Desafios na disciplina de estágio supervisionado no contexto remoto / Challenges in the subject of supervised internship in the remote context

Gracione Batista Carneiro Almeida, Gécica Coelho do Nascimento Oliveira, Maria Clarice da Silva, Maria Daiane de Oliveira Lima, Mirela Kely de Sousa, Rita Celiane Alves Feitosa, Sâmia Maria Lima dos Santos

Abstract


A disciplina de estágio é obrigatória para a maioria dos cursos de graduação, ela é um instrumento que proporciona ao aluno a oportunidade de vivenciar na prática o que foi visto na teoria. No contexto atual de pandemia, essa disciplina vem se adaptando a fim de dar continuidade ao processo de ensino-aprendizagem da mesma. Este trabalho se fundamenta a partir do seguinte questionamento: quais as dificuldades enfrentadas por professores e alunos na realização da disciplina de estágio no contexto remoto? O objetivo geral consiste em analisar os desafios encontrados ao ministrar a atividade de estágio no contexto remoto. Como específicos pretende-se compreender como o ensino remoto vem sendo trabalhado nas escolas e refletir acerca do papel do professor no contexto atual. Como procedimento opta-se pelo levantamento bibliográfico pautado em autores como: Pimenta (2006); Lima (2004), bem como as Diretrizes Curriculares e a resolução CNE/CP N°2(2019). A abordagem metodológica utilizada é de cunho qualitativo sob a qual busca-se entender o objeto de investigação situando-o sob as várias dimensões a que estiver relacionado com análise da literatura aludida ao tema e experiencias obtidas na disciplina a partir da aplicação de um questionário com alunos da Universidade Regional do Cariri-URCA. O resultado desse estudo analisa-se que o estágio supervisionado torna-se fragmentado nesse cenário remoto, visto que, a disciplina de estágio vem oferecer aos educandos essa oportunidade de alinhar teoria e prática, estágio é vivencia, interação, faz-se necessário que o discente tenha esse contato com a observação, com a prática para reforçar o que aprendeu teoricamente em sala. Conclui-se, portanto, que discentes e docentes, frente a esse contexto do cenário remoto, vivenciam muitas dificuldades para esse contato com a prática, tais como: baixas condições de acesso, o contato com a tecnologia, com as plataformas, as dificuldades de aprendizagem, desistência de muitos alunos, enfim, são muitos os desafios enfrentados por professores orientadores do estágio, bem como para os estagiários frente ao cenário atual.


Keywords


Estágio Supervisionado, Dificuldades de Ensino, Cenário Remoto.

References


BARREIRO, Iraíde M. de F.; GEBRAN, Raimunda A. Prática de ensino e estágio supervisionado na formação de professores. São Paulo: Ed. Avercamp, 2006.

DIAS, Paulo César; MAIA, Berta Rodrigues. Ansiedade, depressão e estresse em estudantes universitários: o impacto da COVID-19. Estudos de Psicologia (Campinas), 37, e200067. 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0275202037e200067. Acesso em: 02 maio 2021.

CASTELLS, Manuel. A Galáxia Internet: reflexões sobre a Internet, negócios e a sociedade. Zahar, 2003.

INÁCIO, Amanda Monteiro et al. ESTÁGIO DOCENTE EM MODALIDADE REMOTA: breve relato de experiência em tempos pandêmico. III SENPE: Seminário Nacional de Pesquisa em Educação. Edição v. 3 n. 1 (2020): ANAIS DO III SENPE. Disponível em: https://portaleventos.uffs.edu.br/index.php/SENPE/article/view/14792. Acesso em: 02 maio 2021.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo: Cortez, 2014.

LIMA, Maria Socorro Lucena; PIMENTA, Selma Garrido. Estágio e docência. Cortez Editora, 2017.

LIMA, Maria Socorro Lucena. A Hora da Prática: reflexões do estágio supervisionado e a ação docente. Fortaleza: Demócrito Rocha, 2003.

LIMA, Leandro; Moura, Flávia. O professor no ensino híbrido. In: BACICH, Lilian; NETO, Adolfo Tanzi; DE MELLO TREVISANI, Fernando. Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Penso Editora, 2015.p. 75-84.

SANZ, Ismael. SAINZ, Jorge. Capilla, Ana. EFEITOS DA CRISE DO COVID-19 NA EDUCAÇÃO. Organización de Estados Iberoamericanos para la Educación, la Ciencia y la Cultura (OEI) Área de Educación Superior, Ciencia y ETP Bravo Murillo, 38 -28015 Madrid, España. 2020. WWW.OEI.ES. Disponível em: https://oei.org.br/arquivos/informe-covid-19d.pdf. Acesso em: 02 maio 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Ensino Remoto Emergencial (ERE) nos Cursos de Graduação da UFMG. Integração Docente: Ações formativas para as práticas pedagógicas. Julho de 2020. Disponível em: https://www.ufmg.br/integracaodocente/wp-content/uploads/2020/07/ENSINO-REMOTO-2907.pdf. Acesso em: 30 abr. 2021.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e Docência. São Paulo: Cortez, 2012.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência. O estágio na formação de professores: 8. ed. Ver., atual e ampl. São Paulo: Cortez, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n7-475

Refbacks

  • There are currently no refbacks.