patricia Martins Fagundes; BRUNO, Luiza Vellinho Pinto. O DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS DE LIDERANÇA EM MUNDOS DIGITAIS VIRTUAIS TRIDIMENSIONAIS. Revista Valore, v. 5, p. 293-311, 2020.

LARANGEIRA, Camila Gomes et al. A motivação em equipas virtuais estudo das teorias e fatores de estímulos. 2019. Dissertação de Mestrado.

LAZARTE, Emilio Santiago. Trabalho remoto: percepção dos membros de uma equipe virtual sobre fatores que exercem influência em seu desempenho. 2017.

LEITE, Ana Luiza; DA SILVEIRA, Taiana Beatriz Junkes; DA CUNHA LEMOS, Dannyela. Implicações do trabalho remoto em uma empresa de base tecnológica. Navus-Revista de Gestão e Tecnologia, v. 10, p. 01-15, 2020.

LEITE, Fernando César Lima; COSTA, Sely Maria de Souza. Gestão do conhecimento científico: proposta de um modelo conceitual com base em processos de comunicação científica. Ciência da Informação, v. 36, n. 1, p. 92-107, 2007.

LEITE, Fernando César Lima; DE SOUZA COSTA, Sely Maria. Modelo genérico de gestão da informação científica para instituições de pesquisa na perspectiva da comunicação científica e do acesso aberto. Investigación Bibliotecológica: archivonomía, bibliotecología e información, v. 30, n. 69, p. 43-74, 2016.

LIMA DE, Dilma Virgínia Loiola; COUTINHO, Diógenes josé Gusmão. Gestão escolar comunicação e inclusão. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 9, p. 69005-69018, 2020.

LOTH, Adriana Falcão et al. APLICAÇÃO DO FRAMEWORK DE GESTÃO DO CONHECIMENTO APO: O CASO DA STARTUP T5 TECNOLOGIA. In: Anais do Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação–ciki. 2019.

MAIA, Fernanda Landolfi; MÜLLER, Rodrigo; DA SILVA BERNARDO, Kelen Aparecida. O trabalho remoto no secretariado: panorama da realidade brasileira a partir do cenário do COVID-19. Revista Expectativa, v. 19, n. 2, p. 118-137, 2020.

MARTINS, Lilia Cristina. Desafios na Gestão de Pessoas em Home Office no Momento de Pandemia. 2020.

MENDES, Diego Costa; HASTENREITER FILHO, Horacio Nelson; TELLECHEA, Justina. A realidade do trabalho home office na atipicidade pandêmica. Revista Valore, v. 5, p. 160-191, 2020.

MIRANDA, Roberto Campos da Rocha; COSTA, Sely Maria de Souza. Gestão do conhecimento estratégico: metodologia e aplicações. 2018.

MISCHIATTI, João Augusto Wendt et al. Criação do conhecimento nas organizações brasileiras: uma revisão sistemática da literatura. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 1, p. 11107-11125, 2021.

MOÇO, Isabel; LOPES, Sílvia; SOARES, Raquel Reis. Desafios da Gestão de Pessoas em Trabalho Remoto. 2020.

MONTEIRO, Samuel Alves; DUARTE, Emeide Nóbrega. Bases teóricas da gestão da informação: Da gênese às relações interdisciplinares. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, v. 9, n. 2, p. 89-106, 2018.

MORAES, Jhony Pereira et al. Tecnologia da informação, sistemas de informações gerenciais e gestão do conhecimento com vistas à criação de vantagens competitivas: revisão de literatura. Revista visão: gestão organizacional, v. 7, n. 1, p. 39-51, 2018.

MUZZIO, Henrique. Indivíduo, liderança e cultura: evidências de uma gestão da criatividade. Revista de Administração Contemporânea, v. 21, n. 1, p. 107-124, 2017.

NASCIMENTO, Paulo Tromboni et al. Visão sistêmica da gestão na e após a Coronacrise Recomendações para a gestão do teletrabalho. 2020

NASCIMENTO, Ana Paula Pereira Maiato; TORRES, Luiz Gustavo Ramos; NERY, Suzana Maia. HOME OFFICE: PRÁTICA DE TRABALHO PROMOVIDA PELA PANDEMIA DO COVID-19.

NENEVÊ, Mário; DOS SANTOS BAHIENESE, Aloisio; NENEVÉ, Miguel. A Contribuição das lideranças autênticas para um clima de comprometimento numa organização autentizótica. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 9, p. 67607-67620, 2020.

NEVES, Paula Costa; CERDEIRA, José Pedro. Memória organizacional, gestão do conhecimento e comportamentos de cidadania organizacional. Perspectivas em gestão & conhecimento, v. 8, n. 1, p. 3-19, 2018.

NOGUEIRA, Arnaldo Mazzei; PATINI, Aline Campos. Trabalho remoto e desafios dos gestores. RAI Revista de Administração e Inovação, v. 9, n. 4, p. 121-152, 2012.

NOGUEIRA, Ana Paula et al. Gestão do conhecimento no setor público: um estudo sobre os artigos publicados em periódicos nacionais no período 2005-2015. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 23, n. 52, p. 73-83, 2018.

OIKAWA, Ivan Takao; DE ALMEIDA, Ivonez Xavier; DURIGON, Tânia Aparecida. Relação de gênero na liderança organizacional–um estudo de caso na empresa celulose Irani s/a. Anuário pesquisa e extensão Unoesc Joaçaba, v. 3, p. e17365-e17365, 2018.

OLIVEIRA, Edenis Cesar; CARRARO, Nilton Cezar. TRABALHO FLEXÍVEL NO BRASIL: FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO. Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão (ISSN: 2525-4782), v. 4, n. 6, 2020.

OLIVEIRA, MARIA CLEIDIA KLEIN et al. Gestão de equipes que atuam em home office: desafios reais em ambientes de trabalho virtuais. 2019

OTTONICAR, Selma Leticia Capinzaiki; SANTOS, Beatriz Rosa Pinheiro dos; MORAES, Isabela Santana de. Aplicabilidade da Competência em Informação e da Organização do Conhecimento no processo de Gestão da Informação. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v. 15, n. 3, p. 629, 2017.

PANTOJA, Maria Júlia; ANDRADE, Laize Lopes Soares; OLIVEIRA, Míriam Aparecida Mesquita. QUALIDADE DE VIDA NO TELETRABALHO COMPULSÓRIO: PERCEPÇÕES DE TRABALHADORES DE UMA ORGANIZAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA. Revista da UI_IPSantarém-Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém, v. 8, n. 4, p. 80-94, 2020.

PRAÇA, Letícia Aparecida; DE OLIVEIRA, Victor Miranda. Qualidade de vida no trabalho em tempos de pandemia de COVID-19: os desafios e oportunidades dos docentes do ensino superior. Gestão-Revista Científica, v. 2, n. 2, 2020.

PEREIRA, Manuel Sousa; CARDOSO, António. A comunicação pessoal na dinâmica digital aprendente como contribuição para o planejamento e desenvolvimento. Revista Brasileira de Planejamento e Desenvolvimento, v. 3, n. 2, p. 36-49, 2014.

PEREIRA, Ricardo; DE ALMEIDA CUNHA, Cristiano José Castro. LIDERANDO EQUIPES À DISTÂNCIA UMA CONTEXTUALIZAÇÃO NECESSÁRIA SOBRE LIDERANÇA REMOTA E EQUIPES VIRTUAIS. In: Anais do Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação–ciki. 2020.

PIRES, Pedro Motta Ravacci; MELO, Mirian de Lourdes Noronha Motta; RODRIGUES, Henrique Geraldo. As influências da modalidade de home office nas conversas informais, nas organizações, durante a pandemia de COVID-19. Research, Society and Development, v. 9, n. 11, p. e74291110485-e74291110485, 2020.

POLLETTINI, Sandra Maria Tarossi; TORTOSA, Thais; NETO, Joaquim Maria Ferreira Antunes. ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DE MUDANÇAS COMPORTAMENTAIS EM SUJEITOS EM MODALIDADE DE TRABALHO REMOTO DURANTE A PANDEMIA: EXPERIÊNCIAS VIVIDAS. Interciência & Sociedade, v. 5, n. 2, p. 433-461, 2020.

QUADROS, Alinne Silva; DE CARVALHO, Hélio Gomes. O gerenciamento da comunicação de projetos públicos: como adaptar os processos do PMBOK/PMI à realidade da administração pública. Revista Brasileira de Planejamento e Desenvolvimento, v. 1, n. 1, p. 52-60, 2012.

RAMOS, Ney Kassiano; YAMAGUCHI, Cristina Keiko; DA COSTA, Ubirajara Maciel. Tecnologia da informação e gestão do conhecimento: estratégia de competitividade nas organizações. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 1, p. 144-161, 2020.

Renata Veloso Santos et al. Liderança e reações individuais à mudança organizacional. Revista Ciências Administrativas, v. 24, n. 2, 2018.

RIBEIRO, Jurema Suely de Araújo Nery et al. Gestão do conhecimento e desempenho organizacional: integração dinâmica entre competências e recursos. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 7, p. 4-17, 2017.

ROBSON, Warley; DE BARROS NETO, João Pinheiro. Saint-exupéry: um estudo sobre a extensão do alcance da influência do líder sobre seus liderados. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 1, p. 150-166, 2019.

ROSSETTI, Adroaldo; MORALES, Aran Bey. O papel da tecnologia da informação na gestão do conhecimento. Ciência da Informação, v. 36, n. 1, p. 124-135, 2007.

SARTORI, Andrey et al. Modelo de gestão da informação e do conhecimento de uma instituição de ensino superior. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 11, p. 25216-25232, 2019.

SACADURA, Tiago Dias Monteiro. O impacto das tecnologias de comunicação no exercício da liderança na Guarda Nacional Republicana. 2018. Tese de Doutorado.

SANTOS, Leda Jung dos; PARANHOS, Maurício Sangama. Os trabalhadores das Equipes de Saúde da Família no Rio de Janeiro: aspectos da liderança em pesquisa de clima organizacional. Ciência & Saúde Coletiva, v. 22, p. 759-770, 2017.

SANTOS, Ester Amaral Cunha et al. Home Office: Ferramenta para continuidade do trabalho em meio a pandemia COVID-19. 2020.

SILVA, Gabriela Rangel da Silva (2012). As novas tecnologias no direito do trabalho: direito à desconexão. Organização CONPED/UFF; Wanise Cabral Silva, Mirta Gladys Lerena Manso de Misailidis, Maria Rosaria Barbato (Coords.). Florianópolis: FUNJAB, 2012. ISBN 978-85-7840-125-2 – Modo de acesso: http://www.publicadireito.com.br/publicacao/ufrf.php. pp. 439-468.

SILVEIRA, Marcela Augusta da Silva Gomes et al. Gestão de processo de compartilhamento do conhecimento tecnológico em uma empresa do setor elétrico (CEMIG). Informação & Informação, v. 23, n. 2, p. 538-565, 2018.

SOMENZARI, M.; RAMOS, A.; SACOMANO, M. Estilos de liderança e cultura organizacional: estudo comparativo de uma organização pública vis-à-vis uma empresa privada. Revista Espacios, v. 38, n. 53, 2017.

SOUSA, Laiza Amorim de. Trabalho remoto: um estudo sobre uma forma flexível de trabalho dentro no Núcleo de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo da Universidade CEUMA. 2018.

TAGIBA, Thiago Gomes et al. Líderes humanizados: produção maximizada: a importância de uma grade interdisciplinar em cursos de graduação de engenharia. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 1, p. 457-472, 2020.

TAVARES, Rosemeire Barbosa; COSTA, Sely Maria de Souza; LEITE, Fernando César Lima. Comunicação da informação, gestão da informação e gestão do conhecimento. 2018.

TERCEIRO, Luciana Hamamoto et al. Colaboração criativa em times mediados por plataformas digitais. 2019.

TOLEDO, Adriana Teixeira. TRABALHO REMOTO NO SERVIÇO PÚBLICO: O NOVO NORMAL?. Boletim Economia Empírica, v. 1, n. 3, 2020.

TORRES, Anderson Barros; COSTA, Sely Maria de Souza. Portais corporativos como ferramentas de comunicação e gestão do conhecimento. 2018.

VIDAL, Carla. TRABALHO REMOTO: LIBERDADE FALSEADA. REVISTA DE TRABALHOS ACADÊMICOS–UNIVERSO BELO HORIZONTE, v. 1, n. 2, 201

ZIVIANI, Fabricio et al. O impacto das práticas de gestão do conhecimento no desempenho organizacional: um estudo em empresas de base tecnológica. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 24, n. 1, p. 61-83, 2019.

WERNER, Wagner; WERNER, Ilvili Andréa. Gestão do conhecimento: Ferramentas tecnológicas e portais do conhecimento para empresas desenvolvedoras de tecnologias de médio e pequeno portes. Revista Terra & Cultura: Cadernos de Ensino e Pesquisa, v. 20, n. 38, p. 183-241, 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n8-499

Refbacks

  • There are currently no refbacks.